Aprenda como utilizar o tráfego pago a favor da sua estratégia!

Por Inbound Marketing, Marketing Digital, Redes Sociais, Tecnologia

tráfego pago

tráfego pagoInfelizmente, o tráfego orgânico tem caído cada vez mais. Porém, isso não significa que uma boa estratégia de SEO não tenha bons resultados. No entanto, o investimento em tráfego pago pode ser uma ótima alternativa para impulsionar seu negócio na internet, principalmente se ele ainda está na etapa de consolidação.

Quando aplicada do jeito certo, essa estratégia alavanca seus resultados, entrega mais conversões e aumenta seus lucros. A ideia de atrair mais leads para o funil de vendas está presente em todas as estratégias de marketing digital. Entretanto, somente com os recursos apropriados será possível potencializar suas ações.

Diante desse cenário, a mídia paga é uma chance de se destacar em meio a tantas páginas, produtos e serviços presentes na web.

Por isso, aproveite este post para entender o que é o tráfego pago, como funciona e de que maneira você pode incluir essa ferramenta na sua estratégia!


tráfego pagoO que é tráfego pago?

O tráfego é quando qualquer pessoa acessa a sua página. Portanto, o tráfego pago é o investimento em mídia online para atrair mais cliques. Afinal, se os usuários não acessam seu site, blog, landing page ou e-commerce, é como se eles nem existissem na internet.

Então, se os visitantes não chegam até a sua página, os anúncios pagos são a alternativa para aumentar o fluxo em plataformas específicas. Dessa forma, o tráfego pago consiste em campanhas criadas por meio de leilões (para determinada palavra-chave ou segmentação) que podem ser feitas no Google e em redes sociais.

Ou seja, os anúncios podem ser criados em diversos canais, conforme sua necessidade. Se você acredita que sua persona está mais presente no LinkedIn, por exemplo, invista mais nesse canal para ter um retorno melhor.

De maneira geral, o tráfego pago é aquela atraído por anúncios, que converte visitas para a página que você deseja. Desse modo, é possível criar uma ação específica para uma landing page, ou para uma página do seu site, entre outras possibilidades. Em outras palavras, a mídia paga nada mais é do que um tipo de propaganda virtual.


tráfego pagoComo funciona o tráfego pago na prática?

O trabalho com mídia paga precisa de um bom esforço na etapa de segmentação. Afinal, você vai pagar para atrair o tráfego certo para seguir na sua estratégia. Portanto, cada visitante deve ter um potencial para se tornar um lead e, posteriormente, virar um cliente.

Diferentemente do tráfego orgânico, que são acessos espontâneos, o que caracteriza o tráfego pago é o investimento financeiro. Então, são criados anúncios para um público determinado por aspectos como idade, gênero, localização, interesses e outras especificações.

Basicamente, as campanhas de anúncios são propagandas virtuais que ficam em destaque. Nos motores de busca elas ficam marcadas como “anúncio” e ficam no topo dos resultados. Já nas redes sociais, os banners também ficam em pontos que têm melhor visualização. Conheça a seguir os dois métodos de tráfego pago.

Receba o conteúdo no email

Saiba como usar a nutrição de leads para gerar novas vendas

Baixe o ebook Nutrição de Leads

Custo por Clique (CPC)

Nesse tipo de anúncio, a cobrança é feita a cada clique que o seu anúncio recebe. Esse é um modelo interessante para quem sabe o orçamento estimado para aplicar nessa estratégia.

Há duas possibilidades: o Automatic Bidding e o Manual Bidding. O primeiro é quando você escolhe um valor diário máximo para pagar, enquanto no segundo o pagamento só é feito quando alguém clica no banner (mas é possível definir uma quantidade máxima de cliques).

