SEO – O que é e por onde começar?

Por Capa, Dicas, Inbound Marketing, Marketing Digital, SEO, Tecnologia

SEO - Search engine optimization

Todas as estratégias de SEO criadas têm como único objetivo dar ao seu site uma maior visibilidade, aumentando assim as chances das pessoas conhecerem sua marca, seus produtos ou serviços.


O que é SEO?

O Search Engine Optimization ou SEO é o conjunto de técnicas que um profissional de marketing pode implementar, visando alcançar melhores resultados para o seu site ou artigo nos mecanismos de busca, como o Google. Isso tudo através de palavras-chave definidas de acordo com sua estratégia de marketing digital de seu negócio.

E por que é importante que suas páginas sejam bem ranqueadas nas ferramentas de busca? Simples. Quanto melhor classificada estiver sua página nos mecanismos de busca (como Google, Bing, Yahoo, entre outros), maiores são as chances de seu site ou sua landing page ser encontrado por um cliente em potencial.


Como funcionam as ferramentas de buscaComo funcionam os mecanismos de busca?

O principal objetivo das ferramentas de busca é trazer para o usuário o melhor resultado para sua busca e uma melhor experiência, tanto no tempo de resposta e na qualidade do conteúdo, quanto na exibição da informação nos mais diferentes dispositivos.

Por isso, o processo de SEO de um site não é algo que possa ser feito em um curto período e de maneira simples. A otimização de uma página nos mecanismos de busca é um procedimento contínuo, que necessita constantemente de ajustes e atualizações para que seu conteúdo seja sempre considerado o melhor resultado para a busca da palavra-chave desejada.

Atualmente, cada plataforma de busca utiliza-se de programas, conhecidos como bot ou crawler, que simulam o acesso a sites, da mesma forma que um usuário comum. Uma vez que tenham acessado a página, verificam diversos parâmetros, para identificar qual é o resultado que deve ser exibido para o usuário final. Entretanto, cada buscador possui seu próprio algoritmo e seus diferentes parâmetros, que são analisados para decidir qual resultado será exibido.


Por onde posso começar a otimizar o SEO de meu site?

Algo importante que devemos compreender ao iniciar o processo de otimização de SEO é que a otimização deve ser realizada por cada página de seu site. Ou seja, se você possui um site e nele contém um blog com diversos artigos, cada artigo deverá ser otimizado para uma palavra-chave específica definida previamente. Entender seu público-alvo, assim como o desenho da buyer persona de sua empresa é fundamental para conhecer que tipo de conteúdo vai atraí-lo.

Após o conhecimento a fundo da sua (ou suas) buyer persona, é hora de começar a criar conteúdos otimizados. Veja por onde iniciar:

 

Pesquisa por palavras-chave relevantesPesquisa por palavras-chave relevantes

Qual o primeiro passo que você dá para localizar uma informação, produto ou serviço? Normalmente, o processo mais comum é digitar na pesquisa do Google ou em algum outro buscador as palavras-chave para o conteúdo desejado.
Portanto, no processo de otimização de SEO de seu site, o primeiro passo que você precisa efetuar é definir quais são as palavras-chave mais relevantes para iniciar a produção de conteúdos, assim sua página será encontrada nos resultados de seu cliente em potencial.
No entanto, hoje há diversas ferramentas de que podem lhe ajudar a encontrar as palavras-chaves ideais, nesse artigo mostramos como definir as palavras-chave da sua estratégia de marketing digital.

 

Existem duas formas de você trabalhar no conteúdo de suas páginas otimizando as palavras-chave: uma é utilizando termos curtos ou termos mais extensos. Essas duas maneiras são hoje conhecidas como Cauda Curta e Cauda Longa.

Está cauda também é curta

Cauda Curta

A otimização por conhecida por Cauda Curta, ou short tail, são otimização de palavras-chave de 1, 2 ou no máximo 3 termos. Geralmente, são expressões que possuem um alto volume de buscas e são bastante comuns, já que diversas outras páginas também trabalham essas palavras-chave no conteúdo de seus sites. A taxa de conversão para esse tipo de termo tende a ser baixa.

