Tecnologia Mobile: Não é vício, é necessidade

DinamizeDinamize, Institucional, Mail2Easy2 Comments

A tecnologia mobile é uma necessidade!Somos viciados em tecnologia por não tirar a cara do telefone celular? Não creio. Somos dependentes dela, em especial, da tecnologia mobile. Não vivemos sem eletricidade, água encanada e esgoto tratado. E para viver precisamos desesperadamentre nos comunicar. Mais, para viver precisamos de uma série de tarefas diárias, muitas enfadonhas e que consomem muito tempo.

O extraordinário em relação ao smartphone e a tecnologia mobile é essa coisa de pagarmos uma conta debaixo do guarda-sol na beira da praia. De respondermos um importante cliente por email de dentro do banheiro. Termos cotações, acesso a informação, jogos, filmes, calculadora, previsão do tempo, messenger, skype, trânsito em tempo real, redes sociais, livros, fazer e editar fotos e vídeos e tudo isso dentro de um ônibus, durante um evento, no avião, no metrô, na sala de espera do dentista ou mesmo quando falta assunto na mesa do almoço.

Faz parte. Na verdade não estamos desperdiçando tempo, o estamos ganhando. Na medida que através da pequena tela em nossas mãos substituímos a ida ao banco, o uso do desktop (notebook?), eliminamos tempo ocioso trabalhando, fazemos compras enquanto esperamos o ônibus chegar em casa nós estamos ganhando um tempo enorme, fabuloso. É uma revolução de costumes que pode se traduzir em mais tempo livre e mais qualidade de vida. A tecnologia mobile veio para otimizar o nosso tempo e diminuir nossas distâncias.

A era mobile está sendo tão rápida e revolucionária quanto a própria internet o foi na transição de um século para o outro. Para indivíduos que vivem em zonas urbanas é cada vez mais raro um momento “offline”, Estamos disponíveis e online. Nossa criatividade não precisa mais esperar a segunda-feira. Nossos clientes também não. E temos fornecedores 24 horas, muitos entregando em outras 24.

Anúncio Mail2Easy ProMas acima de tudo o que escrevi até aqui temos nosso oráculo na palma da mão. Não há mais papo de bar, no menor exagero a gente saca o smartphone. Na menor dúvida ante as inquietações e dúvidas dos filhos temos respostas instantâneas sobre tudo e sobre todo o conhecimento humano. E ao vestir a tecnologia nas roupas, relógios, pulseiras, automóveis e tenis somos autosuficientes, autolocalizáveis e autodidatas. Ou talvez essa arrogância nos sabote.

Como de resto em toda a tecnologia desenvolvida pelos seres humanos, o uso que você faz dela te define. Com a tecnologia mobile não é diferente.

É claro que sempre podem aparecer frutas caindo na tela para demolir com o título do meu artigo.

por Jonatas Abbott, diretor executivo da Dinamize.

 

2 Comments on “Tecnologia Mobile: Não é vício, é necessidade”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *