O que é email marketing personalizado e como criar

Por Automação de Marketing, Capa, Dicas, Dicas do Dinamize Automation, Dicas do Dinamize Mail, Email Marketing, Inbound Marketing, Marketing de Conteúdo, Marketing Digital

Email markerting personalizado

Email markerting personalizadoA comunicação por email é essencial não apenas para vender mais, mas também para manter o público engajado com a sua marca. Por isso, é preciso pensar em uma estratégia de email marketing com conteúdo personalizado, que atenda a necessidade de cada pessoa que está em contato com você.

Assim como as redes sociais, o email marketing conta com a presença de diversas marcas competindo por espaço e mais vendas. Uma das coisas que você precisa fazer para se destacar é criar uma comunicação personalizada com os consumidores.

Por isso, vamos explicar:

  • O que é um email personalizado;
  • Quais benefícios a personalização oferece;
  • 10 dicas para criar email marketing personalizado.

Leia até o final para saber como criar email personalizado da melhor forma!


Email markerting personalizado O que é um email personalizado

Todos os emails enviados com base em dados dos contatos podem ser considerados personalizados. Você já deve ter recebido algum email com o seu nome no assunto, ou então com aquele produto que viu em um site mas acabou não comprando, certo? Estes são exemplos de emails personalizados.

Para criar um bom email personalizado, é preciso contar com informações relevantes sobre o público que acompanha a sua marca. Ou seja: se você oferece diversos produtos, entender quais deles interessam a cada consumidor já é uma forma de personalizar sua mensagem.

Esses dados sobre o que interessa ao consumidor podem ser obtidos no momento do primeiro contato dele com a sua marca (ao preencher um formulário no site, por exemplo) ou posteriormente, com a ajuda de uma plataforma de automação de marketing.


Email markerting personalizado (1)Quais benefícios a personalização oferece

A partir do momento que você compartilha conteúdo relevante para o público, as chances de melhorar suas taxas de engajamento aumentam.

Criando conteúdo com base nos interesses dos leads e clientes, os descadastros da sua lista de email e até mesmo denúncias de spam também diminuem, afinal, isso só ocorre quando uma pessoa recebe algum email que não é mais do interesse dela ou que não havia solicitado.

Outro ponto a se destacar é que conteúdo personalizado gera mais vendas. Segundo texto publicado na Forbes, até 80% dos consumidores se dizem mais dispostos a adquirir produtos de marcas que garantem uma experiência personalizada.

Receba o conteúdo no email

Quer aprender mais sobre começar no email marketing?
Criamos um guia completo sobre Email Marketing para você saber tudo sobre esse recurso


Email markerting personalizado (1)10 dicas para criar email marketing personalizado

Agora que você sabe dos benefícios que a prática de personalizar email pode oferecer, veja algumas maneiras de fazer isso e aumentar suas taxas de abertura.

1. Conheça os interesses de cada contato

No momento em que um usuário acessa seu site ou outro tipo de landing page para deixar dados como telefone ou email, você pode solicitar informações sobre quais tipos de conteúdos interessam a ele. Isso pode ser útil caso você envie novidades relacionadas sobre a sua marca, mas também mande conteúdos menos comerciais sobre o segmento em que atua.

Ao segmentar a base de leads, você cria ações ainda mais específicas para cada nível de engajamento do público, entendendo a etapa do funil de vendas que os consumidores se encontram e ficando ainda mais perto da comunicação perfeita.

Veja como utilizar campos personalizados na plataforma da Dinamize:

2. Envie os produtos certos

Você também pode analisar a interação do público no seu site para criar os melhores emails personalizados.

As plataformas de automação de marketing contam com um recurso chamado Lead Tracking, que facilita essa análise. Com ele, você consegue saber quais páginas do seu site foram acessadas pelo público e, depois disso, criar ações ainda mais segmentadas com base nessas informações.

Ou seja, basta indicar quais páginas devem ser analisadas e, quando um lead acessá-las, elaborar algum tipo de ação personalizada. Por exemplo: se você vende produtos esportivos, pode criar automações para enviar emails específicos sobre cada produto, considerando sempre a página que cada lead navegou.