Exemplo: Email Marketing

Cauda longa!

Cauda Longa

A otimização por Cauda Longa, ou long tail, é o tipo mais comum de aplicação das palavras-chave em sites. Isso porque esses termos são menos competitivos, por serem mais característicos. Conteúdos desse tipo geralmente são otimizados em 4, 5 ou até mais expressões. Devido à sua especificidade, esse tipo de conteúdo obtém altos índices de conversão.

Portanto, quanto mais específicas forem as palavras-chave trabalhadas, mais próximo da conversão estará o público atraído.

Gráfico de Cauda longa

Mas então, qual a melhor forma de trabalhar com as palavras-chave no meu site? O ideal é a combinação destas duas opções. Desta forma, todas as expressões serão otimizadas nos mecanismos de busca.
Exemplo de aplicação: Ferramenta de Email Marketing com automação.

 

Algumas ferramentas gratuitas para identificar as palavras-chave que devem ser otimizadas em seu site:
Google Keyword Planner: como começar a usar?
Google Trends
UberSuggest


Otimização de uma Landing PageOtimização de Landing Pages

Algo importante que você precisa saber é que a otimização de Landing Pages deve ser trabalhada de maneira distinta da otimização de seu site. Um site contém todas as páginas e todo o tipo de conteúdo sobre o seu negócio, enquanto uma landing page pode ser qualquer página de seu site, apresentando um conteúdo específico.

Essas landing pages devem ser otimizadas para enviar informações para os buscadores, sobre qual o conteúdo de sua página e quais palavras-chave especificamente você está tentando ranquear. Em resumo, você não precisa pensar em ordenar todo o seu site nos buscadores, mas sim ranquear diferentes landing pages de seu site.

Desta forma, buscadores como Google, Bing, Yahoo Search e outros irão ranquear as mais relevantes e mais acessadas landing pages de seu site nos resultados de suas buscas.

Link de sua landing pageLink de sua landing page

A otimização de sua landing page inicia já pelo link de seu acesso. Portanto:

  • Inclua as palavras-chave de sua landing page diretamente em seu link;
  • Certifique-se de que todo o link de sua landing page pode ser facilmente lido pelas pessoas;
  • Utilize hífens para separar os termos. Underlines não são bem aceitos pelos buscadores.

Meta TagsMeta Tags

São instruções passadas para as ferramentas de busca sobre algumas informações de sua página como título, descrição, entre outras informações. Elas são altamente importantes, pois auxiliarão no ranqueamento e indexação de suas páginas nos buscadores.

Um exemplo de meta tags no código de um site:

<head>
<title>Esse é o Title do meu site!</title>
<meta name=”description” content=”Essa é a tag de descrição da minha página”>
<meta name=”keywords” content=”palavra-chave1, palavra-chave2, palavra-chave3″/>
<meta name=”robots” content=”index, follow”>
</head>

As tags mais relevantes para o SEO são:

TitleTitle

É a primeira informação que o usuário verá no buscador, por isso recomendamos que, se possível, informe sua palavra-chave já no início do título. Não utilize títulos muito extensos, normalmente os buscadores cortam seu assunto após 55 caracteres.

Meta DescriptionMeta Description

A Meta Description é uma breve descrição da sua página. Nela também é recomendado inserir sua palavra-chave. Isso não afetará a otimização de sua página, mas irá impulsionar o clique dos usuários, pois entenderão que sua página possui o conteúdo que eles procuram.

Resultado de buscas no Google

Meta KeywordsMeta Keywords

A tag Meta Keyword é uma relação de palavras-chave que você considera relevante na página que está otimizando.
Importante: utilizar muitas palavras-chave podem confundir os mecanismos de buscas, que terão dificuldades para definir qual o objetivo principal de sua landing page.

