6 dicas para produção de conteúdo em blogs

Eduardo TavaresDinamizeLeave a Comment

6-dicas-para-producao-de-conteudo-em-blogs-destaque

6-dicas-para-producao-de-conteudo-em-blogsCriar publicações para o seu blog é uma das diversas estratégias de produção de conteúdo adotadas atualmente. Com postagens recorrentes, as chances de gerar mais tráfego para o seu site aumentam e, com isso, as oportunidades de venda podem aparecer com mais frequência.

Veja os tópicos que serão abordados nesse post:

  1. Como definir as buyer personas do seu negócio, para estabelecer os tipos de conteúdos ideais;
  2. Definindo a pauta para produção de conteúdo, com base no estudo de buyer persona;
  3. Verificando conteúdos semelhantes que já foram publicados anteriormente no blog;
  4. Estudando o tema definido;
  5. Busca por conteúdos complementares;
  6. Dicas para divulgar sua publicação e mensurar seus resultados.

Vamos lá?

A-importancia-da-producao-de-conteudo-para-blogA importância da produção de conteúdo para blog

Posts sobre assuntos relevantes e relacionados ao mercado em que você atua podem interessar os visitantes do seu site. Combine esse estudo com estratégias de SEO, para que essas postagens façam com que seu site fique melhor posicionado em ferramentas de busca.

Para uma produção de conteúdo efetiva, conheça as pessoas que geralmente buscam pelos seus serviços. Identifique as necessidades delas para publicar posts que gerem um impacto positivo para quem os acessa.

Defina-as-buyer-personas-do-seu-negocio1 – Defina as buyer personas do seu negócio

Por mais que a produção de conteúdo seja importante, são necessárias outras ações em conjunto com ela para alcançar os melhores resultados.

O primeiro passo para todo produtor de conteúdo é conhecer as pessoas que acompanham sua marca. Esse público pode ser composto por quem apenas segue suas páginas e também por quem já é cliente.

Para saber quais são os interesses das pessoas que podem buscar pela sua marca, tenha as buyer personas da sua marca definidas.

Buyer personas são representações do seu cliente final, incluindo suas principais necessidades, interesses pessoais, hábitos mais comuns etc.

Veja abaixo algumas maneiras de obter as informações necessárias sobre sua buyer persona:

  • Crie pesquisas para compartilhar entre os seus clientes (ferramentas como Survey Monkey podem ajudar);
  • Faça entrevistas, para ter uma opção mais efetiva de se comunicar. Desta forma, pode ser mais fácil obter detalhes importantes sobre as necessidades do seu público.

Com esse estudo, você conta com detalhes sobre os interesses de quem já conta com os seus serviços. Saber o que motiva o público facilita na hora de pensar na produção de conteúdo relevante.

Tipos de posts

Existem diversos tipos de posts que podem ser utilizados na sua estratégia de produção de conteúdo:

  • Assuntos do momento no segmento em que você atua;
  • Post com dicas e atualizações do seu produto;
  • Novidades sobre sua marca;
  • Histórias de parceiros da sua empresa (Cases);
  • Posts educativos.

O tipo de postagem escolhido está ligado diretamente ao público que você deseja impactar. Escolhendo abordagem e tema ideais, você pode fazer com que os seguidores sejam mais ativos e, se possível, gerar oportunidades de compra.

Agora, vamos falar sobre a escolha do tema da publicação.

Escolha-o-assunto-ideal2 – Escolha o assunto ideal

Depois de direcionar a produção de conteúdo, chega o momento de definir o assunto da postagem.

Trabalhe com temas atuais, que possam ser relacionados com os serviços que você oferece. A partir de uma análise rápida sobre o seu negócio, você já consegue identificar assuntos atuais que sejam relevantes.

É nesse momento que surge um dos principais desafios: produzir o melhor conteúdo, que represente sua marca e tudo que ela pode oferecer e ainda fazer com que ele seja encontrado pelo público.

Quando você quer pesquisar na internet por algum produto ou por algum tipo de procedimento específico, onde você busca essas informações?

Isso mesmo. Boa parte das pessoas recorrem ao Google para resolver suas dúvidas em geral.

Para isso, existem diversas práticas para que o seu negócio fique melhor posicionado no ranking do Google. Essas ações consistem em otimizar suas páginas nos buscadores através da utilização de palavras-chave que sejam consideradas as mais relevantes para a sua marca.

Ferramentas que podem ajudar você a definir as palavras-chave ideais:

Outra forma de obter informações sobre o tema da sua publicação (e até mesmo sobre a abordagem selecionada) é analisando seu próprio site, a partir de serviços como o do Google Analytics. Nele, você pode verificar quais são as páginas mais acessadas e posts que tiveram maior número de acessos/interações.

Pesquise-por-conteudos-semelhantes3 – Pesquise por conteúdos semelhantes

Agora que você já sabe o que deseja abordar no texto, verifique no seu blog se já existe algum tipo de publicação sobre o mesmo assunto, para evitar repetições.

Caso já tenha publicado algo que seja parecido com o que deseja tratar no novo post, veja quais pontos devem ser mantidos ou corrigidos.

Em alguns casos, a publicação antiga pode ter uma abordagem que não está de acordo com o que você deseja ou com muitas informações que não fazem mais sentido ao contexto atual.

Existem outros tipos de publicação que precisam apenas de atualização em alguns dados, como posts sobre serviços que passam por atualizações frequentes, por exemplo.

Quando você considerar que um post precisa apenas de atualização, mas ainda assim quer criar algo novo com ela, pense em produzir conteúdo para outros canais. Você também pode fazer o caminho contrário, usando como base publicações em outros canais para novos conteúdos no seu blog.

Veja um exemplo abaixo:

Em 2018, a Dinamize fez uma parceria com Odo Reginatto, diretor de marketing da agência Upside, para a realização de um webinar sobre marketing digital com o Google Meu Negócio.

A partir do conteúdo apresentado por Odo no webinar, foi criado um post com as principais dúvidas levantadas durante a apresentação.

Esse é um caso de produção de conteúdo que foi pensada para uma mídia específica e que acabou gerando outros materiais. Primeiro foi feito o webinar, seguido de post no blog com links para a íntegra da apresentação e para o material utilizado por Odo.

Analise quais canais podem ser utilizados e qual formato de conteúdo se encaixa melhor com o seu público. A partir desse levantamento, fica mais organizar e conduzir sua estratégia de produção de conteúdo como um todo.

Estude-o-tema-escolhido4 – Estude o tema escolhido

Depois de analisar todos os aspectos apresentados, você chegou no tema desejado. Para que você possa criar textos que gerem engajamento, busque informações no maior número de fontes possível.

De maneira geral, todo o tipo de artigo fica muito mais interessante quando você apresenta estatísticas, referências a outros posts etc.

Opções para se aprofundar em qualquer tipo de publicação não faltam. Canais no YouTube, blogs, podcasts, livros, pesquisas, são alguns dos caminhos que você pode seguir para se informar melhor sobre o que deseja escrever.

Verifique a confiabilidade de cada uma das referências que você deseja usar no seu texto, para evitar informações falsas ou que você não consiga confirmar.

Quando ler algum texto que apresenta uma opinião sobre o tema que você deseja escrever, preste atenção em quem é o responsável pelo artigo. Pesquise sobre ele, confirme sua relevância na área em que atua. Com essa verificação, você garante uma referência confiável e que agrega de alguma forma para o seu texto.

O ideal é conciliar dados de pesquisas com definições (ou opiniões) propostas por autores(as) que possuam relevância na área em que você atua.

Ninguém quer consumir conteúdo com fontes duvidosas, certo?

Para promover algum tipo de serviço, pense em referências que justifiquem a importância dele. Indique essas informações logo no início do texto, como uma forma de comprovar a relevância do assunto.

Se quiser falar sobre algum assunto que não domina, não se preocupe. Busque todo o tipo de informação, lendo artigos de especialistas, pesquisando, fazendo entrevistas etc.

Mantenha sempre em mente que você precisa entregar um conteúdo que tenha valor para quem acessar seu blog. Um texto que faça com que essa pessoa se interesse por seguir acompanhando suas publicações.

Forneca-conteudos-complementares5 – Forneça conteúdos complementares

Se você já trabalha de forma frequente a produção de conteúdo no seu blog, é possível que tenha postagens que complementam o conteúdo que vai produzir.

Com esse tipo de ação, você faz com que a experiência do usuário ganhe novos capítulos, a partir do momento que ele acessa novas postagens. Sem falar que o tempo de navegação em seu site será maior!

Para que o leitor possa acessar essas publicações semelhantes, insira a URL delas ao longo da sua postagem.

Encaminhe o leitor para outros canais de conteúdo digital. Para quem possui canal no YouTube, por exemplo, é possível inserir no conteúdo do post, vídeos que tenham relação com o tema abordado, fazendo com que a sua publicação seja multimídia.

Veja este trecho de uma postagem do blog da Dinamize.

image1A imagem apresenta um trecho de post com 3 tipos de conteúdo:

    1. Conteúdo em texto, apresentando o webinar e o conteúdo que foi abordado na apresentação;
    2. Vídeo do YouTube com a íntegra da apresentação feita;
    3. Link para a apresentação utilizada durante o webinar.

Ao trabalhar com produção de conteúdo que atenda aos interesses do público, as chances de contar com mais pessoas acessando suas publicações é maior!

Além de gerar mais conteúdo para eles, sua marca pode obter mais engajamento. Sem falar caso essas pessoas gostem do material e compartilhem ele.

Depois-da-publicacao6 – Depois da publicação

Se enganou quem achava que depois de publicar um conteúdo no seu blog tudo estava resolvido.

Vejamos agora o que fazer depois de publicar o seu post.

Divulgação

Produzir conteúdo sem se preocupar em ações para divulgá-lo é perda de tempo. É importante pensar em uma maneira de espalhar esse conteúdo entre as pessoas que podem se interessar por ele.

Convide os seus seguidores das redes sociais para visitarem o seu blog, anunciando sempre que houver alguma novidade nele.

De acordo com a rede social utilizada, você pode impulsionar uma publicação para divulgar o seu post, visando atingir mais pessoas.

Dica: ao impulsionar uma publicação, selecione um tipo de público que possa se interessar na sua postagem. Investir sem considerar se pode haver um interesse por parte do público pode ser prejudicial para o desempenho da sua publicação.

Se você faz envios de email marketing, divulgue seus posts para a sua base de contatos de forma frequente. Criando fluxos de automação, por exemplo, é possível definir uma sequência de envios se baseando em interações anteriores.

E aí, pronto para começar a produção de conteúdo para o seu blog?

Combine essa ação com outras estratégias de marketing para atrair novos leads, gerar vendas e fidelizar os seus clientes!


Post escrito por Eduardo Brum – Produtor de Conteúdo Digital
Editado por Eduardo Tavares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.