Black Friday: dicas para vender mais nesta data

Por Automação de Marketing, CRM e Vendas, Dicas, Dinamize Automation, Email Marketing, Geração de Leads, Marketing Digital

black friday vender mais

black friday vender maisA Black Friday mobiliza consumidores no mundo todo e, por isso, contar com um planejamento para vender mais durante este período é indispensável. Apesar de se tratar de uma data específica, a Black Friday mobiliza os consumidores por um período maior e pode gerar ainda mais benefícios para a sua marca.

Quer saber como usar a Black Friday para atrair novos consumidores e vender mais? Então, vamos explicar:

  • O que é a Black Friday e qual a sua origem;
  • Impacto da Black Friday nas vendas;
  • 6 ações para vender mais na Black Friday.

Acompanhe as dicas e deixe seu comentário no final do texto sobre este período único para marcas e consumidores!


black friday vender maisO que é a Black Friday e qual a sua origem

A Black Friday teve sua origem no varejo dos Estados Unidos, onde o termo foi adotado para nomear o período de vendas que ocorre na sexta-feira que sucede o Dia de Ação de Graças.

No período da Black Friday, que começou nos EUA mas ganhou o mundo com o passar dos anos, os consumidores partem em busca de descontos exclusivos em todos os tipos de produtos.

Uma matéria publicada na BBC sobre curiosidades da data mostra que, lá nos anos 90, o termo começou a se espalhar pelos Estados Unidos. No início dos anos 2000, ao se tornar de fato uma referência quando o assunto é vender mais, a Black Friday passou a ser adotada em outros países, até tornar-se o sucesso mundial que conhecemos.


Impacto da Black Friday nas vendasImpacto da Black Friday nas vendas

Se você não confia na efetividade da data, ou leu coisas sobre a “Black Fraude”, saiba que ações de marketing e vendas bem elaboradas podem gerar resultados interessantes. Só no E-commerce brasileiro, a última edição da Black Friday passou dos R$ 4 bilhões em vendas.

As compras online, adotadas por mais consumidores durante o período de pandemia, podem ser um diferencial para sua marca vender mais na Black Friday. Um estudo feito pela empresa Drive Research mostrou que, para 25% dos consumidores, é possível encontrar as melhores ofertas no ambiente online.

Se a adesão às compras online aumentou e estamos falando de uma data que mobiliza consumidores interessados em produtos de diversos segmentos, não faltam motivos para a sua marca planejar ações de marketing digital que gerem bons resultados!


7 ações para vender mais na Black Friday7 ações para vender mais na Black Friday

Agora que você sabe mais sobre a Black Friday, vamos compartilhar algumas dicas sobre como aproveitar a data!

1 – Fale com as pessoas certas

De nada adianta uma comunicação de qualidade e com alto investimento se esses esforços são direcionados para um público que não está interessado nos produtos que sua marca oferece. Portanto, o primeiro passo é saber onde esses consumidores ideais estão.

Se você já fez estudos para definir a buyer persona da sua empresa, está um passo à frente. Isso porque esse tipo de análise indica quem são as pessoas mais dispostas a permanecer em contato com você e, principalmente, onde é mais fácil encontrá-las.

Ao saber quais os canais de marketing certos para sua marca e entender qual a forma certa de se comunicar com o público, você abandona as suposições e parte para o que pode ser realmente efetivo.

Outro ponto essencial para vender mais na Black Friday é acompanhar o engajamento do público que já segue sua marca, seja na lista de contatos para receber uma newsletter ou mesmo nas redes sociais. Com a nossa plataforma de automação de marketing, por exemplo, é possível integrar site e redes sociais para analisar o engajamento do público e identificar potenciais clientes.

2 – Aumente a visibilidade da sua marca

Antes da Black Friday, você já deve elaborar ações para fazer com que a sua marca seja encontrada por mais consumidores. Afinal, muitas pessoas buscam por produtos e serviços dias antes da data em si.

Por isso, se você quer que as vendas sejam um sucesso em sua loja virtual, é preciso garantir que o maior número de consumidores chegue até ela.

Práticas de SEO, que têm como objetivo otimizar o seu site para que ele seja encontrado em buscadores como o Google. Essa otimização do envolve fatores como, por exemplo, escolha de palavras-chave relevantes para os consumidores que deseja atrair, velocidade de carregamento, responsividade e outras informações sobre o desempenho do site.