Meta RobotsMeta Robots

Meta Robots são orientações que os robôs (“bots” ou “crawlers”) dos mecanismos de busca devem seguir em seu site.

Alguns exemplos de orientações que podem ser passadas:
index: exiba essa página nos resultados busca;
noindex: não exiba essa página nos resultados de busca;
follow: siga os links na página;
nofollow: não deve ser seguido nenhum link na página.


HeadingsHeadings (H1, H2, H3)

Os títulos e subtítulos em seu texto servem para destacar o que realmente importa na página de uma forma estruturada e organizada. Por consequência, os buscadores como Google, que querem sempre os melhores resultados para seus usuários, procuram páginas que possuam essa estrutura e organização otimizada.
Existem 6 tipos de títulos disponíveis que vão de H1, que é o mais importante, até o H6, que tem menos relevância na hierarquia de títulos. Para otimização da página é necessário que suas palavras-chave estejam nas tags de título, de preferência esteja na tag H1. Também é recomendado que tenha tags H2 e H3, sempre obedecendo a ordem de hierarquia: primeiro título H1, seguido de H2, e assim por diante.


Texto alternativo e nome de imagensTexto alternativo e nome de imagens

Todas as imagens em sua página precisam ter descrição. Isso porque o Google e demais buscadores precisam entender do que a imagem trata.
Portanto, é recomendado inserir, em todas as imagens em suas páginas, uma descrição através da tag alt.
Otimize também o nome do arquivo de sua imagem com variações de sua palavra-chave. Também não é recomendado que utilize underline e sim, hífen para separar as expressões.
Por exemplo:
Exemplo de imagem com a tag alt e nome do arquivo com palavra-chave no código:

<img src=”http://www.meusite.com.br/inbound-marketing.png” alt=”inbound marketing“>

Conteúdo da página

A sua palavra-chave deve ser utilizada duas ou três vezes, no máximo, no conteúdo da sua página. É importante destacá-la sempre que for possível, colocando-a em negrito ou sublinhado no conteúdo ao menos uma vez na página. Além disso, a palavra-chave precisa estar entre as primeiras 100 palavras da página.
Um grande indicativo que a página pode ficar nos primeiros resultados de um buscador é o número de palavras do conteúdo. O ideal é que o conteúdo possua 2.000 palavras ou mais.

Para quem trabalha com o WordPress o plugin Yoast SEO é um dos mais recomendados para a produção de conteúdo. Ao criar um post no blog, por exemplo, o plugin já realizará uma análise de SEO, de acordo com a palavra-chave que você informar. Além disso, o Yoast também realiza uma análise de legibilidade do seu conteúdo, ajudando-o a tornar a sua leitura mais atraente pelos seus visitantes.

Veja também, 6 dicas para produção de conteúdo em blogs

Assista abaixo o vídeo: SEO – Por onde começar?

A plataforma de gestão de marketing digital da Dinamize, o Dinamize Automation já possui um módulo de teste de SEO para cada uma de suas páginas. O recurso permite fazer teste de otimização, obter uma nota para cada página e ainda, avaliar quais pontos faltam ser mencionados sua palavra-chave para um bom ranqueamento dela.

O que acha de expandir a sua estratégia de marketing com o Dinamize Automation?

Conheça agora!


Saiba como gerar o relatório de análise de SEO de uma página
Veja como analisar os resultados do seu relatório


 

Fontes:
Search Engine Optimization (SEO) Starter Guide – Search Console Help
Why you should use a focus keyphrase only once | Yoast

Esta gostando deste artigo?

Faça o download dele aqui


Autor


Caroline Gomes - Diretora de Conteúdo e Ensino na Dinamize
Caroline Sands

Especialista em E-mail Marketing e Entregabilidade de Email, trabalho a mais de 7 anos diretamente com a implementação de softwares de e-mail marketing e automação de marketing digital na empresa Dinamize.

Veja conteúdos do Autor

+ Sobre o Autor