O que é e como fazer um planejamento de Marketing Digital

DinamizeCapa, Dicas do Mail2Easy PRO, Dicas do MKT2Easy, DinamizeLeave a Comment

planejamento de Marketing Digital
Toda a estratégia que busca atrair pessoas, gerar clientes e fidelizar esses seguidores se enquadra no conceito de marketing digital.
A partir de ações de acordo com o público que deseja impactar, sua marca pode obter o reconhecimento e os resultados desejados.

Estruturar um planejamento de marketing digital é uma tarefa vital para quem quer ter sucesso em um ambiente onde o número de concorrentes só aumenta.

O objetivo desse post é apresentar algumas dicas para dar início ao planejamento de marketing digital do seu negócio.

Caso você já tenha criado o seu planejamento, esse artigo também pode ajudar!

Isso porque apresentamos algumas ferramentas que podem auxiliar tanto no início do seu planejamento quanto na execução e mensuração das suas ações.

Pronto para trabalhar no planejamento de marketing digital do seu negócio?


Primeiros passos

planejamento de Marketing Digital - o começoQuando ficar na dúvida sobre o que considerar para estabelecer o planejamento de marketing digital da sua marca, lembre-se de SMART. Esse é um acrônimo composto pelos seguintes termos (em inglês): specific, measurable, achievable, realistic e timed.
Em uma tradução simples: específicos, mensuráveis, alcançáveis, realistas e no tempo certo.

Certifique-se de que suas ações estejam de acordo com as características apresentadas acima. Assim, você analisa os pontos positivos e negativos e trabalha para qualificar a sua estratégia.


Conheça a posição da sua empresa no mercado

planejamento de Marketing Digital - SWOTA análise SWOT é formado por strengths (forças), weaknesses (fraquezas), opportunities (oportunidades) e threats (ameaças).

Esse sistema pode ser utilizado para definir as principais características da sua marca. A análise SWOT ajuda a definir as ações prioritárias para sua marca, identificar quais são os riscos e pendências a resolver e trabalhar com os pontos positivos.


De acordo com Neil Patel, para aplicar a análise SWOT é necessário visualizar o cenário do mercado a partir de duas perspectivas: ambiente interno e ambiente externo.

  • No ambiente interno, você analisa fatores como padronização e integração de processos, além de eliminar ações sem relevância, quando comparadas com os principais objetivos estabelecidos anteriormente.
  • Enquanto isso, o ambiente externo envolve análise de confiabilidade dos dados, informações de apoio para os responsáveis pela gestão e tomada de decisões.

Quem são os futuros clientes?

planejamento de Marketing Digital - Futuros clientesConhecer as buyer personas do seu negócio também vai ajudar a estabelecer o seu planejamento de marketing digital. Estabelecendo perfis para os seus “clientes ideais”, suas estratégias serão direcionadas para pessoas com essas mesmas características.

Quase que diariamente, nos deparamos com empresas realizando ações de marketing que não atingem seu próprio público.

Entendo melhor quem é o seu público e quais são as preferências deles, você não corre o risco de “errar o alvo” e consegue se comunicar pelos canais ideias e, principalmente, usando a abordagem ideal.


planejamento de Marketing Digital - Gerando novos leadsGerando novos leads

Uma das etapas mais importantes no seu planejamento de marketing digital é a definição do que deve ser feito para gerar novos leads, para isso, traçar estratégias de entrada e nutrição de leads é essencial.


planejamento de Marketing Digital - Trafego pagoTráfego pago

Esse tipo de estratégia consiste em gerar novos leads ou clientes a partir da criação de anúncios pagos.

Embora pareça simples, criar esses anúncios pagos exige um planejamento prévio. É necessário definir o público-alvo para cada uma das campanhas, por exemplo. Nesse momento é importante já ter suas buyer personas definidas, experimente cruzar com dados demográficos ou então interações anteriores com a sua marca.


planejamento de Marketing Digital - Google AdsGoogle Ads

Quase 98% das buscas realizadas no Brasil são feitas pelo Google, de acordo com dados levantados pela Statcounter. Por ter essa relevância, criar e divulgar seus anúncios no Google e seus sites parceiros pode apresentar bons resultados.

Para gerar tráfego para o seu site, utilize o Google Ads. Essa ferramenta possibilita a estruturação de toda a sua campanha, incluindo a criação de anúncios e informações referentes ao faturamento das ações feitas.


planejamento de Marketing Digital - Facebook AdsFacebook Ads

Um estudo realizado pela PWC aponta a relevância das redes sociais para a conclusão do processo de compra. De todos os participantes da pesquisa, 46% consideram que as redes são a principal influência para que decidam comprar ou não um produto.

