Landing Page: o que é e como criar uma página que converte

Caroline GomesAutomação de Marketing, Capa, Dinamize Automation, Email Marketing, Marketing Digital

Landing page: o que é e tudo o que você precisa saber para criar a sua

Diferente do que a maioria das pessoas pensa, a homepage não é a única porta de entrada para um site. Criando uma landing page, sobretudo você disponibiliza uma nova alternativa para mais pessoas entrarem em contato com sua marca. Além disso, você ganha um canal para divulgar seu conteúdo, captar novos leads e, consequentemente, vender mais.

Chegou a hora de saber mais sobre como criar uma landing page pode contribuir nesse processo.


O que é uma landing page?O que é uma landing page?

Landing Page é qualquer página à qual o visitante é direcionado após uma busca que ele realizou ou até de uma ação de marketing digital pela qual ele foi alcançado.

A partir dessa página, é possível obter mais informações sobre os usuários. Isso pode ser feito a partir de um formulário.

De forma geral, os formulários são utilizados para dois objetivos:

  • Buscar pessoas interessadas em receber um determinado tipo de conteúdo e/ou participar de uma ação específica;
  • Localizar futuros clientes, que tenham interesse em produtos ou serviços prestados pela sua empresa, por exemplo;

Em ambos os casos, o papel do especialista de marketing é indispensável, isso porque ele será o responsável por planejar ações que impactem o público certo para a sua marca.

Landing page para atualização de dadosLanding page para atualização de dados

Utilizar landing pages para atualizar dados contatos ajuda você a acompanhar os interesses do público que acompanha sua marca.

Com as leis de proteção de dados (a lei brasileira entra em vigor em agosto de 2020), esse tipo de ação deixa de ser um diferencial e se torna uma obrigação. Ou seja, criar um espaço para que leads e clientes possam atualizar as suas informações é um facilitador e tanto.

Crie uma landing page específica para a atualização de cadastro e divulgar ela entre seus leads e clientes. Assim, eles podem atualizar informações como produtos de interesse, tipos de comunicados que desejam receber (eventos, promoções etc) e outros dados.


Como criar uma landing page

O segredo para criar uma landing page de sucesso é trabalhar com uma estrutura que destaque as informações mais importantes.

Veja um exemplo que pode ajudar você a estruturar sua landing page, com os diferentes elementos que podem ser utilizados:

wireframe com exemplos dos itens para colocar em uma Landing PageQuais itens incluir na sua landing page:
  1. Logo do produto e nome da empresa;
  2. Barra simples, com subtítulo que ajude a compreender a finalidade do produto;
  3. Imagem de destaque;
  4. Call-to-action;
  5. Vídeo demonstrativo, animação ou gif;
  6. Formulário de cadastro;
  7. Depoimentos ou comentários de mídia social;

Título, subtítulo e conteúdo

O título da landing page e o texto descritivo do conteúdo devem ser complementares. O texto deve ser atrativo e objetivo, expondo as vantagens que o usuário terá ao deixar suas informações no formulário.

Lembre-se de revisar o texto produzido para as páginas. Você está apresentando o seu produto, os principais benefícios dele e qualquer dificuldade de compreensão por parte do consumidor pode impactar na decisão final.

Para que a landing page seja encontrada por mais pessoas, saiba quais termos elas costumam buscar e crie o texto de acordo com eles.

Uma forma de analisar palavras chave que estão em evidência nas pesquisas é utilizar o Google Trends.

Utilize o Google Trends para identificar qual palavra-chave tem maior relevância nas buscas

Exemplo de comparativo de palavra-chave no Google Trends

O Google Trends permite que você filtre informações sobre a popularidade de um assunto, entendendo assim quais termos podem ter maior sucesso.  Portanto, estude as tendências apresentadas para engajar o público.

Veja como definir as palavras-chave da sua estratégia de marketing digital
Google Keyword Planner: como começar a usar?

Imagem de destaque

Organize seu conteúdo de forma que ele seja atrativo visualmente. Utilize imagens e vídeos para destacar os benefícios que o usuário terá ao preencher o formulário.

