Como escolher o meio de pagamento digital ideal para o seu ecommerce

Por Capa

meio de pagamento digital

A escolha do meio de pagamento digital é uma etapa essencial para empresas de ecommerce. Afinal, é preciso entender quais sistemas de pagamento se adequam melhor às suas necessidades. Do contrário, você pode acabar tendo sérias dificuldades.

O comércio eletrônico cresceu muito nos últimos anos e decolou ainda mais com a pandemia do COVID-19. Conforme a crise foi afetando o mundo, as pessoas começaram a entender o quão importante é ter um canal digital para que seus clientes consigam comprar online.

E é nesse processo que muitos empreendedores se esquecem da importância de definir os seus meios de pagamentos digitais. Diante de mudanças comportamentais devido à tecnologia, é inegável que ter um processo de conversão eficiente é fundamental para garantir que seus clientes não vão desistir da compra.

Você tá meio perdido e não sabe por onde começar com a sua loja virtual? Então, acompanhe a gente pra aprender a escolher o melhor sistema de pagamento digital! Você vai ler sobre:

  • O que é um meio de pagamento digital;
  • 3 principais meios de pagamentos digitais e suas vantagens;
  • O que devo considerar na hora de escolher meu meio de pagamento digital.

Vem com a gente!


O que é um meio de pagamento digital?

Os meios de pagamentos digitais são soluções que funcionam como uma ligação entre o cliente, a instituição financeira e a loja virtual. Eles possibilitam que compras e transações sejam feitas de consumidor para empresa, e tudo digitalmente.

Dentro do cenário onde nos encontramos, oferecer opções diversificadas de pagamento para clientes se tornou importante para evitar o abandono de carrinho. Afinal, muitas vezes são pequenos detalhes que podem fazer aquele cliente desistir da compra.

Pense comigo: não é uma decepção quando nos deparamos com um serviço ou produto que adoramos, mas não podemos pagar por ele por que a empresa só aceita cheque? E para a empresa, perder clientes também é péssimo. Esse é o raciocínio.

Leia também: Recurso de pagamento pelo Whatsapp é lançado no Brasil


meio de pagamento digital3 principais meios de pagamentos digitais e suas vantagens

Bom, agora que você já entendeu o que é um meio de pagamento digital e a importância de definir o seu, vamos ao próximo tópico. Para escolher a melhor opção para a sua empresa, você deve entender bem as diferenças de cada sistema e suas vantagens.

Veja abaixo!

1. Gateways

Esse meio de pagamento digital é muito semelhante às maquininhas de cartão de crédito das lojas físicas. O gateway atua como um intermediador entre loja, banco, cliente e redes de adquirentes. Com ele, o dono do ecommerce recebe seus pagamentos por boleto bancário, cartão de débito ou crédito.

O único requisito é que o dono do negócio tenha um contrato com algum banco ou bandeira de cartão.

Para saber se o gateway de pagamento é a melhor opção para o seu negócio, analise o seguinte:

  • Qual o valor das taxas cobradas pelo gateway em comparação com os valores cobrados pelos administradores de cartões e de banco?
  • A plataforma da minha loja virtual viabiliza o gateway escolhido?

2. Integração Direta

No modelo de integração direta, não há nenhuma intermediação entre a loja virtual e a empresa adquirente. Portanto, a gestão de toda a operação será responsabilidade do lojista.

É importante saber que, ao escolher a integração direta, você ficará a cargo de verificar se o cliente tem saldo para realizar a compra. A vantagem é que seus custos serão reduzidos, mas a desvantagem é que você precisará contar com uma equipe de controle de segurança.

Para definir se você deve escolher a integração direta, pergunte-se:

  • Você tem capacidade de contar com uma estrutura moderna de pagamentos e uma equipe de segurança e suporte tecnológico?
  • Consegue ter tempo de monitorar o sistema continuamente para evitar fraudes, invasões e roubo de dados?
  • Se propõe a fazer parcerias com várias bandeiras de cartões para diversificar os pagamentos?

3. Intermediador

Usando um intermediador de pagamento, o lojista terceiriza o pagamento do ecommerce, delegando tudo a outra empresa. Essa empresa ficará responsável por fazer a conexão entre loja virtual e cliente. Contudo, ela cobra uma taxa de transação.

Funciona da seguinte maneira: no momento em que o cliente finaliza a compra, ele é redirecionado para o site da intermediadora. Ali, ele faz um cadastro, escolhe uma opção de pagamento e faz a compra. O meio de pagamento intermediador tem a vantagem de reduzir muito os custos e as burocracias.

Você provavelmente já deve ter ouvido falar do Pagseguro e do PayPal, não é? Bom, eles são ótimos exemplos de intermediadores de pagamento!

Pra saber se esse tipo de sistema se encaixa com o seu negócio, analise o seguinte:

  • Qual a quantidade de processos financeiros por segundo que o intermediador suporta?
  • Qual o valor da taxa cobrada pelo intermediador?
  • Compare os custos do intermediador com os custos do gateway e da integração direta;
  • De quanto em quanto tempo as taxas desse serviço aumentam?

meio de pagamento digitalO que devo considerar na hora de escolher meu meio de pagamento digital?

Além de analisar os pontos já citados, existem mais algumas coisas que você deve considerar na hora de escolher o seu sistema de pagamento. Se você apenas considerar o fator financeiro, por exemplo, pode se meter em uma enrascada. Afinal, nem tudo o que é mais barato é melhor.

Vem entender isso melhor!

Formas de pagamento

Saiba se o sistema que você quer aceita uma boa variedade de formas de pagamento. Afinal, uma das coisas que mais afasta os clientes do carrinho é a impossibilidade de efetuar a compra de um jeito que seja melhor para ele.

Portanto, tenha uma loja digital com as formas de pagamento que o seu público precisa. Se você trabalha com uma audiência muito jovem, por exemplo, é interessante aceitar boleto ou cartões universitários.

Suporte e segurança

É super necessário considerar o suporte e a segurança no momento da sua escolha. Será que a plataforma que você escolheu proporciona esses dois itens com qualidade? Nenhum cliente gosta de se sentir inseguro na hora de pagar, especialmente quando tudo é feito virtualmente.

Além disso, o risco de fraudes pode prejudicar a sua empresa. Você precisa de um sistema que bloqueie compras suspeitas de cartão de crédito. Os hackers e criminosos estão por toda a parte, então não deixe isso de lado!

Leia também: Scam – o que é e como se proteger

Taxas

E é claro que as taxas também são importantes. É preciso analisar se a solução que você quer cobra taxas que estão de acordo com a realidade do seu negócio. Fazer um orçamento para se planejar financeiramente é essencial nesse momento.

Agora que você já entendeu como escolher o seu sistema de pagamento digital, falta pouco pra dar vida ao seu projeto de ecommerce!

Gostou do conteúdo? Então, leia também:
Google Shopping: divulgue seu ecommerce e gere mais tráfego