Qual o efeito da escolha da hospedagem no tráfego do seu site?

Por Capa, Dicas, Email Marketing, Marketing Digital, SEO, Tecnologia

hospedagem de sitesPara muitos novos proprietários de projetos como e-commerce e outros tipos de sites de negócios ou pessoais, escolher onde hospedar seu site é uma tarefa difícil. Primeiramente, pois o serviço de hospedagem em si não é fácil do ponto de vista técnico.

E em segundo lugar, porque existem muitos provedores de hospedagem que se posicionam como profissionais e confiáveis, mas escolher entre eles um realmente confiável nem sempre é fácil. Uma visão geral de tais serviços você pode encontrar aqui. Escolhendo um servidor duvidoso desde o início do projeto do seu site, você perde vantagens importantes.


hospedagem siteO que é uma hospedagem de site?

Para que seu site possa estar online e visível para todas as pessoas com acesso a internet você precisa ter um domínio registrado e o conteúdo de sua página web em uma hospedagem. Em outras palavras, pense no seu domínio como o endereço de sua casa e o site, que está na hospedagem, é a sua casa efetivamente.

Portanto, quando alguém digita seu endereço de site em um navegador, esse endereço é convertido em um IP do computador da empresa onde está hospedado seu site. Então, é nesse computador da sua hospedagem que estarão todos os arquivos do site.


hospedagem site o que eConheça os diferentes tipos de hospedagem de sites

Agora que você já sabe o que é hospedagem, é importante entender que existem diferentes tipos de hospedagem de site, para diferentes necessidades. Por isso, elencamos cinco tipos principais disponíveis para os usuários no mercado e suas características:

  • Hospedagem compartilhada;
  • Servidor dedicado virtual (VPS);
  • Servidor físico dedicado;
  • Hospedagem na nuvem;
  • Colocação (colocação do equipamento do cliente no data center do provedor).

Antes de escolher a sua hospedagem, dentre as ofertas de diversos provedores, você precisa decidir qual o tipo de hospedagem ideal para você. A escolha exatamente adequada ao seu projeto pode determinar o sucesso do seu site.


Hospedagem compartilhada

Hospedagem compartilhada é um servidor no qual muitos sites estão localizados. Um servidor pode ter cerca de mil sites. Como regra, essa hospedagem possui pequenos recursos da Web, que não requerem grandes capacidades e espaço em disco.

Esse tipo de hospedagem é adequado para pequenos projetos, para quem está começando um E-commerce (comércio eletrônico), um site de cartões postais, ou um blog pessoal. Devido ao seu baixo custo e falta de necessidade de administração do servidor, a hospedagem compartilhada é a escolha mais comum entre os usuários.


Servidor virtual dedicado (VPS)

O VPS difere da hospedagem compartilhada, pois o proprietário desse servidor pode instalar e configurar qualquer software. Em essência, gerenciar um servidor VPS não é diferente de gerenciar um servidor físico.

O site no VPS recebe alguns recursos de acordo com a tarifa. Isso nem sempre é possível ao usar a hospedagem compartilhada, onde os recursos do servidor são distribuídos igualmente entre todos os sites.


Servidor Físico Dedicado (Dedicado)

O usuário recebe um servidor separado no data center para gerenciamento independente, com a capacidade de instalar qualquer sistema operacional, alterar o software para atender às suas necessidades. Essa hospedagem é usada para projetos de grande escala, com uso intensivo de recursos, com altos requisitos e é adequada para grandes lojas online com alto tráfego ou, por exemplo, jogos online.


Hospedagem na nuvem

Hospedagem em nuvem é um sistema unificado de servidores que hospedam sites de clientes. Assim, as capacidades alocadas ao cliente não se limitam a um servidor, mas são distribuídas imediatamente entre vários servidores. Isso garante a operação ininterrupta do recurso, independentemente da falha de qualquer servidor.

