Dia dos Pais: estratégias de marketing digital para vender mais

Eduardo BrumAutomação de Marketing, Datas Comemorativas, Email Marketing, Marketing Digital

dia-dos-paisDia dos Pais chegando e, como somos muito queridos, não podíamos deixar você sem algumas dicas para aproveitar datas especiais como essa para aumentar seus resultados 😉

Veja abaixo as dicas que separamos para qualificar sua estratégia de marketing e vendas no Dia dos Pais!


Alguns dados

A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) espera um crescimento de 14% nas vendas durante o Dia dos Pais. Ainda no eCommerce, a Ebit | Nielsen aposta que o faturamento na data possa chegar aos R$ 2,4 bilhões.

Para o varejo, também existe uma expectativa de crescimento das vendas, porém menor, quando comparado ao lado digital da força. A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) espera um crescimento de 2,1% nas vendas.

Além da expectativa de crescimento das vendas nessa data, há um outro fator que mostra a importância dessa data. De acordo com uma pesquisa recente feita pela Confederação Nacional de Dirigente Lojistas (CNDL) e pelo SPC Brasil, 105 milhões de pessoas devem realizar ao menos uma compra no Dia dos Pais.

O estudo também mostra um certo receio por parte dos consumidores, atribuído, entre outros fatores, ao aumento dos preços dos produtos. Com esse receio, vem a informação que serve de motivação para esse texto: 71% dos entrevistados disse que pesquisa na internet antes de comprar algum produto.

Se as pessoas estão mais interessadas em pesquisar, nada mais justo que as marcas estarem preparadas para apresentar os produtos da melhor forma, gerando assim novas vendas.


Email Marketing

Se o assunto é vender, não tem como deixar o Email Marketing de fora. Esse recurso que, além de barato, é muito efetivo para aumentar a receita de quem o utiliza.

Descontos e outros tipos de benefícios podem ser utilizados para motivar o público a comprar. Isso vale tanto os novos contatos quanto aqueles mais engajados.

Novos contatos

Um usuário se cadastra em um formulário para receber mais detalhes sobre os produtos da sua marca. No email de boas-vindas, por exemplo, pode ser oferecido um cupom de desconto, um brinde ou outro tipo de benefício exclusivo.

Contatos engajados

Analise o comportamento do público mais engajado para entender quais ações podem funcionar. Dados como localização do contato podem ajudar, mas não esqueça de compreender os interesses dos contatos, que tipo de envio engaja mais, essas coisas.

Mais sobre Email Marketing no Dia dos Pais? Clique aqui!


Anúncios nas redes sociais

Anunciar nas redes sociais pode trazer bons resultados, mas vai além de simplesmente gastar uma boa quantia com esse tipo de divulgação. Investir pouco, mas de forma segmentada, pode ser o caminho para quem está sem tempo($).

O Facebook disponibiliza uma ferramenta para criação de anúncios, que podem ser veiculados na própria rede social e em outras redes ligadas a ela, como o Instagram.

Existem diversas opções de anúncios no Facebook, desde geração de leads até as vendas, as que nos interessam por aqui.

Três exemplos de ações que podem ajudar você:

  • Conversões: anúncio voltado para aumentar as ações em site ou apps. Não está necessariamente ligada ao ato de compra, mas aumentar o número de pessoas envolvidas com seu site já pode ajudar;
  • Visitas ao estabelecimento: se você tem uma loja física, esse é o seu momento. Com esse tipo de anúncio, você pode promover os espaços físicos da sua marca para vender mais;
  • Vendas do catálogo: opção para promover os seus conteúdos mais relevantes. Basta inserir o catálogo da sua marca e configurar a campanha.

Mais sobre Marketing nas redes sociais


Automação de marketingAutomação de marketing

A automação de marketing também envolve email marketing e redes sociais. Porém, esse recurso tem como objetivo a realização de ações com base em comportamentos específicos do público, tudo isso de forma automática.

Para que esse processo ocorra, é necessária a utilização de uma plataforma de automação de marketing. Com ela, você consegue definir as configurações para cada uma das ações que deseja.

Identificando oportunidades de compra

Como citado no tópico sobre email marketing, analisar o comportamento dos contatos e o nível de engajamento deles é vital para garantir o sucesso da sua estratégia.

Isso vale para todo o tipo de ação onde esses dados possam ser mensurados, portanto, vale para a automação de marketing. Com ela, é possível não só identificar os contatos mais próximos de uma compra como definir ações direcionadas para eles.

Com o auxílio de uma ferramenta de automação de marketing, que esteja integrada com seu site, é possível identificar quais páginas são navegadas pelos contatos. A partir disso, você pode fazer ações personalizadas de acordo com o conteúdo das páginas acessadas.

Lead Tracking: o que é e como utilizar

É aqui que voltamos aos dois primeiros tópicos do texto, email marketing e redes sociais. Isso porque ambos podem ser integrados com a plataforma de automação que você utiliza (ou vai utilizar), de forma a auxiliar na comunicação com esse público.

  • Integrando sua ferramenta de automação com o Facebook, você pode incluir os contatos que navegaram nas páginas específicas em público da rede social. Com isso, você consegue produzir anúncios que tenham como tema os itens aos quais o contato manifestou interesse;
  • O email marketing pode ser utilizado da mesma forma. Defina um fluxo de automação onde, conforme a página que o contato navega, ele recebe um conteúdo relacionado a ela, com algum destaque além do que foi apresentado na página.

Identificando oportunidades de venda com automação de marketing


Depois da venda

Se você já conseguiu atingir o número desejado de vendas e não está pensando em mais nenhuma ação para os seus clientes, senta que lá vem mais dica.

Além de contar com pessoas mobilizadas com as ações da sua marca e que podem indicar você para terceiros, você ainda pode gerar novas vendas!

Esse trabalho de relacionamento pode ocorrer em diversos canais, tudo com base nas buyer personas da sua marca: redes sociais, email marketing, eventos presenciais, webinars etc.

Use esses canais para ouvir o que os clientes têm a dizer sobre sua marca e, principalmente, apresentar todas as novidades para eles. Para isso, não esqueça de promover os locais em que eles podem comprar, como sites, apps e lojas físicas.

Pós-venda com automação de marketing: como fazer?

Client Onboarding: o que é? como ele melhora a retenção do Inbound Marketing?


E aí partiu adotar alguma dessas ações para sua marca? Faltou algum item na lista?

Deixe sua opinião nos comentários e até a próxima dica <3