Custo por Mil Impressões (CPM)

Nesse modelo, o que importa é a quantidade de impressões. Ou seja, o número de usuários impactados pelo anúncio, mesmo que eles não cliquem. Dessa forma, a cobrança é realizada a cada mil pessoas que visualizam o banner. É uma boa opção para marcas que querem se posicionar e aumentar o reconhecimento por meio da visibilidade.


tráfego pagoComo fazer tráfego pago na sua estratégia?

Existem algumas plataformas que são as mais comuns para fazer tráfego pago. Portanto, isso depende dos objetivos da sua estratégia. Veja quais são as principais fontes:

Tráfego pago no Google

Os anúncios no Google são os mais comuns na mídia paga, chamados de Google Ads. No buscador, os resultados aparecem como classificados no topo da página, dependendo da busca do usuário pela palavra-chave que você pagou. Assim, é possível anunciar no próprio buscador, nas pesquisas e também em sites de parceiros.

Tráfego pago no Facebook

O Facebook é a rede social mais acessada do mundo e apresenta boas oportunidades de vendas. Uma delas são os anúncios, que podem ser segmentados para aparecerem para o seu público. São disponibilizados diversos formatos para anunciar no Facebook Ads, em que você escolhe o que seja mais atraente para os usuários que deseja alcançar.

tráfego pago

Tráfego pago no Instagram

O Instagram Ads é análogo ao Facebook Ads. A mídia paga na rede pode ser criada para aparecer no feed e até mesmo nos stories. O Instagram tem um público fiel que acessa a mídia social diariamente.

Portanto, as possibilidades de engajar mais usuários com os anúncios é maior. Os anúncios no Instagram Ads são uma ótima ferramenta para promover o que você vende.

Tráfego pago YouTube

Promover sua marca no YouTube é uma boa maneira de atingir seus objetivos. Mesmo com os assinantes do YouTube Premium, ainda há uma enorme quantidade de pessoas que podem visualizar seus anúncios. Os formatos também são variados, o que pode gerar diferentes resultados nas suas campanhas.


tráfego pagoQuanto custa e como investir em tráfego pago?

Os valores para investir em tráfego são variados, uma vez que depende dos preços das plataformas para fazer os anúncios. Portanto, o ideal é começar estipulando um orçamento para o tráfego e depois escolher quanto será investido em cada rede.

Essa organização é importante para que você saiba exatamente quanto e onde investir. Dessa forma, o seu negócio não fica comprometido, além de ter certeza que seu dinheiro está indo para o local certo e que terá bom ROI.

No Facebook, por exemplo, é possível começar a investir US$ 1 por dia. Ou seja, você cria a sua estratégia de tráfego pago com cerca de R$ 5, mas que pode se transformar em muito mais se o lead for convertido.


tráfego pagoQual a importância do tráfego pago para negócios locais?

O tráfego pago é uma estratégia de vendas valiosa para os negócios locais. Já imaginou a sua marca ser sugerida nos anúncios para clientes da sua localidade? As chances de conversão são bem maiores, pois com a segmentação é possível atingir somente pessoas que tem potencial para se tornarem seus clientes.

Dessa maneira, além de serem pessoas interessadas, elas ainda estarão próximas, o que indica maiores oportunidades de vendas. Entretanto, os anúncios devem ser criados para que chamem a atenção do público certo.

tráfego pago

A escolha de imagens e vídeos, o texto e o formato precisam conversar com a audiência. Com isso em mente, crie anúncios que passam emoções, despertam o senso de urgência e mostre que o seu negócio é local. Dessa maneira, fica mais fácil para que os usuários cliquem e sejam convertidos.

Por meio de anúncios em plataformas que sua audiência utiliza, você consegue expor a marca para um número de pessoas. Assim, o impacto será maior, mostrando que vale a pena investir em tráfego pago. Por isso, não espere apenas os resultados com tráfego orgânico, comece a criar anúncios e observe o potencial que eles têm!

Aproveite e confira como fazer Inbound Marketing no seu e-commerce para atrair mais clientes!

O que acha de expandir a sua estratégia de marketing com o Dinamize Automation?

Conheça agora!