Além do aumento da produtividade, a hospedagem na nuvem atrai clientes e outros benefícios. Primeiro, o usuário paga apenas pelos recursos que usou – o preço do serviço depende do volume de capacidade consumida. Em segundo lugar, na hospedagem na nuvem, quando a carga muda, os recursos alocados aumentam ou diminuem automaticamente. Devido a essa distribuição de capacidades, o cliente não precisa calcular os possíveis volumes de consumo de recursos para a escolha correta da tarifa.


Colocação

A colocação se traduz literalmente como “co-hospedagem“, que descreve com precisão esse tipo de serviço de hospedagem. Seu servidor está localizado na plataforma tecnológica do provedor (data center), que fornece um canal de Internet de alta velocidade e cuida de outras condições necessárias.

Comparado a outros tipos de hospedagem, o Colocation oferece ao proprietário maior liberdade para implementar ideias, mas trabalhar com ele requer o conhecimento técnico apropriado. Assim, o desenvolvimento de um projeto da web é limitado apenas pela sua imaginação e habilidades – quaisquer parâmetros técnicos necessários, como espaço em disco ou novo software, podem ser adicionados conforme necessário.


host do site email marketingQual é o impacto da hospedagem no ROI de suas campanhas de marketing?

ROI é um índice de retorno do investimento, um dos indicadores da eficiência dos processos, especialmente em negócios, economia e empreendedorismo. O ROI mostra o quão lucrativo foi um investimento. Pode ser um investimento em dinheiro (dinheiro, mão-de-obra, tempo) em um projeto, estratégia de marketing, campanha publicitária, lançamento de uma startup e assim por diante.

No marketing digital, o parâmetro ROI é usado no processo de estudo de estratégias e escolhas dos melhores canais de publicidade para avaliar os resultados dos testes alfa-beta.

Contudo, a hospedagem do seu site pode afetar negativamente o tráfego e o ROI nos seguintes casos:


Presença de vírus, arquivos pagos e clickers

Neste caso, o antivírus bloqueia o acesso a sites que são um “terreno fértil” para vírus.

Quais são as causas da infecção do site?

A principal razão para a infecção de sites é o desejo das pessoas em ganhar dinheiro à custa dos sites dos outros. O esquema geralmente se parece com isso: um usuário que visita um site infectado é redirecionado à força para um site de terceiros que não tem nada a ver com a fonte. Um invasor recebe dinheiro pelo tráfego redirecionado de sites invadidos.

Alguns sites são invadidos para espalhar vírus clássicos e a formação de botnets entre os usuários. Normalmente, esses sites são bloqueados pelos mecanismos de busca, como o Google e, os usuários ao acessar esses recursos vêm um aviso de que o site está infectado.

Os mecanismos de busca populares fornecem um serviço de notificações por e-mail sobre a infecção de seus sites:

  • Alterações no site: a alteração de endereço e falta de redirecionamento para um novo design alterado e CMS, bem como a presença de páginas com erros que apareceram devido a alterações no arquivo robots.txt.
  • Páginas duplicadas: a promoção do site pode não funcionar se o arquivo mencionado estiver incorretamente configurado ou a tag rel = “canonical” não for usada.

conclusão sobre host de sitesConclusão

Portanto, é necessário monitorar regularmente o tráfego usando serviços como Google Analytics, Moz, ahrefs e Liveinternet. Além disso, também é necessário lembrar que os algoritmos dos mecanismos de busca (SEO) são atualizados regularmente e esse fato deve ser levado em consideração para que o tráfego de seu site seja ainda maior.

Além das otimizações para gerar um bom tráfego para seu site em buscas, uma boa hospedagem também será crucial para quem realiza ações de envios de email marketing. Isso porque, toda vez que você realiza envios, mesmo que utilizando uma ferramenta de email marketing profissional, diversas requisições serão realizadas ao seu site, seja para validação de domínio, consulta a imagens do envio do email, etc. Caso seu serviço de host não responda, ou demore para responder, poderá afetar o resultado de sua campanha também.