Criar conteúdo relevante, seja nas redes sociais ou mesmo no seu site (criando páginas específicas ou blog posts), também pode ajudar você a ser uma referência no segmento em que atua. Assim, quando um usuário encontrar em um conteúdo da sua marca a solução para o problema que possui, ele pode acompanhar você e se tornar um seguidor engajado.

Depois que você atrair os consumidores até a sua marca, é hora oferecer formas para que eles forneçam dados pessoais, como email, número de telefone e outras informações que ajudem a entender quais tipos de produtos são relevantes. Assim, você consegue criar ações personalizadas para cada público, seja para vender mais na Black Friday ou para manter um relacionamento de qualidade.

3 – Pode investir em anúncios? Então, faça isso!

Com cada vez mais marcas e empreendedores disputando a atenção dos consumidores, contar com uma estratégia de anúncios pode ser um diferencial para a sua marca. Durante a Black Friday, essa luta pelo engajamento se torna ainda maior.

Os anúncios podem ampliar o alcance da sua marca e, principalmente, fazer com que ela chegue até consumidores que podem se interessar pelos seus produtos. Seja nas redes sociais ou mesmo em serviços como o Google, é possível definir quais tipos de consumidor deve ser impactado.

Entre os tipos de públicos para anunciar no Facebook, por exemplo, você pode direcionar suas ações para usuários que acessaram seu site ou app, interagiram com publicações da sua página, possuem um tipo de interesse em comum, entre outros. Pelo Facebook Ads também é possível criar anúncios para o Instagram, caso os perfis estejam conectados.

O LinkedIn também pode ser usado para atingir mais consumidores e iniciar uma comunicação com eles. Pelo LinkedIn Ads, você também pode direcionar os anúncios para um público específico, seja para aumentar o número de seguidores da sua página, gerar mais acessos ao site ou conquistar mais engajamento em tipo de conteúdo específico.

Por fim, vale lembrar que você também pode criar anúncios no maior buscador do mundo. Com o Google Ads, sua marca pode ser encontrada por aqueles que buscam termos relacionados aos produtos que você oferece, tanto em uma pesquisa no Google ou em serviços relacionados, como por exemplo o YouTube.

Aprenda a anunciar no YouTube

4 – O consumidor pode agir de última hora, você não

Segundo dados do Google, o tráfego dos sites aumenta em até 65% no período da Black Friday. Além disso, no feriado de Ação de Graças, que antecede a BF, os usuários podem navegar em uma loja virtual pelo período de 20 a 45 minutos.

Apesar das buscas por produtos aumentarem conforme a Black Friday se aproxima, não deixe as ações com foco em vender mais e atrair novos consumidores para os “45 do segundo tempo”. Planejar previamente suas ações de marketing, quais canais serão utilizados e com qual frequência é essencial para ter sucesso nesta data.

Seja planejando anúncios ou criando conteúdo orgânico, lembre-se que quanto mais cedo os consumidores conhecerem a sua marca, melhor.

De acordo com o estudo “Shopper Story Criteo”, 3 em cada 4 consumidores clicam em anúncios e 9 em cada 10 gostam das divulgações que são exibidas para eles. A efetividade desses anúncios pode ser complementada com uma boa estratégia de nutrição de leads, a partir do momento que os usuários acessam o seu site e permanecem em contato com sua marca.

5 – On e offline? Por que não ambos?

Integrar espaços físicos e digitais é um passo importante para vender mais na Black Friday e fidelizar os consumidores que acompanham a sua marca.

Esse equilíbrio entre online e offline pode ser útil, por exemplo, para manter contato com aqueles consumidores que visitam a sua loja, mas não compram nenhum produto. Para isso, basta dar ao público a opção de receber novidades da sua marca via email ou SMS marketing.

Além disso, você pode incentivar os consumidores a alternarem entre os dois canais, oferecendo benefícios exclusivos para compra no site ou então o contrário, com descontos em produtos na loja física. Tenha em mente o que é mais efetivo para estimular o público para saber quais tipos de ação podem ser feitas para vender mais e fidelizar os clientes na Black Friday!

Com essa integração entre os canais, você ainda consegue qualificar seu relacionamento com o público em geral, atender demandas específicas dos consumidores e humanizar ainda mais a sua marca.

