SCAM – O Que é e Como se Proteger

Dinamize EspecialistasCapa, Dica, Marketing Digital

Entenda o que é SCAM e como ele se diferencia do SPAM no envio de email marketing.

SPAM não é necessariamente SCAM, mas SCAM geralmente é SPAM. Sabe por quê?


SPAM é muito chato

SPAM é muito chato

SPAM é aquele email não solicitado, chato e invasivo:

você não deu seu email àquela pessoa, porém ela está te mandando mensagens, pois comprou a lista de contatos de alguém ou utiliza a de um parceiro comercial.

No entanto, pode até ser algum assunto que te interesse, geralmente uma promoção de serviço ou produto.

Em resumo, o SPAM é como uma panfletagem, só que digital 😉



O SCAM é obra de picareta

O SCAM é obra de picareta

o SCAM é uma fraude.

Também não é solicitado, mas é bem mais nocivo que o spam – é um golpe. Estes tipos de emails são uma ação enganosa e fraudulenta que, normalmente, visam tirar vantagens financeiras sobre a vítima.

Duas características básicas destas fraudes são o Spoofing, quando alguém se passa por outra pessoa ou empresa, e o Phishing, que busca conseguir seus dados pessoais (do inglês “fishing”, pescar).

Você com certeza já recebeu algum email assim, ou ao menos ficou sabendo de algum que acabou ficando conhecido.

Veja alguns exemplos clássicos de Scam:


Confirmação de dados

Alguma instituição conhecida lhe envia um email solicitando que você confirme seus dados. Pode ser seu banco pedindo que confirme os dados de sua conta, cartão de crédito ou atualização de token; Netflix informando que sua forma de pagamento está inválida e deve ser atualizada ou o Paypal informando que sua conta será bloqueada caso você não confirme os dados.

Lembre-se que bancos nunca entram em contato solicitando este tipo de informação e, se você tiver alguma dúvida sobre estes emails, sempre acesse a sua conta ou entre em contato diretamente com a empresa para confirmar a sua veracidade.


Prêmios

Quem não adoraria receber um email informando que você ganhou um grande prêmio, em dinheiro ou produtos? No entanto, são solicitados seus dados pessoais, ou até o pagamento de taxas para retirar o prêmio ou recebê-lo em sua casa. Sempre desconfie se você tiver que pagar por algo antecipadamente, busque mais informações sobre o remetente e garanta que não irá passar seus dados indevidamente.



Vírus

Há ainda os emails que possuem arquivos em anexo ou links a serem clicados, e no momento que você clica ou realiza o download, seu computador é infectado com um vírus que monitora todas as suas ações, bem como copia todos os seus dados.

Certifique-se de que você conhece quem está enviando o email e quais links deve ou não clicar.

Uma nova forma de extorção

Uma nova forma de extorção

Um ataque bastante frequente hoje em dia é o Ransomware, um vírus que se dissemina por meio de emails com um anexo que simula uma imagem. Ao abrir a suposta imagem, um código invade as proteções do computador e faz download de um segundo programa, conhecido como FileCoder, que cria uma senha e criptografa os arquivos da vítima – a partir daí, o usuário perde acesso a tudo: fotos, arquivos de texto, vídeos e outros, sendo obrigado a pagar, geralmente em moeda digital como Bitcoin, um resgate para ter seus dados de volta.

Mas e como identificar estes golpes?

Há alguns pontos que você pode observar para ter certeza se estes emails são fraudes, como:
• O email é de uma instituição (email transacional), mas o remetente é uma pessoa;
• Em nenhum lugar o email é personalizado a você (contém seu nome, por exemplo);
• A empresa não existe – faça uma busca online e veja se é real ou até se outras pessoas já reportaram como spam;
• Os links na mensagem são “estranhos” e diferentes do remetente e empresa;
• A oferta é para ganhar muito em troca de pouco;
• Erros de português e ortografia.



Proteja-se de golpes assim tendo cuidado com a sua caixa de entrada.

Delete os emails não solicitados (SPAM) antes de abrí-los; cuide os links, remetente e conteúdo do email. Não acredite em prêmios e grandes quantias de dinheiro como presentes, e nem faça doações a organizações que você não conhece e não são de confiança. Acima de tudo, não divulgue nenhuma de suas informações pessoais – seja por email, SMS ou telefone.

Por Giulia Vargas e Francis Fussiger – Analistas de Marketing Digital


Gostou deste artigo?

Faça o download


Fontes:
https://www.moneycrashers.com/common-email-internet-scams/
https://techyuga.com/how-to-avoid-email-scams/



Conteúdo relacionado

Deixe um comentário