Caso você não tenha muita familiaridade com edição de fotos ou softwares de vetorização de imagens, existem diversas ferramentas para criação de logos e banners simples de usar.

Se a sua oferta precisa de um maior detalhamento, considere a utilização de um vídeo explicativo. O video marketing é uma ótima maneira de apresentar ao público os pontos fortes do seu produto.

Veja 5 ferramentas grátis para edição de vídeos online

Formulário e call-to-actionFormulário e call-to-action

A partir do formulário, você vai obter as informações essenciais de seus leads. Esses dados servirão como base para futuros envios, com os novos contatos já fazendo parte da sua base.

Ao preencher o formulário, o usuário já fez sua parte. Agora, é o momento em que você retribuirá, entregando ao contato um “prêmio” por fornecer as informações solicitadas.

No final do formulário, insira um botão que leve o usuário para um novo destino. Esse novo endereço pode ser uma simples página de agradecimento ou então uma página para download de ebook. Tudo depende da finalidade da landing page.

Como gerar novos leads

Conteúdo responsivo

Um site é definido como responsivo quando ele se adapta aos mais variados dispositivos sem sofrer alterações, como fonte de tamanho reduzido, por exemplo.

Landing pages sem responsividade podem prejudicar o número de conversões. Isso porque os contatos até podem se interessar pelo conteúdo delas, mas pela dificuldade para compreender a mensagem da página podem sair da página.

Em pesquisa realizada pelas empresas We Are Social e Hootsuite, foram identificados mais de 2 bilhões de usuários ativos no mobile, e a tendência é que estes números sigam crescendo.

Relatório sobre responsividade nas landing pages

Relatório completo disponível em: https://www.slideshare.net/wearesocialsg/digital-in-2017-globaloverview

Caso sua landing page não seja responsiva, planeje o seu conteúdo pensando no mobile e realize testes na maior quantidade de dispositivos possível. Desta forma, você tem uma garantia de que não perderá a (grande) parcela de pessoas que podem acessar por celulares tablets e outros.

Tenha em mente que, quanto mais responsiva é a página, maior o engajamento do visitante.

Saiba usar os espaçosSaiba usar os espaços

O termo Above the fold (acima da dobra, em tradução literal) tem origem no jornalismo e representa a metade de cima das capas de jornal, que fica à mostra quando dobrada. Em sua adaptação para a web, representa a parte da página que visualizamos sem descer a tela (scroll). De acordo com estudo de Jakob Nielsen, esse espaço contempla 80% da atenção daqueles que visualizam determinada página na web.

Por isso, vale pensar em um conteúdo que conquiste os usuários já na primeira parte da visualização. Utilize a parte de cima da página para chamar a atenção para assuntos que estão na parte inferior, fazendo com que seja necessário visualizar o conteúdo por completo.

Utilizando provas sociaisUtilizando provas sociais

O público em geral se sente mais confortável em utilizar um produto sabendo que uma empresa ou organização confiável já o fez antes. Portanto, inclua em suas páginas depoimentos e comentários positivos de quem já é seu cliente.

As pessoas estão sempre em busca de opiniões diferentes para tomar uma decisão final. Por isso, ouça os seus clientes e divulgue os depoimentos deles. Isso pode ajudar a convencer os consumidores de que sua marca é a opção certa para eles.


Faça testes A/B para identificar landing pages que podem gerar + resultadoFaça testes A/B para identificar landing pages que podem gerar + resultado

Mas, e se você estiver na dúvida sobre um modelo específico de envio que tenha preparado? Será que modificar alguns elementos da página pode impactar diretamente na taxa de conversão?

Execução de testes A/B com a finalidade de conseguir saber quais landing pages têm maiores taxas de aproveitamento. A partir disso, fica mais simples definir quais tipos de páginas utilizar.

Testar mais de uma página, com múltiplos tipos de layout, é uma boa maneira de identificar o que funciona melhor para os seus objetivos. Através dos resultados obtidos, basta acompanhar quais páginas apresentam melhores números de conversão por parte do público.


