O que é Growth Marketing e por que ele é tão inovador?

Por Capa, Dicas, Geração de Leads, Inbound Marketing, Marketing de Conteúdo, Marketing Digital

Growth Marketing

Growth Marketing

Talvez você já tenha ouvido falar em growth hacking, mas você conhece o growth marketing? Essa estratégia pode ser a chave para um crescimento mais ágil e eficaz da sua empresa.

Com tantas transformações digitais e comportamentais, o marketing acaba sofrendo mudanças em sua roupagem com frequência. E aí, surgem novos termos, novos conceitos e novas formas de se fazer marketing e de empreender.

O growth marketing é uma metodologia que se propõe a atuar no crescimento de negócios disruptivos que desejam crescer exponencialmente. Se a sua empresa se encaixa nessas características, então, você tem que ler esse artigo! Acompanhe para entender mais sobre:

  • O que é growth marketing?
  • A diferença entre o marketing tradicional e o growth marketing;
  • O funil pirata do growth;
  • 5 ferramentas que todo profissional de marketing de crescimento precisa usar.

Vamos lá?


Growth MarketingO que é growth marketing?

O growth marketing ou marketing de crescimento é uma estratégia que está revolucionando a gestão de vendas, aquisição e retenção de clientes. Ele visa o crescimento exponencial das empresas e já conquistou a atenção de diversas startups. Sem dúvida, ele não serve para qualquer negócio, mas pode ser muito útil para aqueles que querem inovar.

Apesar do growth marketing focar muito em crescimento, ele não se resume apenas às vendas. Para essa metodologia, mais importante ainda do que vender, é reter os clientes e gerar uma recorrência de receita com aqueles que já são fiéis.

O marketing de crescimento é uma ramificação do growth hacking. A grande diferença é que o growth marketing não é tão voltado à experimentação quanto o growth hacking. Ele foca muito mais em crescimento ágil, aquisição e retenção.


A diferença entre o marketing tradicional e o growth marketing

Bem, você deve estar se perguntando se existe alguma diferença quando se fala em growth marketing e marketing tradicional. E sim, existe! O marketing de crescimento tem o objetivo de gerar crescimento exponencial, atuando em cima de hipóteses e testes científicos. Ele está presente em todos os canais de marketing e seus principais parceiros são engenheiros.

Já o marketing tradicional é bem diferente. Ele tem o objetivo de gerar awareness e vendas, atuando em cima de práticas já comprovadas do mercado. Além disso, ele só usa os canais de marketing mais tradicionais, como a TV, o jornal e o rádio. Seus principais parceiros são profissionais criativos da comunicação.

Dá pra perceber que são duas vertentes bem distantes, não é? O marketing de crescimento é muito mais inovador do que o tradicional.


O funil pirata do growth

Você já conhece o funil de vendas do inbound marketing? Essa estrutura começou a ser muito utilizada dentro do marketing de conteúdo. Com ela, é possível mapear a jornada do cliente e a partir disso, definir os conteúdos mais adequados para cada um deles no melhor momento possível.

Um funil de vendas tradicional é composto pelas seguintes etapas:

growth marketing - funil (1)

Nesse modelo, o topo de funil corresponde ao momento de descoberta do problema do cliente. É nessa etapa que acontece a atração de novos visitantes e leads. No meio de funil, o lead já está em busca de soluções e o fundo de funil corresponde ao processo da tomada de decisão de compra.

Já o funil pirata do marketing de crescimento é diferente. Ele foca em uma jornada do consumidor mais abrangente, incerta e disruptiva. Veja quais são as suas etapas:

As suas etapas do funil pirata funcionam da seguinte forma:

funil pirata do marketing de crescimento

  • Aquisição: os consumidores descobrem sua marca ou produto. O objetivo aqui é gerar leads através de estratégias de conteúdo, formulários e chatbots;
  • Ativação: nessa fase, a empresa vai tentar fazer com que o cliente use o produto que ele comprou o mais rápido possível gerando momentos de empolgação;
  • Retenção: aqui, a empresa precisa manter o máximo de usuários ativos. São utilizados esforços para aumentar a frequência de uso dos clientes;
  • Receita: na etapa de receita, serão usadas estratégias para gerar uma maior monetização. Os profissionais irão testar estratégias que envolvem precificação, táticas de upselling e cross selling e envio de mensagens para o cliente;
  • Indicação: o objetivo da etapa de indicação é estimular os clientes a indicarem o serviço para amigos e familiares. São criadas premiações e outros métodos de incentivos para gerar mais resultados.

Como você pode ver, o funil growth trabalha principalmente com a finalidade de manter os usuários ativos, retendo eles e estimulando o marketing boca a boca. Entretanto, o funil de vendas tradicional, ao contrário, foca muito mais nas vendas do produto e do serviço.


Growth Marketing5 ferramentas que todo profissional de marketing de crescimento precisa usar

Bom, mas quais ferramentas e metodologias um profissional de growth deve usar enquanto trabalha? O que você deve entender é que esse profissional consegue gerenciar diversos processos ao mesmo tempo. Além disso, ele precisa da ajuda de dados para fazer suas análises e seus testes a/b.

Portanto, pensando nisso, separamos algumas ferramentas essenciais para quem trabalha com growth marketing:

  1. Google Analytics: esse sistema de análise do Google permite que você monitore o tráfego do seu site. Ele também é muito usado no marketing digital;
  2. Google Tag Manager: o growth marketing foca em medir e analisar cada detalhe de uma campanha. Por isso, o Tag Manager é importante para esses profissionais, já que ele possibilita um aprofundamento maior nas métricas;
  3. Pesquisa NPS: O NPS (Net Promoter Score) é indispensável no marketing de crescimento. Afinal, essa métrica mede o nível de satisfação dos clientes, o que é essencial para saber o potencial de retenção de um lead;
  4. Hotjar: o Hotjar é uma ferramenta de experiência do usuário que realiza pesquisas, faz mapas de calor, visualiza gravações de navegação, dentre outras funções;
  5. Análises Cohort: essa é uma ferramenta de growth que faz a análise de aquisição de clientes baseada em períodos de entrada.

O growth marketing foi criado para atender as necessidades específicas de negócios que costumam ser mais inovadores e que buscam altas taxas de crescimento. Portanto, ele nem sempre será adequado para todas as empresas. Mas, definitivamente, todos podem aprender com os seus processos.

E aí, esse conteúdo foi útil?

Então, leia também:
Como calcular o Market Share da sua empresa – Descubra a sua participação de mercado!