Vídeo marketing: usando vídeos para vender mais e fidelizar

Por Capa, Dicas, Email Marketing, Ferramentas, Geração de Leads, Marketing de Conteúdo, Tecnologia

Vídeo marketing

Vídeo marketingO vídeo marketing pode ajudar a sua marca a atrair cada vez mais consumidores, seja no seu site, nas redes sociais ou em outros canais de marketing.

Se você quer vender seu produto ou serviço e apresentar os principais benefícios dele, saiba que o vídeo marketing é ser uma ajuda e tanto. A seguir, vamos compartilhar algumas dicas sobre como utilizar o conteúdo em vídeo para qualificar sua comunicação.

Você vai saber:

  • O que é vídeo marketing;
  • Porque produzir vídeos online;
  • Como iniciar uma estratégia de vídeo marketing;
  • Tipos de vídeo que você pode produzir;
  • 11 ações de video marketing para vender mais.

Vídeo marketingO que é vídeo marketing

Todo tipo de conteúdo em formato de vídeo que serve para promover marcas e serviços está incluído no vídeo marketing.

Com esse tipo de conteúdo, você pode apresentar a sua marca, criar vídeos sobre cada tipo de produto vendido e muito mais.

O vídeo marketing pode ser usado em diversos canais e, por isso, é relevante para gerar vendas, atrair novos consumidores e fidelizar o público de forma geral.


Vídeo marketingPor que produzir vídeos online?

Segundo estudos, para 66% dos usuários no mundo, o vídeo é a principal fonte de informação online. Além disso, 93% das marcas dizem que o conteúdo em vídeo contribui para atração de novos clientes.

87% dos consumidores realizaram uma compra logo após assistir a um vídeo, de acordo com a pesquisa “why Video“. O mesmo levantamento mostrou que 36% dos consumidores usa o YouTube para assistir reviews de produtos e, para 1/3 das pessoas ouvidas, a plataforma é usada para saber mais sobre produtos.

O vídeo marketing também pode ajudar você a atrair mais visitantes ao seu site. De acordo com pesquisa da Wyzowl, 86% dos profissionais disseram que os vídeos ajudaram a aumentar o tráfego no site.


Vídeo marketingComo iniciar uma estratégia de vídeo marketing

Agora que você já sabe que o vídeo marketing pode ajudar a vender mais e fidelizar clientes, é hora de entender por onde começar.

Conheça o público que deseja atingir

Antes de sair publicando vídeos, saiba quem são as pessoas que você deseja atrair. Para isso, nada melhor do que realizar estudos de buyer persona, ou seja, ouvir quem já é cliente e analisar o público de marcas concorrentes para traçar um perfil de consumidor ideal.

A partir do momento que você identifica os espaços certos para criar e divulgar seus vídeos, as chances de gerar engajamento e atrair novos seguidores aumentam.

produzindo video marketing

Equipamentos para produção de vídeos

Além de pensar qual tipo de vídeo produzir para gerar engajamento do público e tráfego orgânico para o seu site, analise quais os equipamentos disponíveis para gravar.

Caso falte tempo ($) para comprar uma câmera e dar maior qualidade aos vídeos produzidos, saiba que o celular pode salvar você. Basta acompanhar o trabalho de influenciadores no Instagram, por exemplo, para saber que mesmo com poucos equipamentos, produzir conteúdo em vídeo pode gerar resultado.

Outro ponto que deve ser considerado antes de elaborar sua estratégia de vídeo marketing é quais tipos de ferramentas de edição de vídeos serão utilizadas. Alguns editores para você criar os melhores vídeos (e gastar pouco):


Vídeo marketingTipos de vídeo que você pode produzir

Você já entendeu como dar os primeiros passos para uma estratégia de vídeo marketing de sucesso, mas e agora? Que tal algumas dicas de conteúdos que podem ser criados?

Apresentação da marca

Qual a trajetória da sua empresa? Quais números podem representar a força que ela tem? Que tipos de depoimento podem ser compartilhados para fortalecer a imagem da sua marca e passar confiança aos consumidores?

As questões acima são apenas algumas ideias do que usar em uma ação de vídeo marketing para apresentar sua empresa aos consumidores que têm o primeiro contato com ela.

Além disso, vídeos com a visão da empresa e que mostrem como ela é sustentada na prática podem mobilizar o público e gerar bons resultados.

Vídeos sobre produtos

Criar ações de vídeo marketing para apresentar os itens que a sua marca oferece, demonstrando como eles funcionam ou, dependendo do produto, com dicas de como ele pode ser utilizado, podem impulsionar vendas. Aliás, falaremos nos próximos tópicos sobre como marcas que são referência no mercado usam este tipo de vídeo.

Vídeos apresentando produtos, ou dando mais detalhes sobre eles, podem ser otimizados com boas chamadas para a ação, convidando o usuário a acessar o site ou então possibilitando que ele acompanhe sua marca no canal em que o vídeo foi publicado.

produzindo video marketing

Conversas com especialistas

Quer aumentar a credibilidade da sua marca e fazer com que os seguidores se motivem a acompanhá-la e compartilhar todo tipo de conteúdo produzido? Convidar especialistas relacionados ao seu segmento para entrevistas em vídeo é uma alternativa e tanto!

Sejam em vídeos rápidos ou em produções mais longas, esse tipo de troca de experiência vai motivar o público a seguir acompanhando suas ações de vídeo marketing e, dependendo do tipo de conteúdo que você criar, pode até gerar vendas.

Tutoriais

Certos produtos e serviços podem ser de uso mais complexo e, por isso, nada melhor do que pensar em alternativas para tirar todas as dúvidas que possam surgir por parte dos consumidores.

Esse tipo de vídeo é útil também para convidar os usuários que ainda não se tornaram clientes a buscarem por mais informações relacionadas ao segmento da sua marca, por meio de materiais como blog posts, podcasts, ebooks e outros.

Cursos online

Por último, uma alternativa que pode ser mais útil em determinados segmentos do que em outros. Isso porque cursos em vídeo podem ser, de certa forma, um complemento às dicas rápidas e tutoriais compartilhados nos canais de marketing da sua empresa.

Os cursos são usados para promover práticas relacionadas ao seu segmento, como uma forma de informar o público sem forçar a venda. Em outros casos, os cursos podem ser o produto em si (como nos infoprodutos) ou complementos ao item adquirido.

Na Dinamize, por exemplo, oferecemos cursos gratuitos sobre marketing e vendas, onde mostramos ações que podem ser realizadas na nossa plataforma de automação de marketing. Eles ajudam quem já é cliente, mas também são úteis para o público em geral.

Conheça o Dinamize Academy.


Vídeo marketing11 ações de vídeo marketing para vender mais

Quer criar vídeos de fácil consumo e que estimulem os usuários a interagir e compartilhar seus conteúdos com outras pessoas? Então, veja as dicas a seguir.

1. Crie um canal no YouTube

Com mais de dois bilhões de usuários, segundo dados da própria plataforma, o YouTube é um espaço indispensável para se fazer vídeo marketing. Isso porque, em um único dia, são mais de um bilhão de horas de vídeos assistidos e bilhões de visualizações.

Para criar um canal no YouTube e definir qual conteúdo audiovisual será produzido, defina com qual frequência você pretende compartilhar os vídeos, qual duração eles devem ter etc. Assim como nas redes sociais ou então em um blog, criar um cronograma de publicações vai ajudar você a divulgar conteúdos de forma regular.

Produzir de forma recorrente no YouTube é uma das alternativas mais efetivas para gerar engajamento com conteúdo audiovisual. Além de aumentar o engajamento na plataforma, você pode estimular os inscritos a visitarem outros canais da sua marca, como por exemplo o site.

Se você quer gerar bons resultados fazendo vídeo marketing no YouTube, mas não sabe por onde começar, acesse a Escola de Criadores de Conteúdo da plataforma e veja como organizar sua estratégia.

2. Video marketing nas redes sociais

Nem só de YouTube vive o vídeo marketing, e você já deve saber disso. Afinal, quando navegamos por Instagram, Facebook ou Twitter, normalmente nos deparamos com vídeos que despertam nossa curiosidade.

Vídeos nas redes sociais podem ser um diferencial para aumentar as visitas ao seu site ou loja virtual, por exemplo. Segundo dados da Econsultancy, o número de usuários que chegou até o e-commerce pelas redes sociais e realizou compras aumentou 184%, gastando 45% a mais.

O grande benefício do conteúdo em vídeo é que ele pode ser usado em diversos canais, ou seja, é útil independentemente das redes sociais mais relevantes para o seu negócio.

3. Identifique o formato ideal para os seus vídeos

Cada mídia tem suas particularidades, e isso não pode ser deixado de lado ao fazer vídeo marketing. De acordo com o estudo “Social Media Trends Report”, vídeos longos (com mais de cinco minutos) têm melhor performance no Facebook. Em canais como o Instagram, por exemplo, vídeos curtos podem ter mais impacto (utilizando recursos como Story ou Reels).

