Como definir seu público-alvo em 5 passos simples

Por Capa, CRM e Vendas, Dicas, Geração de Leads, Marketing Digital

publico-alvo

publico-alvo

Compreender quem é seu público-alvo é uma das chaves principais para ter um negócio de sucesso. Afinal, se você não sabe para quem são as suas soluções, como você vai se comunicar efetivamente com essas pessoas?

Acredite: você precisa achar a comunicação certa para garantir que suas estratégias de marketing sejam efetivas. E não adianta querer abraçar o mundo e atingir todos os públicos. Do contrário, sua mensagem se tornará genérica demais e você não vai chegar a lugar nenhum.

Então, como definir o seu público-alvo de modo que você compreenda suas necessidades e problemas para, consequentemente, comunicar-se com ele da melhor forma?

Neste texto, serão abordados os seguintes assuntos:

  • O que é público-alvo?
  • Público-alvo x persona: qual a diferença?
  • 5 passos simples para definir o seu público.

Vamos lá!


o que é público alvo?O que é público-alvo?

O público-alvo é um grupo específico de consumidores com características semelhantes e que estão mais dispostos a adquirir os produtos que uma empresa oferece. É um perfil de pessoas que tem potencial para se tornar cliente.

Geralmente, um público-alvo é definido através de pesquisas e estudos. Informações como idade, gênero, classe social e preferências são coletadas, formando, assim, as características do perfil.

É válido ressaltar que quanto mais completos forem os dados coletados sobre seu público-alvo, mais chances você terá de conquistá-lo verdadeiramente e construir um relacionamento sólido com ele.

Tendo uma boa definição de público-alvo, você poderá melhorar as estratégias de marketing da sua empresa, como:

  • Desenvolver uma linguagem e identidade que esteja de acordo com o seu público;
  • Definir os seus canais de comunicação;
  • Produzir conteúdo relevante para o público-alvo;
  • Saber como e quando oferecer promoções;
  • Fazer alterações no seu produto de acordo com as preferências do seu público.

diferença de buyer persona e púlico alvo?Público-alvo x persona: qual a diferença?

Você sabe qual a diferença entre público-alvo e persona? Apesar de serem conceitos parecidos, existem alguns pontos contrastantes entre essas duas definições.

O público-alvo é uma representação geral dos clientes em potencial que não entra em detalhes tão específicos. Já a persona, é um perfil semi-fictício do cliente ideal de uma empresa. Ela não abrange somente aspectos como a classe social, dados demográficos, idade e outros, mas também comportamentos, motivações, metas, desafios e sonhos.

Viu só como a persona possui um detalhamento muito maior do que o público-alvo? Mas você deve estar se perguntando: quando utilizar exatamente a persona ou o público-alvo na sua estratégia?

É recomendado que o público-alvo seja definido logo no início da criação da empresa. Ele é como um passo inicial e essencial para o marketing. Depois que concluir essa etapa, você pode segmentar seu público melhor e criar diversas personas.


publico alvo

5 passos simples para definir o seu público

Para entender quem é o seu público-alvo e como atingi-lo, basta seguir esses 5 passos simples que vamos explicar logo abaixo!

1. Conheça seu mercado

Entender o mercado que corresponde ao seu nicho é o primeiro passo para identificar seu público-alvo. E a pesquisa de mercado não envolve somente as características de um nicho, mas também fatores sociais, ambientais, culturais e tecnológicos que podem influenciar no desempenho da sua empresa.

E, além disso, é preciso pesquisar sobre seus concorrentes.

Você pode começar analisando pesquisas do IBGE, por exemplo, e de outros órgãos que tenham coletado dados sobre o seu segmento.

2. Saiba qual é o problema que o seu negócio soluciona

Toda empresa tem o objetivo de solucionar os problemas e as necessidades de seus clientes através de um produto ou um serviço. É por isso que as pessoas compram, certo? Então, pergunte-se:

  • Qual o problema que meu negócio promete resolver?
  • Qual o perfil das pessoas que possuem o problema que meu produto resolve?

Se você sabe que sua empresa promete entreter pessoas através da exibição de filmes em cinemas, por exemplo, conseguirá ter uma ideia de quem é o seu público-alvo. Eles são:

  • Cinéfilos e pessoas que apreciam a arte?
  • Pessoas que querem sair para se divertir em dupla ou em grupos?

É aí que você vai pensar em segmentar seu público e ele vai começar a se afunilar cada vez mais. Por exemplo, se seu cinema foca em exibir apenas filmes independentes e cults, isso significa que seu negócio não atingirá aqueles que só costumam assistir a filmes blockbusters.

Leia também: Aprenda a usar as hashtags do seu nicho no Instagram

3. Pesquise muito

É nessa etapa que entram as pesquisas e coletas de dados. Elas são fundamentais para que você obtenha características precisas do seu público-alvo, pois trabalhar somente “no chute” e na dedução não funciona no marketing.

Você pode fazer suas pesquisas através de questionários e formulários online. Use questões de múltipla escolha, escala de notas e “sim ou não” para tornar a sua pesquisa mais dinâmica e conseguir resultados mais eficientes.

Recomendamos que, ao final da pesquisa, você cruze os dados coletados com informações da sua empresa já extraídas pelo Google Analytics.

4. Defina seu público-alvo de fato

Depois de realizar suas pesquisas, é hora de definir o seu público-alvo a partir das informações recolhidas. O importante, no fim de tudo, é que você consiga entender com quem deve dialogar e quais os benefícios que o seu produto deve trazer para esse público.

Com a pesquisa feita, você deve preencher alguns critérios, como:

  1. Demográfico: Gênero; Idade; Renda; Nível de educação; Estado civil.
  2. Geográfico: onde vivem seus potenciais clientes? Moram próximos da sua empresa ou moram longe?
  3. Consumidor final ou empresas: seu produto é destinado ao consumidor final ou a pessoas jurídicas?
  4. Geração: esse item pode ser muito importante para alguns negócios. Portanto, defina se seu consumidor é Baby Boomer, Geração X, Millenial ou Geração Z;
  5. Características psicológicas: especifique se há algum comportamento relevante presente em quem compra de você;
  6. Ciclo de vida: seu público-alvo é recém-casado, está esperando um bebê, já são pais com filhos adultos ou não possuem filhos? O ciclo de vida também pode ser importante para a sua empresa.

5. Use algumas ferramentas digitais

Como já falamos acima, o Google Analytics é ótimo para cruzar dados com as pesquisas. Mas além dele, você pode usar também o Google Trends para visualizar o que está sendo mais pesquisado no momento e os dados demográficos sobre quem pesquisa esses assuntos.

Se o seu negócio é exibir filmes e você quer saber quem são as pessoas que pesquisam sobre “cinema” ou “lançamentos de filmes”, o Google Trends tem as respostas.

E a coisa não para por aí: o Google Think Insights também pode ser usado para analisar o seu público-alvo. Em primeiro lugar, é só selecionar a indústria que corresponde ao seu nicho e o país. Então, a ferramenta vai disponibilizar um gráfico que vai repensar suas campanhas de acordo com o perfil de seus clientes.


Agora, mão na massa!

Definir o público-alvo é tão importante quanto criar um nome e uma identidade para uma empresa. Sem ele, você caminha às cegas, sem saber com quem falar e como falar, e portanto, sem vender nada. Então, foque nisso.

Agora que você já entendeu como definir o seu público, só falta colocar a mão na massa, não é? Então, desejamos boa sorte!

Gostou do conteúdo? Leia também:
Como converter um prospect em um cliente?

O que acha de expandir a sua estratégia de marketing com o Dinamize Automation?

Conheça agora!