Blog

Cashback: você sabe como funciona o “dinheiro de volta”?

cashback

A popularização do cashback mostra que esse tipo de serviço veio para ficar. Fazer uma compra e receber uma porcentagem do valor de volta vem ganhando força no Brasil. Cada vez mais os sites, aplicativos, bancos e outras instituições estão oferecendo essa possibilidade.

A intenção do cashback é atrair clientes ao oferecer uma vantagem — que, no caso, é o retorno de parte do valor gasto em uma compra. Ou seja, é como um crédito que o consumidor recebe ao adquirir algo, sobretudo nas compras via internet. Dessa forma, o cliente pode utilizar o dinheiro de volta em outras compras, por exemplo.

Dúvidas sobre esse benefício? Neste post entenderá o que é cashback, como funciona e de que forma você pode usufruir desse recurso.


cashbackO que é cashback?

Por mais que esteja ganhando mais espaço nos últimos anos, o cashback não é uma invenção tão recente. A primeira empresa que utilizou esse sistema foi a Ebates, fundada por ex-procuradores distritais em 1998 e que depois foi adquirida pela Rakuten.

Já aqui no Brasil, a empresa pioneira foi a Méliuz. Desde 2011 o modelo de dinheiro de volta é utilizado e ficou ainda mais popular por volta de 2019. De lá para cá, muitas outras empresas implementaram o recurso, entre eles lojas, aplicativos e até bancos.

Cashback nada mais é do que receber “dinheiro de volta”. Dessa forma, quando o cliente faz uma compra na loja, parte do valor é devolvido ao consumidor — que pode ser resgatado, transferido ou usado para realizar novas compras. Os valores variam dependendo da porcentagem de cashback oferecida em cada plataforma ou estabelecimento.


cashbackQuais são os tipos de cashback que existem?

Observar os tipos de cashback disponíveis em cada plataforma é importante para entender as regras de cada um. Algumas empresas permitem que você saque o valor recebido de volta, enquanto outras só deixam que você deixe na “carteira digital” e utilize o dinheiro para realizar novas compras.

Também é possível usar o dinheiro para abater o valor de compras, pagamento de boletos e outros tipos de serviços. Há até mesmo o “cashback” social, em que é feita uma doação social para órgãos ou instituições. Assim, o valor vai para abrigos, casas de apoio, ONGs e outros locais.

Essas especificações dependem de cada empresa, por isso fique de olho antes de se cadastrar em qualquer programa de cashback.


cashbackComo funciona para receber o “dinheiro de volta”?

O cashback tem tudo a ver com a transformação digital. A internet mudou a forma como as pessoas se relacionam e também como elas compram. Um exemplo mais evidente foi o começo da pandemia, em 2020. Nesse período, o país registrou um aumento de 30% nas compras online.

Esse crescimento de compras online também impulsionou para que as empresas atraíssem mais pessoas ao oferecer cashback. De forma muito simples, o consumidor faz seu cadastro em algum site ou plataforma que tem esse benefício. O programa conta com empresas parceiras, na qual você pode comprar os itens desejados e receber parte do valor gasto de volta.

Depois disso, basta ativar a opção de dinheiro de volta (que geralmente está disponível em aplicativos, extensões ou nos sites). A partir de então, a loja avisa a plataforma intermediária da compra, que depois da análise disponibiliza o crédito — o tão esperado cashback!

É importante ressaltar que as regras podem variar bastante de empresa para empresa. Por isso, sempre conheça os termos do programa. A porcentagem pode ser de 0,5% até 100% do valor gasto na compra.

Por exemplo, um produto que custa R$ 500 e a loja dá 20% de cashback na compra, você recebe de volta R$ 125. Portanto, teoricamente o preço do item fica em R$ 375. No final das contas, o cashback é como um desconto que recebemos nas compras.


cashbackQuais as vantagens de oferecer cashback?

Não é à toa que as empresas estão investindo nesse sistema, pois os benefícios desse recurso valem a pena. Seja em lojas, comércios ou outros estabelecimentos, o cashback é uma alternativa para criar um vínculo com os clientes e melhorar o relacionamento.

Maior visibilidade

Oferecer dinheiro de volta é uma ação que automaticamente consegue atrair o interesse dos consumidores — até mais do que dar descontos!

Devolver dinheiro dá a impressão de estar ganhando, então os clientes ficam mais propensos a fazer compras. Nesse sentido, uma boa estratégia de branding é fundamental para que a marca ganhe visibilidade. Além disso, cashback e promoções são a união perfeita para melhorar ainda mais a divulgação.

Incentiva novas compras

A partir do momento que o cliente faz a primeira compra e recebe parte do valor de volta, será mais fácil para que ele volte a comprar na loja.

Desse modo, o cashback é um incentivo para que os consumidores possam comprar novamente, sobretudo se o valor tem uma data para expirar. Assim, os clientes voltam a comprar e continuam ganhando cashback a cada aquisição.

Fideliza clientes

Quando os clientes voltam a comprar recorrentemente no seu empreendimento podemos dizer que esses consumidores foram fidelizados.

A fidelização é uma etapa importante e que contribui para o aumento do ticket médio. Aliás, o cashback é benefício que tem grande impacto, uma vez que a taxa de recompra também tende a aumentar. Por isso, é mais fácil fidelizar antigos e novos clientes, pois os consumidores percebem o cashback como um “prêmio instantâneo”.

Cerca de 31% gostam de receber cashback e admitem que esse é o tipo de oferta que eles mais gostam. Portanto, essa é uma estratégia eficiente e que a tendência é de continuar crescendo — afinal já existem até cartões de crédito que são voltados para esse tipo de vantagem.

Se você ainda fica com dúvida se a adoção de uma estratégia de cashback será uma boa ideia, o melhor a se fazer é entender o seu público. A partir de pesquisas e estudos, é possível analisar as preferências de seus clientes para oferecer vantagens que se encaixem nos perfis deles.

O cashback é uma grande oportunidade e que tem benefícios para clientes e empresas. O aumento na adoção desse recurso mostra o potencial que o dinheiro de volta tem. Assim, ocorre o aumento nas vendas, fidelização, maior entendimento sobre o comportamento de compra dos consumidores e muitas outras vantagens.

Curtiu entender como funciona esse recurso? Aproveite e entenda como funciona a automação de marketing para e-commerce e quais são os principais recursos dessa ferramenta!

O que acha de expandir a sua estratégia de marketing com o Dinamize Automation?

Conheça agora!

Mayara Mira

Jornalista, especialista em Marketing Digital e apaixonada por escrita e produção de conteúdo. Acredita que a vida é bem melhor com trilha sonora e tem playlists para todos os momentos da vida.

Veja mais conteúdos do autor

Leia também

Mas e aí, este post ajudou você? Então, leia também: