As 3 etapas de um diagnóstico de marketing completo

Por Capa, CRM e Vendas, Dicas, Marketing de Conteúdo, Marketing Digital

diagnóstico de marketing

diagnóstico de marketing

Muitos empreendedores se veem sem saída diante de um mercado repleto de concorrentes que sempre parecem ser melhores do que eles. Não sabem para onde ir e não conseguem identificar o que está os atrasando, mas sabem que há algo de errado com a empresa. Para localizar as oportunidades de melhoria, nada melhor que um diagnóstico de marketing.

Antes de mais nada, é preciso se dar conta de que um diagnóstico de marketing é necessário para avaliar o negócio. E essa avaliação deve ser criteriosa, afinal, pode haver mais de um problema atrapalhando o seu crescimento.

Existem mil e uma possibilidades de métodos de pesquisas e análises, bem como há uma grande quantidade de dados disponíveis que facilitam esse trabalho. Ou seja: por que não realizar um diagnóstico?

Quer saber como fazer isso? Então, vamos explicar:

  • O que é um diagnóstico de marketing;
  • Qual a importância desse recurso;
  • As 3 etapas de um diagnóstico de marketing completo.

Leia mais abaixo!


diagnóstico de marketingO que é um diagnóstico de marketing?

Em resumo, é uma avaliação da situação atual de uma empresa em relação à sua comunicação digital. Seu objetivo é identificar possíveis problemas que estejam dificultando o crescimento do negócio, assim como oportunidades que podem ser aproveitadas.

O diagnóstico é feito a partir de pesquisas e de uma extensa coleta de dados. Ele pode utilizar métodos e técnicas como por exemplo Análise SWOT, Matriz CSD, pesquisas de satisfação dos clientes, pesquisa de clima organizacional, pesquisa de mercado, entre outros.

Ele pode ser entendido, primordialmente, como um diagnóstico médico, no qual se examina um paciente e identifica os sintomas. A diferença é que o diagnóstico de marketing vai identificar os sintomas de uma empresa, e não de um ser humano.


diagnóstico de marketingQual a importância desse recurso?

Seria muito mais rápido implementar o planejamento estratégico de marketing digital sem precisar passar por um diagnóstico. No entanto, pular essa etapa seria um tiro no pé, já que a falta dela pode levar a resultados insatisfatórios e outras frustrações.

Isso porque, através do diagnóstico de marketing, é possível coletar informações mais aprofundadas sobre a persona de uma empresa, o que ajuda os profissionais a traçarem um perfil de cliente mais similar à realidade. Conhecer o seu público a fundo é essencial para aplicar as estratégias corretas.

Além disso, você consegue extrair informações valiosas sobre o mercado, a concorrência e as tendências do futuro que poderão gerar oportunidades para o seu negócio. E a partir de tudo isso, você conseguirá descobrir novos caminhos e novas soluções para demandas que ainda não estão sendo atendidas.

O diagnóstico de marketing é importante para a avaliação do posicionamento da marca e, caso o posicionamento esteja inadequado, para a criação de um reposicionamento. Por fim, ele também ajuda você a entender quais são as forças e fraquezas do seu negócio.


As 3 etapas de um diagnóstico de marketing completo

diagnóstico de marketing

Bom, agora que você entendeu o quão importante é realizar um bom diagnóstico de marketing, vamos às 3 etapas principais desse recurso. Usaremos os casos de empresas que têm o marketing digital como principal canal.

1. Análise da presença digital

Em primeiro lugar, você fará uma análise da presença digital da sua empresa. Verifique quais canais de comunicação você utiliza e de que forma você os aplica. Avalie todas as suas estratégias digitais até então, assim como seus resultados, para obter um bom diagnóstico de marketing.

Então, veja algumas perguntas que você pode se fazer:

Redes Sociais

Site

SEO

Anúncios e links patrocinados

  • Quais os canais utilizados para anunciar? (Google Ads, Social Ads, Mídia Programática, etc);
  • Quais as palavras-chave utilizadas nos anúncios?
  • Quais foram os resultados das campanhas? Quantas conversões foram geradas?

2. Briefing

Logo depois de fazer a análise, é hora de pensar nas suas dores, seus objetivos e o histórico da empresa. Assim, você consegue identificar as oportunidades, forças e fraquezas da sua marca. Nessa etapa do diagnóstico de marketing, portanto, você fará um briefing.

Um bom briefing deve evidenciar os seguintes pontos:

  • Os objetivos a curto e longo prazo da empresa;
  • Concorrentes diretos e indiretos, fatia do mercado, entre outros (análise externa da empresa);
  • Estrutura interna, cultura da empresa, verba para investimento em marketing (análise interna da empresa);
  • Análise da comunicação atual: ações estratégicas de marketing atuais, plataformas utilizadas para vendas, base de dados etc.

3. Identificação de pontos fortes e fracos

Depois que realizar o briefing, você deve refletir sobre as oportunidades e fraquezas identificadas.

Para isso, você vai pegar uma estrutura muito parecida com a do funil de vendas do inbound marketing e vai dividi-la em 5 fases: atração, conversão, relacionamento, vendas e resultados. A partir dessa divisão, fica mais fácil conseguir um diagnóstico de marketing detalhado.

Veja abaixo como fazer isso:

  • Atração: identifique as oportunidades de atração de visitantes através de variados canais de comunicação;
  • Conversão: entenda se o tráfego está gerando leads para que você tenha uma lista de contatos e, caso a resposta seja “não”, busque uma solução para esse problema;
  • Relacionamento: procure entender como melhorar o relacionamento da marca com os clientes;
  • Vendas: há melhorias que podem ser feitas durante o processo de vendas e jornada de compra?
  • Resultados: perceba como é feito o monitoramento de métricas e busque melhorar o processo de análise de resultados.

É hora de fazer o seu diagnóstico de marketing!

Fazer um diagnóstico de marketing, assim como um diagnóstico médico, é essencial para que os sintomas desapareçam. Bem como em todo diagnóstico, ele é complexo e envolve “exames”, “raios x” e uma análise de histórico. Só então, é possível implementar uma solução. É dessa maneira que você vai atingir os melhores resultados.

Esse conteúdo te ajudou? Então, leia também:
Mapa de Empatia – O que é e como fazer