O que é behavioral targeting e como ele funciona?

Por Automação de Marketing, Capa, CRM e Vendas, Dicas, Email Marketing, Marketing Digital

behavioral targeting

behavioral targetingNo passado, quando as empresas faziam marketing tradicional, muitas vezes não se chegava ao resultado esperado e não se sabia por quê. Será que o anúncio divergia dos interesses do público? Será que o público atingido não era o adequado? Ou então, será que o problema estava no formato do anúncio?

Com o digital tudo isso melhorou, pois graças à Era do Big Data, as empresas conseguem coletar milhares de dados que podem ajudar a alcançar um público que tenha mais chances de conversão. Isso é feito através de behavioral targeting: uma tecnologia inovadora que rastreia o comportamento dos consumidores.

Mas se isso ainda parece muito confuso, calma. Nesse post, vamos falar sobre behavioral targeting e como essa prática funciona no marketing, abordando o seguinte:

  • O que é behavioral targeting;
  • Quais os benefícios dessa tecnologia;
  • Que tipos de comportamento do consumidor o behavioral targeting rastreia.

Para entender melhor, continue a leitura!


behavioral targetingO que é behavioral targeting?

Behavioral targeting é uma estratégia que utiliza dados da web para fortalecer campanhas de marketing. Em resumo, esses dados são informações sobre o comportamento de consumo das pessoas. Dessa forma, o behavioral targeting age através de uma segmentação detalhada, atingindo as pessoas mais potencialmente interessadas no produto.

Essa estratégia é capaz de tornar os anúncios mais relevantes para o público, afinal, ela visa apenas as pessoas que demonstraram algum interesse na marca ou em marcas similares. Esses interesses e hábitos são captados a partir do histórico de compra do usuário, das suas buscas na web e dos sites que ele mais visitou.


behavioral targetingQuais os benefícios dessa tecnologia?

Behavioral marketing não beneficia somente as marcas, mas também o próprio consumidor. Já pensou o quão chato seria receber milhares de anúncios aleatórios que não tem nada a ver com você? O grande trunfo dessa estratégia é que ela permite o rastreio das preferências e necessidades do cliente, personalizando assim os anúncios a partir desses dados.

Vamos ver então alguns dos benefícios do behavioral targeting:

Aumento no CTR

Com o behavioral targeting, é natural que sua taxa de cliques só aumente. Afinal, quanto mais personalizado for um anúncio, mais ele estará alinhado com os interesses de um cliente. Portanto, as pessoas atingidas estarão mais propensas a clicar no anúncio para buscar mais informações sobre aquela marca.

Usuários mais engajados

O behavioral targeting funciona através do rastreamento. Por meio disso, as empresas conseguem saber quem são aqueles usuários que mais se engajaram com determinados conteúdos e anúncios. É aí que a tecnologia de dados entra em ação: ela deve direcionar o anúncio a pessoas que têm mais probabilidade de engajar com a marca, seja clicando no anúncio ou lendo informações em um site.

Processo de compras mais eficiente

Essa estratégia de marketing segmentado torna o processo de compras do consumidor ainda mais prático e eficiente. Basta que o usuário clique no anúncio para ser automaticamente redirecionado para o site ou ecommerce. Dali em diante, é muito fácil adicionar o produto no carrinho e fazer o checkout.

Alertas e notificações de compra

Com behavioral targeting, o consumidor poderá receber lembretes ou notificações personalizadas sobre algum produto de seu interesse. Esse tipo de estratégia também é chamada de remarketing, uma técnica que visa anunciar mais de uma vez para um usuário que já visitou a página de uma marca ou já demonstrou interesse por ela.

Quando um cliente abandona o carrinho, por exemplo, ele pode receber notificações o relembrando de continuar a compra ou o incentivando a ver outros produtos similares no site. O remarketing pode ser feito tanto no formato de social ads quanto na mídia programática e no email marketing.

Receba o conteúdo no email

Quer aprender mais sobre a jornada de compra?

Baixe o KIT da Jornada de Compra


Que tipos de comportamento do consumidor o behavioral marketing rastreia?

behavioral targeting

O behavioral targeting e as DMPs (data management platform) conseguem coletar diversos dados relacionados ao comportamento dos consumidores na web para o refinamento dos anúncios. Veja quais são os tipos de dados que eles coletam abaixo.

Páginas visitadas com frequência

As DMPs monitoram as páginas mais visitadas pelos usuários, pois seu objetivo é detectar um padrão de comportamento que possa ser útil para a personalização dos anúncios. Por meio do rastreamento dessas informações, as DMPs conseguem entender melhor quais são as preferências e os interesses dos usuários.

É por isso que, ao visitar um ecommerce de uma marca, você pode acabar recebendo diversos anúncios dela. É o behavioral targeting querendo te lembrar de voltar lá.

Tempo no site

A quantidade de tempo que um usuário passa dentro de um site é particularmente relevante para as estratégias de behavioral targeting. Afinal, se as DMPs só monitorassem as URLs visitadas pelas pessoas, haveria pouca eficiência nos anúncios. É preciso entender quais páginas da web tiveram mais relevância para cada usuário.

Cliques em links e anúncios

Ao monitorar os cliques nos links, é possível entender quais tipos de anúncios atraem os usuários, quais os objetivos dos usuários enquanto navegam, por quais tipos de produtos eles se interessam e qual linguagem funciona mais com eles. Identificar essas diferenças através dos cliques é necessário para desenvolver um anúncio que realmente traga resultados.

Buscas na web

Quando alguém busca alguma informação em serviços como por exemplo o Google, as DMPs rastreiam esse comportamento para usar no behavioral targeting. As buscas auxiliam no entendimento de quais problemas o consumidor está tentando resolver, quais seus interesses e necessidades. 

Ao buscar uma palavra-chave como “roupas de verão femininas”, as DMPs podem inserir anúncios de lojas de moda feminina, por exemplo, nos sites que você navega ou nas redes sociais que você mais usa.

Histórico de compra

Para fazer behavioral targeting, o histórico de compras do consumidor também é rastreado. Assim, ao coletar dados sobre as compras adquiridas nos ecommerces, as DMPs lançam anúncios que vendem produtos semelhantes.

Muitas vezes, as empresas usam essas informações para fazer estratégias de up selling e cross selling, fazendo assim com que o cliente volte a realizar compras recorrentes e adquira produtos similares ou complementares.

O behavioral targeting é uma tecnologia ainda nova e, por isso, pode parecer estranha para quem não está familiarizado com o mundo digital. No entanto, é um fato inquestionável que as estratégias de marketing atuais funcionam muito mais do que as técnicas de antigamente. Hoje, serviços de automação e ferramentas digitais existem justamente para deixar esse processo mais fácil.

Mas e aí, curtiu o conteúdo? Então, leia também:

Como contratar um expert digital para a sua empresa?

O que acha de expandir a sua estratégia de marketing com o Dinamize Automation?

Conheça agora!

Referências:

What is behavioral targeting?