Google Keyword Planner: como começar a usar?

Redação Dinamize MKTCapa, Dica, Dicas do Mail2Easy PRO, Mail2EasyPro, Marketing Digital

O que é Google Keyword Planner?

O que é o Google Keyword Planner?

Segundo o Adwords, o Keyword Planner ou planejador de palavras-chave, é uma ferramenta gratuita que permite a construção de novas campanhas na rede de pesquisa, ou a expansão das que já existem. Ela auxilia na escolha de palavras-chave e grupos de anúncios, permitindo prever o comportamento de uma lista de palavras-chave, e também, propicia a escolha dos melhores lances para a definição de um orçamento adequado às suas necessidades.

Como surgiu o Google Keyword Planner?

Inicialmente, o Google disponibilizava a Keyword Tool, uma plataforma gratuita anterior ao Keyword Planner. Esse recurso rapidamente conquistou a usabilidade de seus usuários não somente por uma questão de eficiência, mas principalmente porque as informações vinham diretamente do próprio Google, a grande fonte do sistema.

Portanto, por muitos anos quem lidava com SEO teve a chance de ter em suas mãos uma infinidade de dados utilizados para otimizar o rankeamento de suas páginas. No entanto, à medida que o Keyword Tool ganhava espaço, houve também o crescimento da venda de anúncios através do Google Adwords.

Para dar conta do aumento da demanda dos clientes, o Google Keyword Planner foi desenvolvido, sendo referência como um planejador de palavras-chave do Google, as famosas keywords. Por estar associada ao Adwords, a ferramenta agora torna mais prático o padrão das configurações – estabelecido conforme a conta do seu site – e possui outros benefícios preparados para te ajudar no uso das palavras-chave mais interessantes para a produção de conteúdo dentro de sua estratégia de inbound marketing.


Por que você deve usar este recurso?

Trabalhar o conteúdo tem sido a estratégia mais utilizada para rankear sites de uma forma melhor nas pesquisas através dos mecanismos de busca. Considerando que existem buscas com milhões de resultados o Google, é necessário ser realista e levar em conta que ninguém acessa muitas páginas para encontrar o assunto que precisa.

Ao pensarmos nessa situação, vemos o quanto as palavras-chave adquiriram grande representatividade nos objetivos dos empreendedores da internet. Hoje é mais do que comprovado que as palavras corretas têm um grande potencial para atrair o público, mesmo com tantos dados espalhados na web. Ao notar o potencial desse mercado o Google criou o Adwords, conforme citamos acima, oferecendo a possibilidade de criar anúncios a partir de palavras-chave com a finalidade das empresas pagarem para aparecer no topo dos resultados.

É bom lembrar que a grande vantagem para os usuários da ferramenta é que o pagamento só acontece realmente após o clique no anúncio.


Mas afinal, como saber quais as palavras-chave para o meu negócio?

Como utilizar o Google Keyword Planner?

Vamos entender melhor então como o Keyword Planner funciona para que assim você possa rankear melhor o seu site no Google.

Mostraremos como começar a usar a ferramenta em 4 passos, sem fazer o cadastro do cartão de crédito, que é opcional:


1) Primeiramente, para ter acesso ao Keyword Planner, você precisa já ter uma conta no Google Adwords. Crie sua conta ou faça o login aqui mesmo (http://www.google.com.br/adwords/start/).


2) Ao realizar o cadastro na plataforma, você será levado a outra tela para preencher seus dados pessoais, iniciando pelo e-mail. Ao iniciar essa jornada, tenha atenção: ao cadastrar-se é essencial pular a etapa de tutorial, não esquecendo de ler todas as informações antes de prosseguir.

Se você não fizer isso, o site irá pedir os dados do seu cartão de crédito para simular uma campanha.


Mesmo que no fim das contas você não seja obrigado a gastar dinheiro para utilizar o planejador de palavras-chave, desviar dessa fase poupa bastante tempo no cadastro e já coloca você direto na área de pesquisa de palavras-chave.


3) Esse é um dos passos mais importantes. Ainda na tela de preenchimento de dados, ao selecionar o tipo de conta, escolha a segunda alternativa, “Gerenciar contas de outras pessoas”. Assim que confirmar, a próxima tela será o dashboard da conta gerenciada.