Otimização de SEO para aumentar a visibilidadeOtimização de SEO para aumentar a visibilidade

Uma das formas de aumentar a taxa de conversão é a otimização de landing pages para destacá-las nas primeiras posições em mecanismos de busca.

Se destacar nas pesquisas garante que sua marca seja encontrada, de forma mais fácil, por pessoas que se interessam por algo relacionado ao que você oferece.

Em primeiro lugar, você deve saber quais são as palavras-chave que irá utilizar para produzir as suas páginas. Depois que a tarefa anterior for finalizada, você deve identificar os termos com mais chance de gerar conversões e, com isso, você já pode estruturar e produzir o conteúdo.

Veja o que mais considerar para se destacar em buscadores como o Google:

  • Título da página:
    Muitas pessoas acessam o conteúdo de uma página por encontrar na pesquisa um título chamativo, ao propósito de instigar a curiosidade. Por consequência, esse recurso demonstra ao usuário que o tema é de seu interesse e a sua página terá uma solução para o que ele procura.
  • Link da página:
    Uma URL muito extensa gera confusão no momento do usuário identificar onde ele se encontra. Experimente utilizar um endereço amigável e de fácil entendimento.
  • Meta description:
    Através desta tag de marcação, você incluir uma descrição sobre o conteúdo e a proposta de sua página. Esse texto contribui diretamente para aumentar a taxa de cliques, que é um dos parâmetros utilizados pelo Google para posicionar seu link nos primeiros resultados.
  • Texto alternativo nas imagens:
    Sempre que você inserir imagens no momento de criação de suas páginas, insira o texto alternativo (alt) em sua tag de inserção. O Google rastreia essas informações e as utiliza para classificar sua página nas pesquisas.

Iscas virtuais que podem ser utilizadasIscas virtuais que podem ser utilizadas

Para converter cada vez mais leads, ofereça conteúdos valiosos para o público.

Experimente diferentes formatos de conteúdo para atrair potenciais clientes. Veja abaixo algumas opções de formatos:


Seja objetivo ao criar o conteúdoSeja objetivo ao criar o conteúdo

Para criar landing pages com um alto número de conversões, evite exageros. Isto é, vale tanto para as informações que deseja obter através de formulários, quanto no uso de imagens.

No formulário, solicite apenas os dados necessários para começar a se comunicar com o público. Por exemplo, se você precisa de email e telefone dos leads, priorize solicitar esse tipo de informação no primeiro momento, todavia o mesmo vale para tipo de conteúdo que desejam receber, produtos de interesse etc.


Como divulgar suas landing pagesComo divulgar suas landing pages

Existem diversas formas de fazer esse divulgação, mas isso não quer dizer que você precisa sair compartilhando em todos os canais em busca de engajamento.

A forma mais simples de começar a divulgação é saber quais canais contam com maior participação do seu público, ou seja, conheça as buyer personas da sua marca. Esse conhecimento deve ser o ponto de partida para que sua estratégia de marketing digital tenha o sucesso desejado.

Sabendo qual o comportamento delas e em quais canais elas costumam se engajar mais, você consegue divulgar sua landing page de forma a ter mais conversões.


O que fazer DEPOIS da conversão

Depois que o usuário se cadastra na landing page, é hora de entregar a ele o que foi prometido. Como você viu ao longo do texto, essas páginas podem ser criadas para diversas finalidades.

Independente do tipo de ação que você está divulgando, lembre-se de manter sua comunicação com quem se cadastrou na landing page. Portanto, a forma mais prática de se fazer isso é com a ajuda de uma plataforma de automação de marketing.

Com ela, você cria ações com base no comportamento dos leads, além de identificar quem está mais próximo de se tornar cliente. Você pode usar esse tipo de ferramenta para criar fluxos de automação de email, SMS e muito mais!

A partir desses recursos, você realiza as ações de boas-vindas, produz conteúdo para manter o público engajado e ainda consegue aumentar suas vendas!

O que acha de expandir a sua estratégia de marketing com o Dinamize Automation?

Conheça agora!