Para criar o seu anúncio de forma efetiva nas redes sociais, o Facebook disponibiliza o Gerenciador de anúncios. Nele, é possível preparar divulgações voltadas tanto para o Facebook quanto para outros serviços vinculados, como Instagram, Messenger e WhatsApp.


planejamento de Marketing Digital - Trafego OrgânicoTráfego orgânico

Essa opção de estratégia demanda um gasto menor e também pode gerar bons resultados.

Diferente do tráfego pago, nesse caso as pessoas encontrarão a sua empresa a partir de uma busca “natural”, com base em suas necessidades.

Aqui serão definidos os métodos para que a sua empresa tenha uma maior visibilidade, fazendo com que as pessoas possam encontrá-la a partir de buscas por assuntos relacionados ao seu negócio.


planejamento de Marketing Digital - Estratégia de SEOEstratégia de SEO

Para que sua empresa seja encontrada pelo público, trabalhe com uma estratégia de SEO efetiva.

De maneira geral, SEO é relacionado com a utilização de palavras-chave para melhorar o posicionamento do seu site nos buscadores.

Existem outras práticas que ajudam a posicionar melhor suas páginas:
tamanho do texto (como um todo e também parágrafos e frases), quantidade de subtítulos utilizados, listas, links para outros sites e para o seu próprio.


Estratégia a longo prazo

Criar artigos no LinkedIn (linkando o site) e imagens dos posts no Pinterest pode ajudar mais pessoas a encontrarem o seu site. Eles ajudam na indexação do Google e fazem tudo de maneira orgânica.

Redes sociais como LinkedIn e Pinterest podem fazer com que mais pessoas encontrem seu site.

No LinkedIn, você pode utilizar seu perfil pessoal para publicar artigos. Ao longo do texto, trabalhe com links que direcionem os leitores a outros textos e conteúdos do seu site. Ao fazer isso, você mostra para o Google e outras ferramentas de busca que aquele site tem relevância sobre a palavra qual ele está linkado.

Produzir conteúdo para o Pinterest também pode ajudar a aumentar os acessos ao site. Para cada publicação de “Pin”, você pode informar uma URL do seu site. Além disso, as publicações no Pinterest também ajudam na indexação do Google e fazem tudo de maneira orgânica.


Google Meu Negócio

Para que as pessoas encontrem a sua empresa e tenham informações relevantes sobre ela sem muitos cliques, crie um cadastro no Google Meu Negócio.

O Google Meu Negócio é um serviço oferecido de forma gratuita, que possibilita a criação de um cadastro da sua marca. Nele você pode inserir informações relevantes sobre a sua empresa, como localização, site, telefone para contato, avaliações do público, entre outras.

Você pode criar publicações sobre seus produtos, que também serão exibidas no resultado da busca. O Google Meu Negócio possibilita também a criação de sites, caso você ainda não possua o seu.


Como mensurar?

O Google Analytics disponibiliza uma análise completa sobre a navegação dos visitantes do seu site. Ao verificar a origem de cada um deles, é possível mensurar qual tipo de estratégia apresenta maior efetividade.

O Facebook Ads também disponibiliza relatórios sobre as ações feitas através dele. A partir da análise do desempenho dos anúncios, você consegue analisar quais ações tiveram melhor impacto e quais precisam passar por melhorias.

Lembre-se de anotar os resultados, eles mostram como o seu público interage com suas campanhas. Com o tempo você conhecerá os melhores horários e canais para falar com os seus seguidores.


Como ser referência?

Imagine que uma pessoa possui diversas dúvidas sobre um determinado assunto. Ela sempre recorre ao Google ou para as redes sociais em busca de conteúdos que possam ajudá-la a resolver esses questionamentos que ela possui.

Imagine também que todas as respostas para os questionamentos dessa pessoa sejam fornecidas pela sua marca.

Podemos dizer que essa pessoa vai criar uma relação de confiança e identificação com a sua empresa. Com isso, é possível que ela considere acompanhar sua marca de forma mais frequente, para obter mais e informações e, depois de um certo tempo (com certas ações sendo tomadas), considerar se tornar sua cliente.

Um bom planejamento de marketing digital deve apresentar estratégias para que sua marca seja referência no seu segmento. Vejamos algumas ações que podem ajudar você.


Conteúdo para blog

Essa é uma das estratégias de produção de conteúdo mais utilizada. Caso possua um site, contar com um blog com conteúdos que estejam de acordo com a área de atuação da sua marca e, principalmente, com base no que pode gerar interesse do público.

Para definir quais os conteúdos abordar, conheça suas buyer personas e analise quais assuntos têm gerado maior número de pesquisas (o Google Trends e o Google Keyword Planner podem ajudar nessa etapa).


