Como inserir anexos no email marketing?

DinamizeCapa, Dica, Dicas do Mail2Easy PRO0 Comments



Uma das grandes dúvidas de quem faz email marketing é como fazer para inserir anexos nos envios.


Descubra porque anexar não é uma boa ideia e conheça também algumas alternativas muito interessantes.





dblogx


Viável, mas não recomendável


Tecnicamente é possível inserir anexos no email marketing, mas há várias restrições. O Código de Autorregulamentação para a Prática de E-mail Marketing (CAPEM) define que isso pode ser feito apenas se o remetente obtiver autorização expressa do destinatário para fazê-lo.  Mas esses são casos muito específicos, que geralmente envolvem emails confidenciais, vinculados a autoridades de justiça ou de estado, em que o anexo é estritamente necessário como documento legal.


Miaw, não é uma boa ideia anexos em emailmarketing!


Portanto, a recomendação dos nossos especialistas na área é:

Não adicione anexos no email marketing.


Mas por quê não?


Você já deve ter recebido um daqueles emails que você não conhece nem o remetente, (ou que o remetente sabe-se-lá-como é você mesmo!) com anexos do tipo: minha nota fiscal, fotos dos amigos, vídeo da balada, ou ainda aquele token do banco que você tinha que renovar o mais rápido possível.

Pois então…. provavelmente você viu esse email estranho e já mandou ele direto para a lixeira, ou ainda foi naquele botãozinho “denunciar spam“, afinal,  não seria uma boa ideia abrir esta coisa,  já que muito provavelmente é um vírus, desses que roubam suas informações pessoais.

É exatamente isso que seu cliente vai fazer se receber um email seu com essas características suspeitas, isso se, de fato ele receber o email na caixa de entrada!


Anexos no e-mail são ruins de carregar pois são muito pesados

Anexos no e-mail são ruins de carregar pois são muito pesados


Acontece que o arquivo a ser anexado passará a somar o seu próprio tamanho ao corpo do email que você vai enviar, e isso não é bom para entregabilidade. Emails com volume muito alto de bytes sendo enviados a centenas de destinatários  a partir de um único remetente, são bloqueados automaticamente pela maioria dos servidores de email, pois esta é uma das características mais típicas da prática de spam.

Alternativas ao anexo


1ª – Coloque os arquivos no seu site:

Ao invés de usar anexos, envie links para um conteúdo hospedado, preferencialmente no seu próprio site.
Ao fazer isto, você não só vai diminuir o risco de ser classificado como spammer, como também será muito mais fácil para o destinatário ver o conteúdo do seu envio!



2ª – Use a sua nuvem de preferência

Você também pode usar serviços como o OneDrive, Google Drive ou Dropbox para hospedar os arquivos que você gostaria de colocar como anexos no email marketing. Na maioria das vezes essa é uma solução gratuita e rápida.



3ª – Se você quer incluir vídeos, coloque-os nos principais serviços do mercado:

Além disso, se você precisa enviar um vídeo, considere o usar um link pra o vídeo no YouTube, Vimeo ou Dailymotion, pois além de armazenamento gratuito, vai ser muito mais fácil o compartilhamento deste conteúdo em mídias sociais. 


giphy1[1]


Então use links, não use anexos!

Se você seguir esta dica de não usar anexos no email marketing, você vai fazer um email mais leve e agradável, tanto aos olhos do seu remetente quanto dos provedores, e suas taxas de entrega  e visualização serão bem mais elevadas.

Até a próxima dica 😉

Conteúdo relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *