Como as meta tags influenciam o SEO do seu site?

Por Capa, Dicas, Marketing Digital, SEO, Tecnologia

meta tags

meta tags

O jeito que o algoritmo do Google funciona é um mistério para a maior parte das pessoas. E não é de se espantar, já que ele trabalha escondido, levando em conta fatores que são desconhecidos para pessoas que não sabem como SEO funciona.

Na verdade, tudo se resume ao seguinte: o Google usa linguagens em código para entender informações sobre as páginas da web. E como muita gente não compreende o universo dos códigos e dos dados, fica difícil de saber como agradar o Google, não é?

Bem, mas chegou a hora de você aprender. Um dos fatores que influenciam no SEO de um site são as meta tags. E para que você compreenda o que são elas e como usá-las ao seu favor, vamos explicar:

  • O que são meta tags;
  • As principais meta tags no SEO.

Vem com a gente!


meta tags O que são meta tags?

Meta tags são comandos de HTML que informam o conteúdo de uma página da web para que os mecanismos de busca o interpretem. Elas não ficam visíveis nas páginas, mas podem ser detectadas pelas SERPs.

Por que o Google precisa entender comandos? Bem, os mecanismos de pesquisa utilizam metadata para poder rankear os sites, mostrar featured snippets ou até mesmo ignorar certas páginas que você não quer que sejam indexadas.

As meta tags são importantes, pois elas ajudam as SERPs a interpretarem o seu conteúdo corretamente. O Google precisa garantir que a página da web apontada na SERP esteja bem otimizada. Afinal, a experiência do usuário está em primeiro lugar para eles.

Leia também: O que é SEM (Search Engine Marketing) e por que ele é um recurso valioso no marketing digital?


As principais meta tags no SEOAs principais meta tags no SEO

Veja abaixo alguns exemplos de meta tags no SEO!

Tags Canônicas

As tags canônicas podem ser usadas para ajudar o Google a diferenciar um conteúdo original de um conteúdo duplicado. Muitas vezes, as empresas criam páginas com diferentes URLs e conteúdos iguais, o que é um grande erro, pois o algoritmo não entende qual página deve ser indexada e qual deve ser ignorada.

Casos de duplicação também podem acontecer quando o proprietário de um domínio cria um modelo de página para mobile e outro para desktop. Essa prática vai apenas fazer com que você seja penalizado pelo Google. É possível criar um site responsivo de outras formas bem melhores.

Para adicionar uma meta tag canônica na sua página, basta escrever o seguinte código HTML:

<link rel = “canonical” href = “http://seusite.com.br” />

Porém, vale ressaltar que o Google nem sempre vai respeitá-lo, pois ele é apenas uma sugestão. O ideal é evitar, de fato, os conteúdos duplicados.

Meta descrição

As tags de meta descrição são aqueles conhecidos resumos abaixo dos links na página de pesquisas. O objetivo dela é informar sobre o que é aquele conteúdo para que o usuário já tenha uma prévia do que ele vai achar ali.

Veja a descrição do link abaixo:

meta tags - meta description

Essas meta tags devem ser objetivas, claras, sucintas e devem contar a palavra-chave da página.

Contudo, elas não influenciam na classificação das SERPs. As tags de descrição servem, na verdade, para que o visitante visualize os snippets de pesquisa. Isso não significa que elas são irrelevantes para a experiência do usuário: pelo contrário. Se o usuário não se sentir atraído pela sua meta descrição, muito provavelmente ele não clicará em seu site.

As tags de descrição devem conter no máximo 140 caracteres. Além disso, elas não devem ser copiadas diretamente do texto. Ao escrevê-las, você deve desenvolver um texto original.

Para inserir uma meta descrição manualmente no seu HTML, cole o seguinte código:

<head>
<meta name = “description” content = “Este é um exemplo da minha meta descrição.”>
</head>

Title Tag

A title tag (ou SEO title) é uma das meta tags mais conhecidas, pois ela impacta diretamente na otimização dos sites e na classificação dos mecanismos de busca. Diferente de outras tags, a title tag está visível para o usuário.

Sabe quando você vê diversos links com títulos diferentes? Esses títulos são as title tags. Eles também servem para informar ao usuário sobre o que ele vai ler ou o que ele vai encontrar ao clicar no link.

Veja um exemplo abaixo:

meta tag - tag title

Para rankear para uma palavra-chave específica, você deve usá-la na sua title tag. No exemplo acima, foi utilizada a palavra-chave fluxos de automação.

Veja algumas boas práticas para redigir uma title tag bem otimizada:

  • Ela deve ter entre 50 a 60 caracteres;
  • A palavra-chave deve estar no início;
  • Não escreva palavras soltas que não se conectam;
  • Não utilize o nome da empresa no início.

Inclua a sua title tag no seu HTML a partir desse código:

<head>

<title> Exemplo de título </title>

</head>

 

Meta Robots

Com as meta tags robots, é possível criar comandos para que os robôs do Google entendam exatamente o que você quer que eles façam com sua página. Alguns exemplos:

  • Follow e Nofollow: informa se as SERPs devem rastrear as páginas ou não;
  • Index e Noindex: informa se as páginas devem ser indexadas pelo buscador;
  • Nosnippet: comando que pede para que o buscador não mostre a descrição da página nos resultados;
  • Noarchive: orienta o Google a não exibir um link em cachê nos resultados.

Para incorporar as meta robots no seu HTML, use o código:

<meta name = “robôs” content = “noindex, nofollow”>

Tag de Cabeçalho

As tags de cabeçalho são usadas durante os artigos e conteúdos de blogs. Elas servem para hierarquizar e estruturar o texto, transformando assim a leitura em uma experiência mais dinâmica e escaneável. Elas funcionam como subtítulos que separam o conteúdo em blocos mais espaçados.

Além disso, as tags de cabeçalho ajudam os mecanismos a entenderem o nível de importância de cada seção da página. Elas são classificadas como h1, h2, h3 e h4.

Para usá-las corretamente, você deve fazer o seguinte:

  • Usar a tag h1 apenas para título;
  • Usar a h2 para os subtítulos principais do conteúdo;
  • Também usar h3 para categorizar as seções dentro de h3 e assim por diante.

Veja então como aplicá-las no seu HTML:

<h2>As principais meta tags no SEO</h2>

Conforme você entende mais sobre SEO, fica fácil compreender o que são as meta tags, não é? Agora que você já sabe porque elas são importantes, é só começar a otimização do seu site!

Gostou do conteúdo? Então, leia também:
Como estruturar um FAQ inteligente no seu site para tirar as dúvidas dos seus clientes

Referências:

The ultimate guide to SEO meta tags