Apesar dos recursos lançados com foco na produção de vídeos curtos, o Instagram também conta com uma alternativa para quem tenha interesse em conteúdos com maior duração. O IGTV pode ser usado para apresentar mais detalhes sobre os produtos ao público que está exclusivamente no Instagram, motivando-o a acessar outros canais e seguir acompanhando sua marca.

Por falar em formatos variados de vídeo, o TikTok também se tornou uma alternativa a ser explorada. Com diversos recursos que facilitam a criação de vídeos, essa rede social também pode ser utilizada para aproximar a marca dos consumidores, apostando em marketing viral.

4. Vídeo marketing no LinkedIn

O vídeo marketing também pode ser usado no LinkedIn, seja para atrair mais seguidores, gerar mais acessos ao site ou então vender mais. Adicionar os vídeos entre as suas publicações na rede social, assim como em outros canais, ajuda você a engajar ainda mais os seguidores, gerar compartilhamentos e chegar até outros consumidores.

Sarah Graham, que atua com pesquisas estratégicas na VidMob, empresa que oferece soluções criativas para a criação de conteúdo em vídeo, compartilhou no blog do LinkedIn considerações sobre uma análise envolvendo mais de 19.000 vídeos.

Segundo Sarah, focar em brand awareness, ou seja, fazer com que sua marca seja reconhecida pelos consumidores, contribui para aumentar o engajamento das ações de vídeo marketing. De acordo com a especialista, termos como “futuro”, “transformação” e “sucesso” geram aumento na taxa de visualização dos vídeos, bem como o uso da presença humana nos conteúdos criados.

Caso seu objetivo seja utilizar o vídeo marketing para aumentar a geração de leads, também existem cuidados a tomar. Para isso, priorize um Call to Action que convide os usuários a conhecer algo novo, saber mais sobre a sua marca. No estudo realizado pelo VidMob, chamadas como por exemplo “descobrir”, “fazer” e “começar” são utilizadas, a taxa de clique aumentou até 20%.

5. Faça transmissões ao vivo

Dados divulgados pelo Google mostram a efetividade de combinar informações sobre as preferências do público com as transmissões ao vivo.

A Avon, empresa que vende produtos de beleza e cosméticos, identificou que consumidores do segmento valorizam conteúdos como por exemplo reviews e tutoriais são vistos como uma espécie de teste dos produtos, influenciando na decisão de compra. Ao saber disso, a marca realizou uma live no YouTube para apresentar diversos tutoriais e, a partir da live, o site ganhou 3x mais visitas e um aumento de 36% nas compras online.

Entenda as preferências do público que acompanha a sua marca e quais canais contam com maior engajamento para criar lives que gerem resultado. Por falar em preferências do público, use as redes sociais para ouvir os seguidores sobre quais assuntos gostariam de entender melhor, a partir de enquetes e outros tipos de publicação.

Quando planejar sua live, lembre-se dos canais que contam com maior engajamento dos seguidores. Afinal, se sua marca conta com mais interações no Instagram ou no Facebook, fazer lives em outras mídias pode ser menos efetivo para levar consumidores ao site ou loja virtual.

6. Anúncios em vídeo

Anúncios fazem com que seus vídeos cheguem até mais consumidores e, acima de tudo, garantem que o público impactado tenha interesse no tipo de serviço que você oferece.

No caso do YouTube, por exemplo, você pode usar uma solução disponibilizada pelo Google para identificar o público certo para as ações de vídeo marketing que deseja promover. Com o Find My Audience, você informa qual público deseja impactar e recebe dicas para criar as campanhas certas para eles.

Pelo Facebook, é possível criar campanhas para a própria rede social, para o Instagram ou então para o Messenger, pois são serviços vinculados à mesma marca. Os anúncios podem ser divulgados em vídeos que os usuários visualizam, no Feed ou nos Stories. Além de criar ações de vídeo marketing específicas para anúncios, também é possível promover conteúdos que já foram publicados.

Veja as especificações de anúncios do Facebook.

O LinkedIn também conta com anúncios em vídeo, que podem ser usados para levar mais usuários ao site, aumentar o reconhecimento da marca e conquistar novos seguidores. Segundo a rede social, os anúncios no LinkedIn devem conquistar o público nos primeiros 10 segundos, já que depois disso a atenção pode diminuir. Portanto, tenha em mente qual mensagem deseja passar e qual interação você espera dos usuários para criar o conteúdo ideal.

