Qual a diferença entre as palavras-chave long tail e short tail?

Por Capa, Dicas, Geração de Leads, Inbound Marketing, Marketing de Conteúdo, Marketing Digital, SEO, Tecnologia

palavras-chave long tail e short tail

palavras-chave long tail e short tail

A concorrência no ambiente digital é cada vez mais forte. Hoje, ter um site ou um blog se tornou mais comum do que nunca, tendo em vista que o Google é uma das plataformas mais usadas no mundo.

Mas como as pessoas acham essas páginas da web nos buscadores? Bem, isso é feito através de palavras-chave. E para atrair mais tráfego para o seu site, você precisa entender a diferença entre palavras long tail e short tail.

Quer saber como definir suas palavras-chave através desses conceitos e entender qual tipo de keyword é a melhor? Então, vamos falar sobre os seguintes tópicos:

  • O que é uma palavra-chave short tail;
  • O que é uma palavra-chave long tail;
  • Quando usar termos gerais;
  • Quando usar termos específicos;
  • Tipos de palavras-chave ideal para cada etapa do funil.

Vamos lá?


O que é uma palavra-chave short tail?

A sua estratégia de SEO e de marketing de conteúdo precisa contar com palavras-chave que estejam relacionadas à página da web específica que você deseja posicionar no Google. Por exemplo, se você tem um e-commerce de roupas, pode escolher as seguintes palavras-chave:

  • Roupas femininas;
  • Roupas de verão;
  • Moda praia;
  • Vestidos de verão.

Você percebe que os termos acima são sucintos e gerais, certo? Eles não passam de mais de 3 palavras e todas elas estão relacionadas ao nicho da loja. Essas são as palavras short tail.

As palavras-chaves short tail (também conhecidas como head tail) são amplas e é justamente por isso que elas normalmente contém um alto volume de busca. Isso significa que elas estão sendo pesquisadas por um grande número de pessoas e, por isso, sua concorrência é grande.

Essa concorrência também está presente no caso de anúncios, além do orgânico. Os anunciantes fazem lances e disputam para ver quem consegue obter mais destaque nos resultados daquela palavra-chave.

Portanto, será mais difícil rankear nas primeiras posições do Google para uma short tail keyword, já que a competição por ela é alta.


O que é uma palavra-chave long tail?

Agora, pense o seguinte: quando você define sua palavra-chave como “roupas femininas“, as pessoas que acessarem seu site podem ser sua persona ideal ou não. Se uma visitante é, por exemplo, uma mulher na faixa dos 50 anos e a sua loja é direcionada para mulheres de 18 a 25 anos, você vai atrair um tipo de visitante desqualificado.

Ao usar palavras-chave long tail, entretanto, a situação se inverte. Você tem muito mais chances de atrair um consumidor qualificado, pois os termos long tail são mais específicos. Dessa forma, você vai mirar exatamente na persona que pode se beneficiar com o seu produto.

No mesmo exemplo da loja de roupas femininas, veja algumas palavras long tail:

  • Roupas alternativas grunge;
  • Vestidos curtos floridos;
  • Roupas femininas jovem e casual;
  • Acessórios delicados de festa.

Como você deve supor, a maior parte dos termos long tail não têm um alto volume de busca nas pesquisas do Google. Ou seja: com elas, é mais fácil rankear nas primeiras posições dos buscadores.

Além disso, a partir das palavras-chave long tail, você consegue atrair um público mais segmentado, o que vai gerar resultados melhores e taxas de rejeição menores.


palavras-chave long tail e short tailQuando usar termos gerais?

Bom, se as palavras long tail possuem tantas vantagens como nós já explicamos, então por que utilizar termos gerais? Tudo depende da fase do funil de vendas na qual o seu cliente vai estar. Dessa forma, nem sempre os seus conteúdos serão de fundo de funil.

Muitas vezes, você precisará utilizar short tails em etapas de topo de funil. Afinal, é muito comum que o consumidor reconheça que tem um problema, mas não saiba como solucionar ele.

Quando uma pessoa começa a pensar em se mudar, talvez ela pesquise “apartamento luxuoso” ao invés de “apartamento no bairro Petrópolis” ou “apartamento de 3 dormitórios mobiliado”. Essa pessoa não está próxima do momento de compra, pois não sabe bem qual é a melhor solução para ela.


cauda longa e cauda curtaQuando usar termos específicos?

As palavras-chave de cauda longa são muito eficientes quando se fala em SEO. Quanto mais específica sua estratégia de conteúdo for, mais chances de aparecer no topo dos buscadores.

Por terem um volume baixo de buscas, os termos mais específicos oferecem um potencial limitado de visitantes. Por outro lado, esse número menor de leads estará mais preparado e interessado nas suas soluções. E é aí que você deve entrar para captá-los e aquecê-los ainda mais.

As caudas longas podem ser usadas em qualquer momento do funil de vendas e podem complementar uma estratégia de SEO que já utiliza head tails. Misturando os dois tipos de palavras-chave, você pode sim alcançar ótimos resultados!


palavras-chave long tail e short tailTipos de palavra-chave ideal para cada etapa do funil

Quer planejar e montar sua estratégia de marketing digital a partir do funil de vendas com as melhores palavras-chave? Então, veja a seguir como fazer isso:

  • Topo de funil: o topo do funil de vendas é o estágio de atração. Nesse momento, a persona não sabe, nem reconhece que tem um problema, ou talvez ela saiba de algumas fraquezas, mas não está em busca de uma solução. Portanto, aqui se encaixam as palavras-chave short tails em maior volume e as long tails em menor volume. No topo do funil, você deve produzir conteúdos mais básicos e introdutórios.
  • Meio de funil: a etapa do meio de funil consiste no momento de consideração e intenção de compra. Aqui, a persona já começa a procurar informações específicas sobre um assunto, então, você pode usar as palavras-chave long tail. Nessa fase, produza conteúdos mais aprofundados, como ebooks e artigos mais longos.
  • Fundo de funil: agora que a persona chegou ao fundo do funil, ela já sabe claramente o que deseja comprar. Assim, aposte novamente em palavras específicas e longas, usando nomes e descrições do produto. Nesse momento, você pode criar conteúdos como cases de sucesso, depoimentos de clientes, reviews e versões de testes de software.

E aí, gostou do conteúdo? Então, leia também:
Como usar o robots.txt para controlar o rastreamento do seu site

Referências:

Short tail vs long tail keywords