Marketing preditivo – como prever o comportamento do consumidor com analytics?

Por Capa, CRM e Vendas, Dicas, Geração de Leads, Marketing Digital, Tecnologia

Marketing preditivo

Marketing preditivoA possibilidade de prever o futuro já foi considerada em filmes de fantasia e ficção científica. Hoje em dia, no entanto, poucas pessoas sabem que isso não está mais tão distante da realidade. Com o avanço da inteligência artificial e do Big Data, as tomadas de decisões baseadas em dados nas empresas estão cada vez mais assertivas. O data analytics pode até mesmo prever os comportamentos do consumidor.

Segundo pesquisas, o marketing preditivo está crescendo em torno de 23% a cada ano. Isso significa que ainda existem poucas empresas que fazem uso desse recurso tão vantajoso; no entanto, é só uma questão de tempo até que todas as corporações comecem a encaixar essa tática em suas estratégias. Então, por que não se adiantar enquanto você pode?

Se você quer aproveitar a ainda pequena popularidade do marketing preditivo para aplicá-lo na sua empresa e ultrapassar seus concorrentes, então, acompanhe os próximos tópicos:

  • O que é marketing preditivo;
  • 5 maneiras de aplicar o marketing preditivo na sua estratégia digital;
  • 3 tipos de ferramentas que podem ajudar no marketing preditivo.

Vamos lá?


Marketing preditivoO que é marketing preditivo?

O marketing preditivo é uma técnica que utiliza dados através de AI e machine learning, combinando diversos insights gerados por algoritmos, mineração de dados e modelagem preditiva. O objetivo de tudo isso é avaliar a probabilidade de um evento acontecer no futuro, prevendo, então, o comportamento do consumidor e as próximas tendências. Dessa maneira, as empresas podem tomar decisões que as beneficiem, elaborando estratégias mais eficientes.

Um exemplo interessante é o caso da Netflix. A empresa criou uma série totalmente baseada em dados históricos sobre seus shows de maior sucesso. Com essas informações, eles desenvolveram uma “fórmula” e, surgiu, então, House of Cards, uma de suas séries mais premiadas e aclamadas.

Estar à frente das tendências de consumo e dos desejos dos consumidores traz portanto vantagens competitivas enormes. Com o marketing preditivo, você pode adaptar seus produtos e serviços de acordo com os novos panoramas e, com isso, dispor suas campanhas no momento certo e para as pessoas certas.


5 maneiras de aplicar o marketing preditivo na sua estratégia digital

Marketing preditivo

Agora que você já sabe o que é marketing preditivo, é hora de entender melhor os tipos de estratégias que existem. Por isso, vamos passar por cada uma delas abaixo.

1. Lead scoring

Lead scoring é o processo de utilizar dados de um lead para rankeá-lo de acordo com sua probabilidade de conversão. Portanto, quanto mais perto da conversão o lead está, maior sua pontuação no lead scoring.

Além disso, essa técnica ajuda as marcas a elaborarem estratégias de disparo de mensagens e conteúdos que incentivem o lead a converter, personalizando totalmente a sua experiência de compra. Com mensagens enviadas no momento certo e com o conteúdo adequado, as chances desses leads se tornarem clientes aumentam.

2. Personalização do conteúdo

O marketing preditivo também envolve a segmentação do seu público baseada em seu comportamento, características demográficas, interesses e outras variáveis. Isso é muito utilizado em campanhas de email marketing com modelos de fluxos de automação.

Através dessa prática, é possível identificar padrões de comportamento. Assim, sua empresa consegue enviar uma mensagem muito mais personalizada e adequada ao momento do lead.

3. Recomendações de conteúdo e anúncios

Ainda que muitas empresas, como por exemplo a Netflix, utilizem filtragem colaborativa para recomendar filmes e séries dentro de suas plataformas, a maior parte das corporações não sabe muito bem como usar essa tática em suas estratégias de marketing.

A filtragem colaborativa faz uso de dados de navegação do passado do usuário (behavioral targeting) para criar recomendações de conteúdo. Com essas informações, você consegue anunciar para as pessoas que estão mais propensas a comprar da sua marca e enviar conteúdos relevantes para elas.

4. Aquisição de clientes

No marketing preditivo, você também pode identificar e mirar seus conteúdos em públicos com características similares à sua audiência. Isso é feito através de um modelo de identificação. Dessa forma, você consegue conquistar mais clientes novos.

Essa tática é muito usada no próprio Facebook Ads, pois, ao criar um anúncio, você pode baixar uma lista de leads da sua base de contatos e selecionar a opção “público lookalike”. Em seguida, o algoritmo do Facebook vai veicular seus anúncios para pessoas parecidas com os seus contatos.


Marketing preditivo3 tipos de ferramentas que podem ajudar no marketing preditivo

Como você pode ver, o marketing preditivo não é uma bola de cristal infalível, mas sim um emaranhado de algoritmos e estatísticas que calculam a probabilidade de um evento acontecer. Com uso de análise preditiva, as suas campanhas terão muito mais eficiência.

Mas como começar? Agora, vamos apresentar algumas ferramentas que podem te ajudar a entrar no mundo do marketing preditivo.

Software de Analytics

Os softwares de analytics são alguns dos programas mais comumente usados pelos profissionais de marketing. Com a ajuda deles, é possível analisar as métricas e o desempenho da sua empresa. A partir dessas informações, sua equipe de marketing poderá tomar decisões mais acertadas.

Um exemplo muito bom é o Google Analytics. Essa plataforma disponibiliza diversas métricas relacionadas a websites, como número de visitantes, tempo médio no site, bounce rate, taxa de conversão, dados demográficos do seu público e principais fontes de tráfego.

Machine Learning e Inteligência Artificial

A inteligência artificial e machine learning estão se desenvolvendo cada vez mais. Elas são essenciais em estratégias omnichannel. Através de dados preditivos, essas tecnologias conseguem agir em cima de insights em tempo real, automatizando os processos de criação e personalização de conteúdo.

As ferramentas de automação de marketing são um exemplo desse tipo de tecnologia. Elas são capazes de criar modelos de fluxos de automação, desenvolver chatbots, automatizar a publicação de posts em redes sociais, analisar o comportamento de navegação dos usuários e muito mais.

Unified Marketing Measurement

Unified Marketing Measurement é uma técnica de mensuração que une o modelo de mix de marketing com multi touch attribution. Em resumo, o objetivo dessa tática é proporcionar uma visão holística para os profissionais de marketing com dados consistentes.

Basicamente, é a integração de dados online e offline para medir objetivos de curto e longo prazo. A união dos dados de todos os canais de marketing oferece, portanto, informações que podem prever o comportamento dos consumidores.

Mas e aí, curtiu a dica? Então, leia também:
O que é SERP e por que ela é importante no marketing digital?


Referências:

Predictive analytics in marketing: everything you need to know in 2020

How to use predictive analytics in data driven marketing

O que acha de expandir a sua estratégia de marketing com o Dinamize Automation?

Conheça agora!