3. Abandono de carrinho

Você sabia que a taxa de abandono de carrinho nas compras online é de quase 70%? Este número, divulgado pelo Baymard Institute, significa que 70% das pessoas que entram no seu site e adicionam um produto no carrinho não vão comprar? Na verdade, depende de você.

É aí que entra o email de abandono de carrinho.

Desde que seu site esteja integrado com uma plataforma de email marketing, você pode criar um fluxo de automação para analisar quais produtos foram deixados no carrinho e, depois de um determinado tempo, enviar uma mensagem lembrando o consumidor que a compra não foi finalizada.

Em algumas plataformas, como por exemplo aqui na Dinamize, são disponibilizados modelos para o envio dessa mensagem de carrinho abandonado. Basta aplicar algumas configurações no seu site para que o email seja personalizado conforme o produto que está no carrinho de cada consumidor:

Modelo de email de carrinho abandonado

Como configurar o abandono de carrinho do seu site na plataforma da Dinamize

Você sabia que incluir a imagem do produto que a pessoa havia esquecido na loja virutal, com descrições e maiores detalhes do produto, pode ser decisivo para o cliente retomar a compra? Sugerir produtos similares também é uma boa abordagem.

Portanto, lembre-se sempre de enviar o email de carrinho abandonado com os produtos que estavam nele. Outra dica aqui é usar um botão (ou CTA) que dê a ideia de que o usuário irá voltar para o passo desejado, por exemplo, “volte ao carrinho

email marketing personalizado

 

Você sabia que incluir a imagem do produto que havia sido esquecido, com descrições e maiores detalhes, pode ser decisivo para o cliente retomar a compra? Sugerir produtos similares também é uma boa abordagem.

4. Analise o comportamento em envios anteriores

Se um usuário visualiza um determinado envio de email ou então clica em um link referente a um produto específico, você pode usar essa informação para enviar a ele conteúdo relacionado ao produto em questão.

Quando você identifica se um usuário interage com seus envios de email e, principalmente, quais tipos de produto são relevantes para ele, personalizar se torna algo mais simples. Além disso, é possível criar fluxos de automação para manter as informações sobre o público atualizadas.

Por exemplo: um contato entrou na sua base sem indicar quais tipos de produto interessam a ele; para entender se ele possui alguma preferência, você faz um envio de email com diversos tipos de produtos; o contato clica em um link referente ao produto X e, com isso, você pode incluir entre os dados cadastrais dele que aquele tipo de produto interessa.

Além de identificar os contatos mais engajados, esse tipo de verificação pode ajudar você a saber quem são as pessoas que precisam de uma comunicação especial para voltarem a interagir. Saiba como funciona:

Outra forma de personalização de email marketing com base no comportamento anterior é a partir das recomendações no fim do email com produtos que também possam interessar o cliente. Aumentando as chances de uma conversão.

exemplo email personalizado com recomendações

5. Crie linhas de assunto personalizadas

O assunto do email é o primeiro conteúdo que o público vai visualizar e, por isso, escolher as melhores chamadas é essencial. 69% dos usuários podem classificar um email como spam tendo como base apenas o assunto da mensagem.

Ao criar assuntos chamativos, sem apelar para palavras que podem ser bloqueadas pelos provedores de email (“promoção”, “compre”, “clique aqui”, “oferta” e outras), você aumenta a reputação da sua marca e qualifica a entrega dos emails.

8 dicas para criar o assunto do email

Use as informações que possui sobre as preferências do público para criar um assunto que faça sentido para cada contato e que o motive a visualizar o conteúdo completo. Além das informações sobre produtos de interesse, você pode usar campos personalizados no assunto do email, como o nome do contato, empresa ou cargo em que ele atua.

6. Entenda o momento certo para enviar

Além do conteúdo ser relevante para o público, é importante pensar em qual o momento certo para encaminhar cada tipo de mensagem. Se uma pessoa ainda não está disposta a comprar seus produtos, enviar emails com maior foco na venda pode prejudicar o engajamento.

O Lead Scoring é uma forma prática de organizar seu público de acordo com o engajamento. Você define uma quantidade de pontos que deve ser atribuída para cada interação do público com a sua marca.

Esse recurso de Lead Scoring pode ser automatizado, o que facilita a criação de ações com base nos pontos do público. Para entender quem está mais disposto a comprar um produto, você pode estabelecer que, depois que um contato atingir determinada pontuação, ele entra em um fluxo de automação de emails especial, com ofertas especiais de produtos, desconto na primeira compra e o que mais puder oferecer.

Saiba tudo sobre o Lead Scoring:

Receba o conteúdo no email

Quer aprender mais sobre a jornada de compra?

Baixe o KIT da Jornada de Compra

7. Emails de pós-venda

Quem já é cliente não pode ficar de fora nas suas ações de email marketing personalizado. Afinal, o email é um canal que pode ajudar a manter os clientes engajados com a sua marca, gerando indicações e até mesmo motivando essas pessoas a comprar novamente.

Assim como nos exemplos anteriores, você precisa das informações sobre quais produtos já foram adquiridos pelos clientes para personalizar os emails.

Você pode encaminhar, por exemplo, envios de pós-venda para ouvir os consumidores sobre a experiência de compra com a sua marca. Obter esse tipo de avaliação, além de mostrar que você se importa em ouvir os clientes, vai ajudar sua marca a estabelecer melhorias no processo de venda de produtos.

Oferecer produtos complementares ou novas versões do item adquirido anteriormente também pode qualificar a experiência dos clientes com a sua marca.

8. Usar dados de geolocalização para personalizar o email promocional

A geolocalização é um recurso muito interessante de se utilizar em suas campanhas de email marketing, pois muitas ferramentas, como a plataforma de email da Dinamize, permitem que você use expressões locais ou informações que identificam a região do contato; e isso é uma ótima forma de iniciar um relacionamento personalizado. Falar a linguagem do seu contato ou prospect cria uma grande aproximação e pode ser decisivo para a conversão.

Exemplo de assunto de email regionalizado:

  • Tchê, o inverno está chegando, olha que tri essas promoções!
  • Ofertas exclusivas para você que mora na cidade de São Paulo.

Este tipo de abordagem personalizada nos emails, segundo estudos da Litmus, permite taxas de abertura até 68% maiores, quando comparadas com campanhas que não levam este fator em conta.

9. Email Marketing personalizado baseado no clima

Este uso da geolocalização, é um recurso sofisticado muito útil para o e-commerce. Levar em conta o clima do local, se está fazendo frio, calor ou chovendo, permite tematizar e contextualizar toda a comunicação.

Imagine as seguintes situações:

Fazer uma reserva em um hotel e receber um email alguns dias antes da sua viagem, com dados sobre a previsão do tempo daquele local?

Receber ofertas de roupas ou outros itens com promoção para um clima frio e chuvoso?

Exemplo de email personalizado com o clima:

A Brooks, uma empresa de calçados esportivos dos Estados Unidos, fez o uso de um software de automação, que envia conteúdo diferente com base em condições meteorológicas do lugar onde o email é aberto!

Ações como essa geraram um aumento na taxa de CTR de até 21%!

Veja só que interessante:

email personalizado com clima

Á ESQUERDA A VERSÃO DA NEWSLETTER PARA O DIA ENSOLARADO, E À DIREITA PARA UM DIA CHUVOSO

 

10. Personalização de email gerando sensação de urgência

A urgência é um desejo que influência fortemente a decisão compra. Isto é o desejo de não perder, a necessidade “que é para ontem”. Exibir o produto que o cliente já demonstrou interesse, seja através da navegação no site ou a partir de um clique em envios de e-mail anteriores, reforça a ideia de escassez, de estoque limitado, de prazo limite para a compra.

Este é um recurso de venda muito poderoso, que pode ser usado para eventos, produtos, mas que deve ser usado com cautela, para evitar banalizações e buzz negativo.

Um exemplo de utilização de personalização de seu email com senso de urgência é a utilização de contador regressivos. Veja o exemplo abaixo:

email personalizado com contador regressivo

O contador no email marketing transmite ao contato esse senso de urgência. Ideal para ser utilizado para lançamento de uma campanha, cursos com limite de inscrições, tempo para início de um evento etc. 

O que acha de expandir a sua estratégia de marketing com o Dinamize Automation?

Conheça agora!