Blog

Maturidade digital: o que é e como sua marca pode atingir

maturidade digitalA maturidade digital virou um assunto bem mais comum, ainda mais depois que a pandemia explodiu sem dar aviso. Afinal de contas, as empresas que não ainda não haviam iniciado o processo de transformação digital foram muito mais impactadas.O contexto atual é hiperdigitalizado e exige que marcas se posicionem nesse ambiente. Será que a sua empresa está preparada para esse cenário? Você saberia responder o nível de maturidade digital do seu negócio? Essas e outras questões são importantes para competir no mercado.

Muito além da implementação tecnológica ou marcar presença nas redes sociais e ter um site, o conceito de maturidade está mais associado a outros movimentos.

Sendo assim, é melhor se preparar e conferir este artigo até o final para entender o que é maturidade digital e pegar dicas de como aumentar o nível da sua empresa. Aproveite o conteúdo!


maturidade digitalO que é maturidade digital?

A maturidade digital é o nível que a empresa está situada e a capacidade que ela tem para competir no ambiente digital.

A transformação digital é apenas o primeiro passo para ser uma marca que tenha maturidade digital. O conceito está mais ligado à estrutura da empresa, sua estratégia digital, cultura e capacitação de seus colaboradores.

No entanto, muitas empresas não estão conseguindo atingir a maturidade digital por conta de déficits na transformação, que nunca é completa e bem-sucedida. Boa parte disso acontece por conta da implementação errônea de projetos digitais — e outra parcela pela esperança de que as estratégias, sozinhas, tenham impactos tangíveis na organização.

Por mais que o conceito aborde o “digital”, não é apenas disso que se trata. Para que as iniciativas comecem a dar resultados de fato, um dos pontos iniciais é começar a adotar tecnologias que utilizem dados.

As iniciativas da aplicação de tecnologias devem estar relacionadas ao modelo de negócios da empresa. Ou seja, precisa entender profundamente o que a marca oferece, para quem (os clientes da organização), seu modus operandi e como entrega seus produtos ou serviços.

De acordo com o modelo desenvolvido pelo Google e BCG, existem 4 estágios:

  • Empresas nascentes: estão no nível mais básico e ainda utilizam dados mantidos por outras empresas, sem se preocupar muito com os resultados de suas estratégias digitais;
  • Empresas emergentes: já possuem um processo de armazenamento de dados próprio mas ainda têm dificuldade de cruzá-los para usar como base em suas estratégias;
  • Empresas conectadas: são negócios capazes de conectar e interligar os dados capturados em diferentes canais para observar métricas mais específicas;
  • Empresas multimomento: são marcas que estão aptas a utilizar dados para criar experiências personalizadas e únicas a seus usuários e clientes.

Por incrível que possa parecer, são poucas as empresas que chegam no último nível. Contudo, para entender melhor sobre esse cenário é importante fazer um diagnóstico para entender a maturidade digital de um negócio.

Quer saber como aumentar as vendas de seu e-commerce?

Baixe o ebook de como vender mais com Automação de Marketing


maturidade digitalQuais são os 5 níveis de maturidade digital?

A princípio, a maturidade digital considera 5 estágios, e cada um deles corresponde a um nível. Por isso, é fundamental realizar o diagnóstico organizacional com perguntas e respostas objetivas.

Dependendo dessas respostas, a empresa se enquadra em um dos níveis abaixo.

Nível 1

São aqueles negócios que ainda relutam em utilizar tecnologia em seus processos. Dessa forma, as empresas de nível 1 não usam e nem estão dispostas a mudar suas operações, como a aplicação de coleta e uso de dados.

No máximo essas empresas adotam medidas simples, como a digitalização de documentos, por exemplo. Entretanto, isso não é o suficiente para garantir espaço no mercado digital.

Nível 2

No segundo estágio, as empresas já conseguem aderir a algumas tecnologias, como a automação de processos internos. A organização entende que a tecnologia é essencial para o crescimento e um diferencial entre as concorrentes, além de ajudar no aumento da produtividade.

As ferramentas configuram que o negócio está em fase transicional, mas que pretende adotar projetos de inovação no futuro.

Nível 3

Aqui, as organizações já adotam a inovação como parte de suas culturas e a tecnologia já é fundamental nas estratégias. Isso faz com que todos tenham mais abertura para possíveis mudanças organizacionais, até mesmo as mais profundas.

Dessa maneira, os negócios que estão no nível 3 têm profissionais para diferentes áreas, responsáveis por administrar setores. Além disso, os investimentos são direcionados para cada segmento.

Nível 4

Nesse nível, toda estrutura da organização já utiliza tecnologia e tem a inovação em seu DNA. O digital é o grande campo fértil e essas empresas aproveitam para crescer cada vez mais com as tecnologias empregadas.

Algumas marcas já nasceram nesse contexto, a exemplo do Nubank, Uber e AirBnb. Esses negócios já surgiram com a intenção de mudar o mercado e serem disruptivos, munidos de alta tecnologia e com foco nas lacunas de necessidades do mercado.

Nível 5

Por fim, o nível 5 é, atualmente, o estágio de empresas mais evoluídas e com maior maturidade digital. Aqui se posicionam empresas que inauguram novos mercados, que têm intensa inovação e reconfiguram serviços e produtos.


maturidade digitalComo mensurar a maturidade digital no seu negócio?

Em passos bem simples, aprenda a analisar e medir a maturidade digital da sua empresa.

  • crie um mapa estratégico que mostre a presença digital da empresa
  • defina quais são os objetivos estratégicos dos processos internos, financeiro, clientes, etc;
  • faça um levantamento para medir como está cada um desses objetivos e quais são as metas da empresa;
  • descubra o Índice de Maturidade Digital (IMD) a partir desses levantamentos e desenvolva um plano para atingir os níveis seguintes;
  • escolha os responsáveis para fazer a gestão dos processos e garanta que as metas serão revistas com periodicidade.

Por mais que o crescimento de empresas no ambiente digital seja um bom sinal, em todos os negócios estão efetivamente fazendo um bom trabalho. Nesse sentido, orientar o uso de tecnologias no processo de transformação e adotar iniciativas digitais são apenas alguns dos passos para aumentar o nível de maturidade.

A maturidade digital já se tornou fundamental na Era da Informação, pois oferece uma vantagem competitiva, tem resultados mais expressivos, toma decisões baseadas em dados e contribui bastante para que a empresa consiga alcançar seus objetivos estratégicos.

Diante de tudo que foi exposto neste artigo, o que acha de começar a usar dados em sua estratégia? Conheça a cultura Data-Driven e aprenda como tomar as melhores decisões!

O que acha de expandir a sua estratégia de marketing com o Dinamize Automation?

Conheça agora!

Mayara Mira

Jornalista, especialista em Marketing Digital e apaixonada por escrita e produção de conteúdo. Acredita que a vida é bem melhor com trilha sonora e tem playlists para todos os momentos da vida.

Veja mais conteúdos do autor

Leia também

Mas e aí, este post ajudou você? Então, leia também: