Mapa de Empatia – O que é e como fazer

Por Automação de Marketing, Capa, CRM e Vendas, Dicas, Email Marketing, Geração de Leads, Inbound Marketing, Marketing de Conteúdo, Marketing Digital

Mapa de empatia: entenda como funciona e como montar o mapa de suas buyer personas otimizando sua estratégia de marketing digital

Se colocar no lugar do outro nem sempre é moleza. Afinal, para isso, é preciso enxergar as coisas de uma perspectiva diferente da sua, olhar a vida com outros olhos e imaginar que você é uma pessoa completamente diferente, com outra vida e um background.

Certamente você já deve ter ouvido falar que isso se chama empatia. Você sabia que colocar a empatia em prática pode ajudar a planejar ações de marketing digital mais efetivas?

Portanto, entender o que o consumidor pensa, sente e deseja é um dos grandes desafios das empresas atualmente. Fazer um mapa de empatia é uma ótima maneira de organizar e detalhar todos os insights.

Nesse artigo, falaremos sobre como fazer um mapa de empatia para potencializar suas ações de marketing. Acompanhe para saber um pouco mais sobre:

  • O que é o mapa de empatia;
  • De que maneira ele pode contribuir com suas ações de marketing;
  • Como fazer um mapa de empatia: passo a passo.

Vamos lá!


O que é o mapa de empatia?

O que é o mapa de empatia?
O mapa de empatia é uma ferramenta que permite que as marcas enxerguem os consumidores mais a fundo, compreendendo o que eles sentem, quais suas necessidades, desejos e problemas mais íntimos. Através de um esquema gráfico composto por quadrantes, os insights que respondem a esses questionamentos são escritos e detalhados ali.

Ele pode ser esquematizado em papel, quadros, lousas, flip charts ou no computador. A divisão em quadrantes simplifica sua visualização, tornando-o um recurso de design thinking perfeito.

A persona também se relaciona diretamente com o mapa de empatia. Se você nunca ouviu falar nesse conceito, buyer persona é um perfil fictício que representa o cliente ideal de uma empresa, criado a partir de dados e estudos sobre esse consumidor. Esse modelo ajuda a aprofundar e otimizar a persona, e dessa forma, estratégias de marketing digital cada vez melhores podem ser criadas com o poder desses dois métodos.


De que maneira o mapa de empatia pode contribuir com suas ações de marketing?

Conhecer um público a fundo e se aproximar dele o máximo possível é um dos melhores jeitos de elaborar uma estratégia de marketing que gere resultados. Se você entende o seu cliente, consequentemente resolverá os seus problemas com mais precisão e poderá atraí-lo com campanhas mais eficientes. Então, vamos ver a seguir como o mapa de empatia pode contribuir na área de marketing das empresas.

Criar um mapa de empatia requer investimento baixo

Se seu setor de marketing não pode investir em pesquisas e estudos feitos com ferramentas caras, optar pelo mapa da empatia é uma alternativa que vale a pena. Não há custo nenhum para desenvolvê-lo, basta ter um computador ou papel e caneta.

Melhora o relacionamento da marca com os clientes

Através dessa estrutura, você entende completamente o seu cliente, o que facilita o seu relacionamento com ele. Quando você enxerga através da perspectiva de outra pessoa, se comunicar com ela de repente não é mais aquele desafio intransponível de antes.

Veja como usar os fluxos de automação com email marketing para criar relacionamento com seus leads e clientes

Gera insights valiosos

Depois de fazer o mapa, é possível prever insights que serão de grande utilidade para que o setor de marketing planeje as ações corretas para seu público. A partir dos detalhes descritos e examinados na análise de perfil, grandes oportunidades de otimização das campanhas podem surgir.

Por exemplo, se seu cliente adora seguir influenciadores, pode ser uma ótima sacada fazer uma parceria com um digital influencer.

Visualização e análise simplificadas

O mapa de empatia possui uma visualização simplificada e prática, contribuindo para uma análise organizada e intuitiva. Posto que esse é seu principal destaque: a possibilidade de detalhar inúmeras ideias sem torná-las maçantes e cansativas na hora da análise.

O mapa é distribuído em quadrantes e categorias, onde serão escritos os desejos e as demandas dos clientes. Com aplicativos e sistemas digitais cada vez mais complexos dispoíveis, esse tipo de modelo é uma opção simples e fácil, que pode ser utilizada por qualquer pessoa.


Como fazer um mapa de empatia: passo a passo

Agora que você já sabe tudo sobre essa ferramenta, está na hora de aprender a criá-la. Primeiramente, recomendamos que você crie uma persona para sua marca e estude o seu comportamento e suas características básicas. Depois disso, você precisará reunir dados o suficiente sobre ela e estará pronto para elaborar o mapa.

Vamos ver como fazer o mapa de empatia em seis passos!
Acompanhe o passo a passo para montar o mapa de empatia de seu potencial cliente.

1. O que a persona vê?

Em resumo, nessa etapa você deve detalhar a percepção do mundo visual da persona. Responda questões como:

  • Como é o mundo da persona?
  • Como é sua vida social?
  • O que ela enfrenta no dia a dia?

2. O que a persona ouve?

Entenda com quem a persona se relaciona dentro de seu círculo social e às quais informações ela tem acesso.

  • Com quem a persona se comunica?
  • Quem a influência?
  • Quais marcas ela mais ama?
  • E quem ela idolatra?

3. O que a persona pensa e sente?

Aqui, você pense no que a buyer persona sente e pensa em relação ao seu produto e serviço. Dessa forma, você saberá como a sua marca está sendo avaliada no mercado. Considere essas questões:

  • Quais são os sonhos e desejos da persona?
  • Quais os seus problemas?
  • Como ela se sente?

4. O que a persona fala e faz?

Pense em como a persona age diante da sua marca, ou seja, o que ela fala sobre o seu serviço/produto e como se comporta perante ele? Nessa etapa, foque em perguntas como:

  • Sobre o que a persona fala?
  • Como age?
  • Quais são suas atividades preferidas?

5. Quais são as dores da persona?

De fato, é importante considerar as dores e os problemas dos clientes para saber do que eles realmente precisam. Por isso, responda perguntas como:

  • Qual o medo da persona?
  • Quais são os seus principais obstáculos para alcançar seu objetivo?
  • Quais suas frustrações?

6. Quais as necessidades da persona?

Por fim, não se esqueça de incluir o que a persona deseja. Se você souber isso, conseguirá formular um serviço ou um produto que solucione, de fato, o problema da persona e sua necessidade.

  • Onde sua persona deseja chegar?
  • O que define sucesso em sua visão?
  • Como solucionar suas necessidades?

Preparado para potencializar suas ações de marketing através do mapa de empatia? Esperamos que sim!

Para ajudar você na criação, criamos um modelo editável, com exemplo e também um guia para que possa criar a partir de cada buyer persona e imprimir seu mapa de empatia.

Baixe agora o modelo de mapa de empatia

Recomendamos que, antes de iniciar a criação da buyer persona e também do mapa de empatia, você crie um Modelo Canvas de seu plano de negócio.

Veja aqui como criar um plano de negócio em modelo Canvas