Email marketing

Apostar em envios de email marketing é uma das estratégias mais seguras (e com baixo custo) do mercado digital atual.
A partir das estratégias de captação que foram definidas, você pode criar uma série de envios para nutrir os novos contatos da sua base.

Ferramentas de automação de marketing permitem a criação de fluxos automáticos de envios, para tornar sua comunicação mais efetiva. Esses fluxos podem ter como ponto de partida algum tipo de interação do contato com a sua marca (clique em envios anteriores, preenchimento de formulário) ou então informações cadastrais.

E não se trata apenas de uma solução de baixo custo (principalmente quando comparada com estratégias como anúncios nas redes sociais). Quando você faz envios de email marketing para uma base interessada no seu conteúdo, o engajamento tende a ser muito maior.


Conteúdo em vídeo

Cada vez mais em alta, a produção de conteúdo em vídeo pode ser essencial para aumentar o reconhecimento da sua marca perante o público.

Existem diversas formas de criar engajamento a partir delas: criar canal no YouTube e alimentar com conteúdo de forma frequente; produzindo webinares sobre assuntos que podem ser relevantes para os seus leads; transmissões ao vivo, com interação em tempo real com quem acompanha a apresentação.

E não é só de YouTube que vivem os vídeos: existem outros locais onde você pode divulgar seu conteúdo. O IGTV, aplicativo do Instagram voltado para produção de vídeos longos, pode fazer frente ao principal serviço de divulgação de vídeos da atualidade. O Facebook também conta com a possibilidade de produzir e divulgar conteúdo em vídeo.


Atendimento qualificado

Quando você dá atenção às pessoas que seguem a sua marca, isso é valorizado por elas. Independente da mídia utilizada, seja efetivo para resolver as dúvidas dos seguidores.

Esse atendimento pode ser feito por pessoas que acompanham as interações do público em tempo real, como em chats ou respondendo publicações em geral nas redes sociais.

Caso você não tenha como direcionar uma pessoa para acompanhar suas redes sociais em tempo integral, disponibilize espaços que resolvam as dúvidas mais frequentes do público. A clássica FAQ, para perguntas mais simples, pode ser útil.


WhatsApp Business: o que é


Nas redes sociais, você pode definir algumas respostas automáticas, caso saiba quais são os questionamentos mais frequentes. No seu site, você pode trabalhar com chatbots, criando um fluxo de respostas com base na interação das pessoas no chat.

O Google Tag Manager possibilita inserir recursos como chatbots, chats e muito mais nas páginas do seu site. Leia o nosso post e veja como fazer!

Vale destacar que o mundo não é composto apenas por robôs. Reserve um tempo para responder, de forma clara, comentários nas suas postagens, avaliações sobre sua empresa e o que mais for possível.


Levantamento de gastos

No seu planejamento, não deixe de analisar quais serão os gastos durante a sua estratégia, especificando cada uma das atividades planejadas e o seu respectivo custo financeiro.

Para a sua equipe de marketing, você deve levantar os gastos com a remuneração e custos para a realização de treinamentos e capacitações em geral, por exemplo.

A produção de conteúdo também exige alguns gastos, como investimento em anúncios, impulsionamento de publicações e outras parcerias semelhantes, custo de softwares necessários, entre outros.

Fazendo esse levantamento de gastos, você consegue saber o quanto está sendo investido e, principalmente verificar quais ações apresentam os melhores resultados para sua marca. Assim, você vai conseguir estabelecer quais tipos de atividades merecem um maior gasto e quais podem ter o investimento reduzido.


Conclusão

Todo o tipo de ação bem sucedida precisa contar com um período de planejamento. Se você fizer isso com antecedência e uma estrutura lógica para cada ideia, os riscos de cometer algum erro são reduzidos.

Como as coisas mudam com muita frequência (principalmente quando falamos do mercado digital), fique ligado em tudo que acontece. Conheça as novas tendências, o que era garantia de sucesso e agora é ultrapassado e tudo mais. Isso vai ajudar você a organizar suas ações e deixá-las de acordo com o que for tendência.

Para receber mais dicas como essa, acompanhe o nosso blog!


Por Eduardo Brum

Referências:

https://digitalmarketinginstitute.com/blog/5-steps-powerful-digital-marketing-strategy
https://neilpatel.com/br/blog/plano-de-marketing-digital/
https://www.smartinsights.com/digital-marketing-strategy/
https://www.wearemarketing.com/blog/a-step-by-step-guide-to-structuring-a-digital-marketing-plan-in-2018.html
https://www.doloresvela.com/lineas-estrategicas-planificacion-marketing-digital/

Conteúdo relacionado