O que é marketing 4.0 e como acompanhar essa mudança?

Receba o conteúdo no email

Confira nossas melhores dicas sobre ações essenciais para a Black Friday!

6 – Fidelizar clientes também é gerar novas vendas

Sempre que possível, ouça o que os clientes têm a dizer sobre a experiência de compra deles com a sua marca, se houve algum tipo de problema ao longo do processo etc. De acordo com um estudo da Bain & Company, 53% dos consumidores que fazem algum tipo de reclamação e não têm o problema solucionado deixam de ser clientes.

Contar com clientes fiéis à sua marca também ajuda você a garantir novas vendas. Afinal, esse público pode indicar seus produtos para outras pessoas e até mesmo comprar novamente, seja na Black Friday ou em outros momentos. Para 77% dos consumidores, receber a indicação de um determinado produto pode ser decisivo para motivá-los a comprar.

Saiba mais sobre marketing de indicação.

Portanto, além de um bom atendimento quando ocorrer algum tipo de problema ou dúvida sobre o processo de compra, crie uma comunicação que mantenha sua marca presente no dia a dia dos consumidores. Você pode oferecer conteúdos relacionados ao tipo de produto que foi adquirido, oferecer novas possibilidades de compra, descontos especiais com base no que interessa a cada consumidor e muito mais.

5 ações para fidelizar clientes

7 – Automatize processos para vender mais na Black Friday

Para finalizar, uma dica que vai ajudar você a planejar e executar todas as ações de marketing para vender mais na Black Friday. Com a ajuda da automação de marketing, é possível elaborar ações para aumentar sua base de leads, identificar os contatos mais dispostos a comprar e, é claro, manter o público fidelizado.

Criando formulários de cadastro ou integrando formulários já existentes no seu site ou nas redes sociais, você pode aumentar sua base de contatos de maneira orgânica. Além de formulários fixos em pontos específicos do seu site, é possível inserir pop-ups que sejam exibidas de acordo com a interação dos usuários. Se você utiliza ferramentas de CRM, também é possível automatizar a integração dos leads presentes nela (e informações relevantes deles), com o software de automação.

Depois que contar com diversos canais para construir seu público, é hora de manter uma comunicação de qualidade com ele, seja por envios de email marketing, SMS ou notificações Push (para quem tem App). Dessa forma, você conta com diversas alternativas para se comunicar com cada consumidor e, com os recursos disponíveis na plataforma, pode criar ações automatizadas a partir do engajamento dos leads.

Se o seu site estiver integrado com uma plataforma de automação, você pode analisar quais páginas foram navegadas por cada usuário e, com isso, criar um fluxo de automação específico para eles. Você consegue saber, por exemplo, quais produtos interessam mais a cada consumidor, conteúdos que eles acham mais relevantes e assim por diante.

Automação de abandono de carrinho

Outra ação essencial para vender mais na Black Friday é o fluxo de automação de carrinho abandonado. Esse tipo de automação consiste em identificar quais consumidores colocam produtos no carrinho do seu site, mas não concluem a compra. Por fim, você envia uma mensagem personalizada para eles, lembrando que o produto não foi comprado e incentivá-los a concluir o processo.

Veja um modelo de email de carrinho abandonado presente na plataforma da Dinamize. Após realizar algumas configurações no seu site, você pode usar esse modelo que será adaptado de acordo com o produto que o usuário deixou no carrinho, com informações sobre ele um link para concluir a compra:

itens abandonados no carrinho

Para finalizar, vale lembrar que a automação de marketing permite também a criação de ações de relacionamento com quem já é cliente. Afinal, como você viu no tópico anterior, esses consumidores também podem impactar no número de vendas da sua marca, seja na Black Friday ou posteriormente.

Assista o vídeo a seguir para conhecer melhor a nossa plataforma e, se quiser saber como vender mais na Black Friday, solicite uma conta teste.

 

Leia também:

Estratégias de CRM: como realizar a gestão de relacionamento com clientes

Email com o produto visitado: veja como aumentar as vendas no seu e-commerce!

O que acha de expandir a sua estratégia de marketing com o Dinamize Automation?

Conheça agora!


Autor


Eduardo Brum

Redator da Dinamize, Podcaster, jornalista em formação e interessado em tudo que envolve criatividade e produção de conteúdo. Gosta de boa musica, livros e memes.

Veja conteúdos do Autor