Pesquisa de mercado: como fazer em 5 passos

Por Capa, Dicas, Marketing de Conteúdo, Marketing Digital

Pesquisa de mercado
Pesquisa de mercadoHoje, os consumidores detém o poder. Eles têm mais acesso à informação, e com isso, estão mais exigentes. Além disso, as marcas começaram a ter dificuldade de se destacar em meio a tantos concorrentes que surgem da água pro vinho. Muitas acabam fechando as portas pra sempre, se perguntando no que elas erraram.Será que elas adaptaram suas estratégias de marketing de acordo com a nova mentalidade do consumidor? Será que elas conheciam suas personas a fundo e sabiam exatamente o que elas desejavam? Provavelmente não e é por isso que fazer uma pesquisa de mercado é tão importante.

Se você quer conseguir um lugar privilegiado na mente do consumidor, então precisa entender como a mente dele funciona. Por esse motivo, nesse artigo, nós vamos explicar como você pode fazer uma pesquisa de mercado eficiente para decodificar a sua audiência. Continue lendo:

  • O que é uma pesquisa de mercado?
  • Por que fazer uma pesquisa de mercado é importante?
  • 5 passos para fazer a sua pesquisa de mercado.

Vamos lá?


Pesquisa de mercadoO que é uma pesquisa de mercado?

Uma pesquisa de mercado é um estudo sobre um assunto feito a partir de coleta e interpretação de dados. Essa técnica permite que os empreendedores conheçam as intenções e comportamentos de compra de seus públicos em um determinado nicho.

Fazer uma pesquisa de mercado é essencial quando uma empresa quer desenvolver um novo produto ou mudar a sua estratégia. Dessa forma, é possível saber quais são as preferências do consumidor, as cores que o atraem, quanto ele está disposto a pagar, quais lugares ele frequenta, entre outras questões.

Com essas informações valiosas, as chances de sucesso da sua empresa aumentam. Dito isso, existem dois tipos principais de pesquisa:

  • Pesquisa primária: nesse tipo de estudo, você mesmo realiza a pesquisa através da coleta e análise de dados;
  • Pesquisa secundária: nesse estudo, você terceiriza o trabalho para empresas especializadas em pesquisa. Os dados, então, ficam disponíveis para qualquer um acessar.

Pesquisa de mercadoPor que fazer uma pesquisa de mercado é importante?

Se você acha que pesquisas de mercado só servem para grandes empresas, está muito enganado. Seja você um profissional liberal, uma startup ou uma multinacional, fazer um estudo vai te ajudar a entender melhor as motivações do seu público.

Essas informações servirão como base para você saber em quais recursos vale a pena investir, quais estratégias funcionam mais, quais aspectos do seu negócio devem ser melhorados e alterados, e a viabilidade do projeto.

Veja algumas das vantagens de se fazer uma pesquisa de mercado:

  • Ter informações que ajudam a solucionar problemas;
  • Contar com dados verídicos sobre as necessidades da persona e não apenas com suposições;
  • Saber como os hábitos de compra do cliente mudam, para se adaptar a eles;
  • Contar com uma documentação que auxilia na tomada de decisões para o crescimento do negócio;
  • Conhecer o tamanho do mercado para vender ou lançar um produto.

Pesquisa de mercado5 passos para fazer a sua pesquisa de mercado

Fazer uma pesquisa de mercado não é tão complicado como parece. Existem diversos métodos que você pode aplicar em seu estudo, mas tudo vai depender do seu objetivo, é claro. Veja agora um passo a passo simples para você começar a fazer a sua pesquisa!

1. Defina os objetivos de pesquisa

Primeiro, você deve definir os objetivos da sua pesquisa. Essa etapa é essencial, já que você vai planejar suas perguntas e critérios de acordo com os objetivos. Portanto, pergunte-se por que você quer fazer esse estudo e o que deseja entender com ele.

Os objetivos de uma pesquisa de mercado podem ser completamente diferentes, como:

  • Entender se o projeto é viável;
  • Entender qual o nível de satisfação da persona com relação ao serviço e produto;
  • Ajudar no desenvolvimento de um produto ou serviço.

2. Defina o público-alvo da pesquisa de mercado

É fundamental delimitar o seu público-alvo para realizar a pesquisa. Isso vai influenciar até mesmo na seleção da sua amostra de campo.

Para definir o público-alvo do estudo, você deve criar sua buyer persona e delimitar quem são seus clientes ideais. Faça isso em detalhes, afinal, a construção da persona vai te ajudar a criar perguntas mais meticulosas, gerando resultados melhores.

3. Escolha o método

Para iniciar sua pesquisa, você deve selecionar o método através do qual vai coletar os dados. Existem diversas alternativas, como:

  • Enquetes: pode ser feita online ou não. Por ser fácil e rápida, é uma das opções mais baratas. Também é ideal para respostas mais objetivas. Muitas empresas utilizam o próprio Google Forms para realizar pesquisas com enquetes, por exemplo;
  • Entrevistas: é um método de coleta mais demorado, e por isso, requer mais recursos. Pode ser feito presencialmente, por telefone ou online e é ótimo para respostas subjetivas em profundidade;
  • Avaliações: se você quer avaliar a aceitação do seu novo produto por uma amostra, pode aplicar esse método. Geralmente, é feita antes do lançamento de um produto e permite que você descubra o que as pessoas pensam sobre ele. Desse modo, você reduz os riscos de fracasso.

Há ainda outras como grupo focal, pesquisa de observação, etc.

4. Colete os dados

Depois de realizar os 3 primeiros passos, é hora de coletar os dados. Para fazer isso, você deve selecionar uma amostra de campo, que é uma pequena representação do seu público, já que é impossível entrevistar todos os seus potenciais clientes. Quanto maior for a sua amostra, mais assertivos serão os resultados da sua pesquisa de mercado.

Depois de selecionar uma amostra, você deve elaborar um questionário, caso faça o método de entrevistas ou de enquetes. Nesse momento, é importante relembrar os seus objetivos de pesquisa e sempre ter uma documentação sobre sua persona em mãos.

O processo de coleta de dados pode levar poucas semanas ou então meses. Tudo vai depender do seu método e do tamanho da amostra.

5. Analise os resultados

Uma vez que os dados e as informações foram reunidas, você deve partir para a análise dos resultados. Aqui, a dica é nunca deixar de fora qualquer dado estatístico ou comentário, por mais irrelevante ou pequeno que ele possa parecer.

Crie um relatório com a sua análise e interpretação. Esse documento vai te guiar no desenvolvimento de estratégias e melhorias dentro da sua empresa. Com ele, você poderá aumentar suas chances de sucesso, reduzir riscos e evitar o prejuízo. Portanto, descreva suas conclusões com profundidade.

E aí, curtiu? Então, leia também:

Como iniciar um projeto com a Matriz CSD?