Dicas do LinkedIn para anúncios em vídeo.

7. Uso de vídeos no site

Fazer vídeo marketing ajuda você a aumentar os acessos ao site, mas também é possível usá-lo nas próprias páginas, orientando os consumidores sobre o funcionamento dos produtos e apresentando ações específicas.

Se um usuário acessa o seu site após uma pesquisa no Google, e não entende como a sua marca pode ajudá-lo, ou então perde o interesse no conteúdo apresentado, é como se uma venda desse adeus a você.

No topo da página sobre o Dinamize Automation, por exemplo, os usuários encontram um vídeo com pouco mais de 1 minuto que explica quais benefícios nossa plataforma oferece.

Dinamize Automation Video beneficios

Como boa parte dos usuários chegam nesta página buscando por termos como “Plataforma de automação de marketing” ou “Plataforma de marketing digital”, um vídeo que apresenta tudo que eles podem conquistar com a nossa solução parece uma boa, não acha?

Por isso, identifique quais informações podem ser melhor apresentadas em vídeo e, é claro, realize ações recorrentes de SEO para que o site seja encontrado por ainda mais pessoas.

8. Landing pages com vídeo para captar leads

Quer aumentar a sua base de leads e atualizar informações de quem já acompanha a sua marca? Criar uma boa landing page pode ajudar você!

As landing pages podem conter textos, imagens e, é claro, conteúdo em vídeo. Assim como no site, o vídeo marketing ajuda você a detalhar ideias, produtos e eventos que deseja promover de forma simples, sem que o usuário perca interesse no conteúdo.

Para promover alguma ferramenta online, por exemplo, um vídeo apresentando a interface dela é essencial. Em divulgações de eventos, você pode produzir um vídeo que apresente o que será abordado no encontro, quem vai participar, expectativa de público, essas coisas.

9. Vídeo no email marketing

O email marketing também pode ser personalizado com conteúdo em vídeo para gerar mais engajamento. No entanto, existem algumas limitações que precisam ser explicadas para que você saiba como fazer vídeo marketing neste canal.

Embora certos provedores até aceitem a inserção de um vídeo que seja reproduzido já no corpo da mensagem, boa parte deles (incluindo o Gmail) não permite esse tipo de reprodução.

Para inserir vídeo no email marketing de forma a evitar erros de reprodução por parte dos provedores, será inserida apenas uma imagem com a prévia do vídeo, que leva os usuários até o local em que o conteúdo está hospedado.

Na plataforma da Dinamize, basta adicionar o link do vídeo e inserir um texto alternativo e indicar como o ícone será exibido na peça.

Plataforma Dinamize_Galeria de Imagens_ Link do vídeo_ Texto Alternativo

10. Faça Webinars para compartilhar conhecimento

Webinar é um evento que tem como objetivo compartilhar conteúdos de relevância para o seu público por meio de palestras, entrevistas e debates.

O objetivo deste tipo de conteúdo é atrair um público específico para aprofundar temas relevantes para os consumidores e profissionais do seu segmento. Um benefício dos Webinars é a possibilidade de uma interação mais ampla com o público, que ganha a chance de compartilhar experiências e tirar dúvidas sobre o assunto abordado.

Criar webinars também ajuda você a aumentar a sua base de leads, pois é possível convidar os participantes a seguirem acompanhando a sua marca, em uma newsletter ou em outros canais.

Veja algumas ferramentas para fazer webinar.

11. Otimização para vídeos

Já ouviu falar em SEO para vídeos? Pois saiba que essa prática é bastante útil para fazer com que mais pessoas encontrem suas produções, estejam elas no YouTube, nas redes sociais ou em outro canal.

Afinal, fazemos buscas por conteúdos específicos em todo tipo de canal, não é mesmo? Isso quer dizer que, utilizando os certos termos, os seus vídeos podem ser encontrados por alguém que ainda não segue você. Se a experiência dessa pessoa com o conteúdo é positiva, é possível que ela compartilhe com mais usuários e até siga sua marca.

Saiba mais sobre SEO para YouTube.

As hashtags no Instagram também podem servir para aumentar o alcance da marca, seja em um simples Story ou em um vídeo postado no IGTV.

Depois que engajar o público com conteúdo em vídeo, é preciso pensar em como mantê-lo envolvido com a sua marca. Se quer saber como fazer isso, leia:

7 benefícios que a automação de marketing oferece

O que acha de expandir a sua estratégia de marketing com o Dinamize Automation?

Conheça agora!