4)Nesse local, clique em  “adicionar nova conta”, e assim insira o nome que você deseja. Fique atento para preencher com os dados de fuso horário e valores corretos, sabendo que essas informações não podem ser editadas posteriormente.

Procedimento finalizado! Você agora pode usar a conta sem precisar informar seu cartão de crédito. Posteriormente é interessante informar, pois há recursos que só são acessíveis após o cadastro dele 😉


Já dentro do Adwords, no menu superior, clique na área de ferramentas e dentro dela escolha o Planejador de palavras-chave, conforme mostramos na imagem abaixo:

interface google adwords

Você será levado para o endereço da ferramenta, onde você tem a oportunidade de planejar uma nova campanha. Selecione a primeira alternativa, como mostra a imagem a seguir, e uma aba aparecerá para que você a preencha.

analise de volume de pesquisa

A nova página é o local onde você pode colocar qual o seu negócio (em formato de palavras-chave mesmo!), seu website e qual a categoria do seu produto ou serviço:

painel do google adwords

Além de inserir as palavras no espaço que destacamos, também é preciso ficar de olho na segmentação, que também aparece na imagem. Para os iniciantes o ideal é ser simples e objetivo: público brasileiro e sua língua natal, o Português.

Na verdade, à medida que você for avançando com a ferramenta, você pode criar filtros cada vez mais específicos para cidades e áreas dentro de um mesmo município, sendo muito útil para negócios locais que buscam saber de onde vem o seu público.


No final, clique em “Obter Ideias”.

Você será encaminhado a uma nova página com as médias dos resultados de buscas mensais no Google. Utilizamos o termo “e-mail marketing” como referência. Repare que há duas abas logo abaixo do resultado exibido em números, sugerindo a possibilidade de acessar ideias de grupos de anúncio e ideias de palavra-chave.

planejador do google

No caso da palavra “e-mail marketing”, percebemos uma média de mil a 10 mil de pesquisas mensais no Google, enquanto que o grupo de palavras relacionadas ao termo escolhido recebe uma média de 10 a 100 milhões de pesquisas mensais. Esse grupo inclui variações como “e marketing”, “mail marketing”, “marketing email”, “envio de email marketing” dentre outros.


Daí surge a dúvida: em qual palavra investir?

 Aí nos dividimos em duas possibilidades. Se você só precisa fazer a pesquisa sobre determinada palavra-chave, concentre-se na média de pesquisas mensais e sugestões de palavras relacionadas, conforme explicamos acima.

Mas se você pretende ir além e investir em anúncios pagos, preste bastante atenção nos tópicos de análise elencados pelo Google Keyword Planner. Assim fica mais fácil entender quais são as melhores opções de palavras-chave.

A segunda coluna do painel da ferramenta, ao lado da “Média de pesquisas mensais”, está a “Concorrência”, um fator muito importante de ser analisado por quem pretende pagar um anúncio. Essa opção refere-se à quantidade de anunciantes que investiram em anúncios para cada palavra-chave exibida. Portanto, há três níveis: baixa, média e alta. Quanto mais alta, mais disputada a palavra chave é.

Para entender melhor sobre os fatores que influenciam na classificação dos anúncios, saiba que o Google AdWords avalia itens como o lance disponível para leilão, a taxa de clique esperada, a relevância do anúncio para essa palavra-chave e a experiência da página de destino do anúncio. Isso é feito em tempo real a cada nova pesquisa. Veja um exemplo de palavras-chave qualificadas para exibir anúncios:

exemplo de campanha no google

Voltando ao painel do Keyword Planner, ao lado da coluna referente à concorrência há o “Lance sugerido”, valor informado pela própria ferramenta com base no CPC (custo por clique) utilizado por outros anunciantes que utilizaram a mesma palavra escolhida.

Além disso, considere também que à esquerda da página há as opções de segmentação, período e personalização, que podem fazer da sua pesquisa de palavra-chave uma estratégia muito mais específica.


Gostou deste artigo?

Faça o download


Edição por Gabriela Giacomini – Jornalista
Diagramação e revisão por Francis Fussiger – Analista de Marketing digital


Fontes:
https://support.google.com/adwords/answer/7050591?hl=pt-BR
https://support.google.com/adwords/answer/2453981
https://adwords.google.com/ko/KeywordPlanner/Home/
https://www.youtube.com/watch?v=ntrpav2OeLs


Deixe um comentário